segunda-feira, 26 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Amarok: VW insiste em geração antiga no Brasil mesmo com nova geração lá fora

Até quando seremos tratados de forma diferente? Será que o valor do nosso dinheiro é diferente dos outros países? Enquanto as outras picapes foram evoluindo e ganhando atualizações, a Volkswagen Amarok parou no tempo, com estilo desatualizado numa geração com 13 anos de mercado e que chega na linha 2023 sem novidades por aqui (lá fora já ganhou a segunda geração), vivendo de um passado que sofre na mão do consumidor.

Para você ter ideia do quanto a Volkswagen parou no tempo quando o assunto é Amarok e o reflexo nas vendas, em 2022 foram apenas 6.012 unidades vendidas, queda superior a 23% quando comparamos com 2021, ficando atrás da Toro (49.567 unidades vendidas), Hilux (48.606), S10 (27-128), L200 (15.831), Ranger (14.302) e Frontier (8.672). Notou a diferença? Todas essas picapes continuaram evoluindo e mantendo lista de equipamentos atualizada, design, tecnologias e preço competitivo ao consumidor.

O que mais impressiona é como o cliente é tratado, visto que lá fora já temos uma nova geração, atualizada e bem mais moderna, enquanto no Brasil, aliás, na América do Sul, temos um produto antigo e com perspectivas de continuar ultrapassado, vindo a ganhar na versão 2024 apenas uma roupa nova, por fora, mas mantendo a estrutura antiga por baixo.

A vida da Amarok nunca foi fácil. Quando do lançamento, enquanto o segmento já apostava nas versões com transmissão automática, a Volks ofereceu apenas transmissão manual. A versão automática demorou a ser oferecida.

E falando mais diretamente em Mecânica Online, ao invés de corrente, o motor foi projetado com correia dentada no comando. Mas seu compartimento não era bem vedado e permitia a entrada de poeira. Se abrasiva, quando a picape circulava em regiões com ar contaminado, como as de mineração, a correia tinha sua vida útil encurtada. E raramente chegava aos 120 mil km conforme previa o plano de manutenção.

A engenharia da Volkswagen decidiu instalar um complexo sistema de ventilação forçada, impedindo assim a entrada do pó. Entre outros problemas frequentes, a válvula EGR (recirculação de gases) e a bomba de combustível foram motivo de muitas reclamações dos clientes.

A manutenção é tão complexa que reparadores independentes ganharam fama com a Amarok. Tiago, reparador que possui oficina em Goiânia ficou famoso e recebe unidades da Amarok de todo o país para solucionar problemas que nem mesmo a rede autorizada consegue resolver.

Para quem achou que o desastre já estava grande, em 2015 a imagem da Amarok foi ainda mais prejudicada, envolvida num dos maiores escândalos da indústria automobilística mundial, devido sua motorização 2.0 litros turbo diesel ter sido incluída na fraude das emissões arquitetada pela Volkswagen em todo o mundo e descoberta nos EUA. Por aqui, multas milionárias, recall para acerto do software da injeção e ações judiciais.

Picapes Médias / Grandes  
POS. MODELO TOTAL 2022 % 2022 TOTAL 2021 % 2021 % VARIAÇÃO 2022/2021 POS. 2021 
 FIAT TORO 49567 26,12% 70890 32,09% -30,08%  
 TOYOTA HILUX 48606 25,61% 45893 20,78% 5,91%  
 CHEVROLET S10 27128 14,30% 35046 15,86% -22,59%  
 MITSUBISHI L200 15831 8,34% 13157 5,96% 20,32%  
 FORD RANGER 14302 7,54% 20499 9,28% -30,23%  
 RENAULT OROCH 12022 6,34% 12133 5,49% -0,91%  
 NISSAN FRONTIER 8672 4,57% 11816 5,35% -26,61%  
 VW AMAROK 6012 3,17% 7894 3,57% -23,84%  
Vendas das picapes médias/grandes em 2022

Vale ressaltar que a picape hoje é a mais potente da categoria e está disponível no mercado em três versões todas com o mesmo motor V6 com 258 cv de potência e 59,1 kgfm de torque, mas não consegue ganhar participação de mercado.

Produzida na Argentina, a Volkswagen tenta um último fôlego na linha 2023 da Amarok, mas ainda assim preocupa a política de formação de preços, pois o desconto que oferece mostra que o valor cobrado estava muito alto.

A versão Comfortline, oferecida por R$ 296.860, será vendida até o final de maio por R$ 240.456, acredite, um desconto de R$ 56 mil. As demais também serão oferecidas com descontos menores: a versão Highline de R$ 302.370 será vendida por R$ 295.370 enquanto a Extreme topo de linha de R$ 335.500 será oferecida por R$ 325.500.

Essa versão Comfortline de R$ 240 mil traz um visual simples, sem faróis em LED, rodas de liga com pneus de 17 polegadas, ar-condicionado manual Climatic, protetor de caçamba, engate removível, multimídia Composition simples e ainda com CD Player mas com bluetooth e rádio além de conexão com celular via App Connect, computador de bordo e faróis de neblina. O projeto antigo evidencia a idade da Amarok, como painel de plástico rígido e quadro de instrumentos analógico, além da alavanca tradicional de freio de mão.

Na parte externa a Amarok não sofreu mudanças e incorpora um santantônio tubular com o nome da picape enquanto estribo e capota marítima são oferecidos como acessório.

Desde 2022 a Volkswagen Amarok é apresentada com design mais nítido e melhores habilidades off-road em outros mercados


Difícil é entender a razão da Volkswagen oferecer um modelo atual lá fora, desde o ano passado e se quer, ter essa perspectiva por aqui, visto a baixa participação no mercado.

Lá fora a Amarok 2022 ganhou um novo visual por dentro e por fora, uma lista muito maior de recursos tecnológicos disponíveis e uma maior distância entre eixos que libera mais espaço na cabine.

A Volkswagen se uniu a Ford para projetar a picape de segunda geração, e por isso mesmo, temos uma grande relação com a Ranger.

Visualmente, a Amarok adota a linguagem de design atual da Volkswagen. É caracterizada por uma frente alta e vertical, faróis de aparência nítida com elementos de LED e luzes traseiras em forma de C.

Mais espaço não é a única melhoria digna de nota no interior. Clientes em muitos mercados – incluindo a Europa – estão comprando cada vez mais uma picape para usá-la diariamente e esperam encontrar o mesmo nível de conforto e tecnologia oferecido nos SUVs.

Para isso, a nova Amarok vem de fábrica com um painel de instrumentos digital e uma tela sensível ao toque orientada para retrato para o sistema de infoentretenimento, e a lista de opções inclui um sistema de som Harman Kardon. O controle de cruzeiro adaptativo é um dos mais de 20 auxiliares de direção oferecidos globalmente.

Construída na África do Sul, a nova Volkswagen Amarok começou a chegar às concessionárias na Europa e em várias outras regiões antes do final de 2022.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn