quinta-feira, 22 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Importados mantêm crescimento no acumulado do quadrimestre

Emplacamento de veículos importados registrou, no primeiro quadrimestre do ano, alta de 83,9% em relação a igual período de 2022. Veículos de fabricação nacional das associadas à Abeifa, no entanto, acumulam queda de 64,6%.

- Advertisement -

As onze marcas filiadas à Abeifa – Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, com licenciamento de 14.860 unidades, das quais 9.942 importadas e 4.918 veículos de produção nacional, anotaram no primeiro quadrimestre do ano queda em suas vendas de 23% ante igual período de 2022, quando foram comercializadas 19.304 unidades.

Na importação, as 9.942 unidades vendidas significaram alta de 83,9% ante as 5.405 unidades dos primeiros quatro meses de 2022; enquanto na produção nacional – com 4.918 unidades – a queda de vendas foi de 64,6% ante as 13.899 unidades do primeiro quadrimestre do ano passado.

Ao considerar o desempenho de vendas do mês de abril, veículos importados – com licenciamento de 2.316 unidades – absorveram queda de 26,5% ante março último , mas manteve alta de 54,5% se comparados ao mês de abril de 2022, quando foram anotadas 1.500 unidades licenciadas.

- Advertisement -

A produção nacional das associadas à Abeifa, por sua vez, emplacaram – em abril – 1.398 unidades, 6,6% menos em relação a março último (1.496 unidades), e queda expressiva de 60,4% ante março do ano passado (3.533 unidades).

Somadas as unidades importadas e as nacionais, com total de 3.714 veículos em abril, as associadas à Abeifa registram percentual negativo de 20,1% em relação ao mês anterior, quando foram emplacadas 4.646 unidades e queda de 26,2% ante igual período de 2022, quando foram vendidas 5.033 unidades.

“O fornecimento instável de componentes, em especial dos semicondutores, ainda impacta a comercialização tanto de veículos importados como os de produção nacional. Aliado a isso, embora nossas vendas aconteçam por meio de pagamento à vista, cerca de 70%, a restrição de crédito e as elevadas taxas de juro também têm influenciado a decisão de compra”, avalia João Henrique Garbin de Oliveira, presidente da Abeifa.

- Advertisement -

Participações – Em abril último, com 3.714 unidades licenciadas (importados + produção nacional), a participação das associadas à Abeifa foi de 2,4% do mercado total de autos e comerciais leves (151.721 unidades). Se consideradas somente as 2.316 unidades importadas, as associadas à entidade responderam por apenas 1,52% do mercado interno brasileiro, enquanto as unidades nacionais, com 1.398 veículos, significaram marketshare de 0,92%. No acumulado do ano, a participação das associadas à Abeifa é de 2,52%.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

Lançamentos