sexta-feira, 23 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Mercedes-Benz do Brasil exporta 82 ônibus para Santiago do Chile

Chassis de piso baixo dos modelos articulado O 500 UA e padron O 500 U possuem motorização Euro 6 e serão utilizados para aplicação urbana. Tecnologias como ABS, EBS e ASR trazem mais segurança aos passageiros e aos motoristas.

- Advertisement -

A Mercedes-Benz do Brasil realizou a exportação de 82 ônibus urbanos para a Red Metropolitana de Movilidad (RED), sistema de transporte público de Santiago do Chile, anteriormente chamado de Transantiago. Os veículos são para renovação de frota e irão operar por toda a região metropolitana em torno da capital do país.

“É com muita satisfação que nós estamos participando, mais uma vez, do programa de renovação de frota de Santiago do Chile”, afirma Jens Burger, diretor geral do Centro Regional Daimler América Latina. “Em 2019, comercializamos mais de 200 ônibus para a então Transantiago e, agora, seguimos com essa parceria de mais de dez anos, fornecendo novos ônibus para o sistema”.

Fruto de uma cooperação da Mercedes-Benz do Brasil com o Regional Center Daimler Latina e a Comercial Kaufmann, representante da marca no Chile, os novos ônibus vão operar em um dos maiores sistemas BRT da América Latina e do mundo, que atende diariamente cerca de 1,5 milhão de usuários do transporte coletivo da Região Metropolitana de Santiago do Chile.

- Advertisement -

Os chassis dos modelos O 500 UA articulado (72 unidades) e O 500 U padron (10) apresentam piso baixo, preparação para ar condicionado e motorização Euro 6, atendendo às normas de legislação para redução de emissões no país.

“Os chassis de ônibus da linha O 500 Mercedes-Benz possuem grande representatividade para o Chile por proporcionar aos usuários um alto padrão de conforto e segurança”, afirma Mauricio Yamamoto, gerente sênior do Centro Regional Latina Ônibus.

“Especialmente em razão do piso baixo, que garante melhor acessibilidade e agilidade nos embarques e desembarques dos passageiros, além da suspensão pneumática, que aumenta o bem-estar a bordo”.

- Advertisement -

Os veículos estão equipados com sistema antibloqueio ABS, freio eletrônico EBS e sistema antiderrapagem ASR, proporcionando mais segurança para os passageiros e motoristas. Os ônibus também possuem câmbio automático e nova geração de motores Euro 6.

Com carroceria Caio na versão Mondego II tipo MA, o veículo disponibiliza assentos para 25 passageiros, sendo um deles exclusivo para pessoas com deficiência. Além disso, com ar condicionado e tomadas USB nas laterais, os usuários têm mais comodidade durante suas viagens.

O ônibus também possui faróis alto e baixo dianteiros, lanternas traseiras, de freio, de posição e de luz de placa em led e sensores de estacionamento nos para-choques dianteiro e traseiro.

Já os veículos com carroceria Mondego II do tipo MA ART trazem em sua composição os mesmos recursos, mas com uma capacidade maior de assentos para 40 passageiros, sendo um deles exclusivo para pessoas com deficiência.

“A América Latina tem se mostrado como um grande campo de oportunidades para vendas e negociações de novos ônibus. Temos clientes tradicionais em vários países, o que nos leva a ter uma grande representação em suas frotas, evidenciando a preferência de clientes da América Latina por ônibus Mercedes-Benz”, conclui Jens.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn