terça-feira, 27 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Avaliamos o Honda HR-V Touring 2023: evolução

Nova geração do HR-V mostra toda evolução da Honda para tornar o modelo um dos melhores em seu segmento. Eficiência energética e preço são obstáculos para serem superados.

O Honda HR-V é oferecido em quatro versões e duas opções de motorizações. Avaliamos a versão Touring que traz o inédito motor 1.5 DI VTEC TURBO Flex. DI significa injeção direta.

O termo VTEC responde pelo controle ativo de fluxo no cabeçote variando a amplitude e duração da abertura das válvulas de escape ajustando a sincronização em ambos os comandos, de admissão e de escape.

Totalmente de alumínio esse motor dispensa a utilização de sistemas auxiliares de pré-aquecimento do combustível para partidas sob baixas temperaturas.

Ele apresenta potência máxima de 177 cavalos a 6.000 rpm, tanto com etanol como gasolina, e o torque máximo de 24,5 kgfm de 1.700 a 4.500 rpm (etanol ou gasolina).

De acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), o New HR-V Advance e Touring têm consumo na cidade de 7,9/11,3 km/l (etanol/gasolina) e, na estrada, de 8,8/12,6 km/l.

O câmbio CVT, de relação continuamente variável, oferece simulação de sete marchas por meio dos paddle shifts no volante.

AVALIAÇÃO MECÂNICA ONLINE®

Motor
Câmbio
Itens de Série
Espaço Interno
Conforto
Segurança
Eficiência energética
Manutenção
Design
Conectividade
Custo x benefícios

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

O Honda HR-V é oferecido em quatro versões e duas opções de motorizações. Avaliamos a versão Touring que traz o inédito motor 1.5 DI VTEC TURBO Flex. DI significa injeção direta. O termo VTEC responde pelo controle ativo de fluxo no cabeçote variando a amplitude...Avaliamos o Honda HR-V Touring 2023: evolução