segunda-feira, 26 fevereiro , 2024
28 C
Recife

BMW Group inicia construção de nova fábrica de montagem de baterias nos EUA

Novo centro de formação técnica desempenhará um papel fundamental na produção de veículos elétricos. Instalações de Woodruff terão várias inovações em termos de sustentabilidade.

O BMW Group deu um passo importante para a produção de veículos elétricos nos Estados Unidos, ao iniciar a construção de uma nova fábrica de montagem de baterias de alta tensão em Woodruff, Carolina do Sul. Batizada de “Plant Woodruff”, a fábrica da BMW produzirá baterias de sexta geração para abastecer veículos totalmente elétricos na vizinha BMW Manufacturing em Spartanburg. Serão criados mais de 300 postos de trabalho na fábrica de Woodruff, com a possibilidade de crescimento.

Investimentos nas fábricas de Spartanburg e Woodruff – Em outubro passado, Oliver Zipse, Presidente do Conselho de Administração da BMW AG, anunciou um novo investimento de US$ 1,7 bilhão em suas operações nos EUA, incluindo US$ 1 bilhão para preparar a fábrica de Spartanburg para a produção de veículos totalmente elétricos e US$ 700 milhões para construir uma nova fábrica de montagem de baterias de alta tensão em Woodruff.

As instalações de Woodruff, localizadas em 315 acres perto da cidade, terão mais de um milhão de pés quadrados e incluirão a construção de um prédio de tecnologia e prédios de apoio, como refeitório, corpo de bombeiros e centro de energia.

Princípio “Local for Local” do BMW Group – Como parte da abordagem “Local for Local” do BMW Group, a empresa comprará células de bateria para seus veículos elétricos da parceira AESC. Ela produzirá células de bateria de íons de lítio redondas recém-desenvolvidas, projetadas especificamente para a sexta geração da tecnologia BMW eDrive.

O novo formato de bateria aumentará a densidade de energia em mais de 20% e melhorará a velocidade de carregamento e o alcance em até 30%. Ao mesmo tempo, as emissões de CO2 da produção de células serão reduzidas em até 60% por meio do uso parcial de material secundário de lítio, cobalto e níquel, bem como de energia renovável para a produção.

As células de bateria produzidas nas instalações da AESC serão enviadas para a fábrica de Woodruff, onde serão usadas para fabricar baterias para modelos totalmente elétricos BMW X na fábrica de Spartanburg. Até 2030, a fábrica de Spartanburg fabricará pelo menos seis modelos BMW totalmente elétricos.

Utilização de métodos sustentáveis na fábrica de Woodruff – A filosofia do BMW Group de promover a sustentabilidade em todas as suas instalações também será promovida na fábrica de Woodruff, que funcionará sem combustíveis fósseis e utilizará 100% de eletricidade verde.

O BMW Group estabeleceu o objetivo de reduzir as emissões de CO2 em sua rede de produção global em 80% até 2030 em comparação com 2019. Além disso, as emissões de CO2 por veículo ao longo do ciclo de vida cairão 40% até 2030. As coberturas das usinas estão sendo preparadas para instalação de sistemas fotovoltaicos.

A estrutura é “solar-ready”, o que significa que suporta a instalação de um sistema solar fotovoltaico (PV) no telhado no futuro. A fábrica também terá iluminação LED inteligente e sensores de ocupação combinados com estratégias de regulação do fluxo luminoso para reduzir o consumo de energia para iluminação e redução significativa do consumo de água na fábrica. A água da chuva também será recolhida e utilizada.

Compromisso contínuo rumo à eletrificação: produção de veículos elétricos na fábrica de San Luis Potosí, no México – Em fevereiro deste ano, a fábrica de San Luis Potosí, no México, anunciou que produzirá modelos totalmente elétricos NEUE KLASSE no futuro e também está estabelecendo sua própria unidade de montagem de baterias de alta voltagem para essa finalidade.

No México, o investimento será de 800 milhões de euros. Deste montante, 500 milhões de euros destinam-se à construção de um novo centro de montagem de baterias de alta voltagem, localizado no terreno da fábrica em San Luis Potosí.

O novo centro de montagem ocupa uma área de 85.000 m2. Mais de 500 funcionários adicionais trabalharão lá, produzindo baterias de última geração para veículos totalmente elétricos. A planta já começou com a construção e treinamento de novos funcionários e aumentou o número de aprendizes para este ano. Um segundo turno começou na planta em abril, adicionando outros 500 novos empregos. Um total de cerca de 1.000 funcionários adicionais trabalharão em San Luis Potosí.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn