terça-feira, 27 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Simpósio da AEA debate soluções regionais para a mobilidade sustentável no Brasil

Organizadores do evento avaliam que o país será protagonista em eficiência ambiental e do veículo no ciclo do poço à roda. Evento tem Mecânica Online® como Media Partner.

Dez palestras, de representantes da indústria, da academia, de consultoria especializada e do Governo, vão compor a 9ª edição do Simpósio de Eficiência Energética, Emissões e Combustíveis, a ser promovido pela AEA – Associação Brasileira de Engenharia Automotiva no próximo dia 15 de junho, depois de três anos de modo presencial no Millenium Centro de Convenções, em São Paulo. No mesmo dia e local, a partir das 19h30, a entidade divulgará os vencedores do Prêmio AEA ESG 2023.

Sob o tema “Mobilidade sustentável e acessível”, o simpósio – subdivido em três painéis, intitulados “A sustentabilidade com acessibilidade”, “Experiência do usuário com energia sustentável” e “Substitutos para o óleo diesel” -, vai apresentar atualizações de tecnologias que levam o Brasil à mobilidade sustentável, por dominar a produção de combustível de baixo carbono, e, com isso, ser protagonista em eficiência energética no ciclo do poço à roda.

Depois da abertura oficial do evento, a ser conduzida por Raquel Mizoe, diretora de Emissões e Consumo de Veículos Leves, da AEA, Paulo Cardamone, CEO da Bright Consulting, fala sobre “O veículo sustentável e acessível”, seguido das apresentações de Rafael Mosquim (Unicamp) sobre “Tendências em tecnologia, eficiência e performance na frota de veículos leves do Brasil”, de representante (a ser definido) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, com o tema “Nova etapa do Rota 2030”. Os três palestrantes, ao final de suas palestras, participam de debate a ser mediado por Ricardo Abreu, consultor automotivo.

No Painel II – Experiência do Usuário com energia sustentável –, Filipe Hack, da Femsa, vai falar sobre o veículo elétrico de entrega urbana; Cristian Malevic (da MWM) e Luís Paulo do Valo Cervelatti (Cocal) abordam o tema ”Experiências com biometano”; enquanto Gustavo Teixeira, da FPT, discorre sobre “Incremento do biodiesel no Brasil: desafios para os catalisadores em veículos Proconve P8”.

Painel III – No período da tarde, mais quatro palestras indicam “Substitutos para o óleo diesel – Quais as alternativas para veículos pesados”, a começar de José Luiz Zotin, da Petrobras, com o tema “Óleo diesel renovável”; seguido de André Ferrarese, da Tupy, fala sobre “Combustíveis para novos motores”, de Valério Marochi, do Senai, sobre “A eletrificação dos transportes pesados” e, finalmente, Camilo Adas, do ECB Group, aborda o tema “O atraso da América do Sul para como Diesel Verde e SAF”.

O tema do painel III terá debate com a mediação de Pietro Mendes, do Ministério de Minas e Energia, que também fará o encerramento do simpósio ao lado de Renato Linke, um dos coordenadores do evento.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn