sexta-feira, 23 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Novo Virtus fabricado no Brasil ganha nota máxima em segurança veicular

Como as atualizações do Virtus também foram introduzidas na versão produzida no Brasil, o Latin NCAP realizou os testes de auditoria nas unidades fabricadas no Brasil para verificar se o desempenho de segurança está no mesmo nível.

- Advertisement -

O Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, Latin NCAP, avaliou, em 2022, o Volkswagen Novo Virtus fabricado na Índia e obteve cinco estrelas. Agora, o Latin NCAP testou as unidades fabricadas no Brasil para verificar se ambas as origens têm o mesmo desempenho de segurança.

O Volkswagen Virtus foi atualizado em 2022 em termos de segurança para o mercado latino-americano. O veículo oferecia inicialmente proteção lateral com airbags de cabeça e tórax e foi atualizado para um sistema de proteção lateral de cabeça com airbags de cortina e do corpo. O modelo também oferece tecnologias ADAS como equipamento opcional, de acordo com as recomendações do Latin NCAP.

O Novo Virtus fabricado na Índia, que está disponível em mercados como o México, foi testado pelo Latin NCAP em 2022 e obteve cinco estrelas. Como as atualizações do Virtus também foram introduzidas na versão produzida no Brasil, o Latin NCAP realizou os testes de auditoria nas unidades fabricadas no Brasil para verificar se o desempenho de segurança está no mesmo nível.

- Advertisement -

O processo de auditoria demonstrou que o Novo Virtus fabricado no Brasil corresponde ao desempenho de cinco estrelas do Latin NCAP do Novo Virtus fabricado na Índia.

Os testes feitos pelo instituto consideram a proteção a adultos, crianças e pedestres, além dos sistemas de assistência ao condutor. Os resultados obtidos são válidos para todas as versões do Novo Virtus produzidos na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) e exportados para quatro países nas América do Sul: Argentina, Equador, Paraguai e Uruguai.

Lançado em fevereiro de 2023, o sedã foi totalmente reformulado, recebeu um novo design mais imponente, iluminação 100% em LED e é único modelo da linha Volkswagen que possui três opções de motorização: 170 TSI, 200 TSI e 250 TSI.

- Advertisement -

Além de toda a transformação, o Novo Virtus recebeu pacote completo de assistências ao condutor. Desde a versão de entrada, a 170 TSI, o modelo recebe de fábrica o ACC (Controle de Cruzeiro Adaptativo), AEB (Frenagem Autônoma de Emergência) e Start-Stop, seis airbags – sendo dois frontais, dois laterais nos bancos dianteiros e dois de cortina -, controle eletrônico de estabilidade (ESC) e controle de tração (ASR), entre outros.

No topo da gama, a versão com mais luxuosa da história do Virtus foi apresentada, a Exclusive. Relembrando seu ancestral, o Santana EX de 1990, a versão traz a mistura perfeita entra luxo, tecnologia e esportividade: a cabine recebe acabamentos e bancos exclusivos, todo o pacote tecnológico da linha, rodas de 18 polegadas e, de baixo do capô, o motor 250 TSI de 150 cv.

Testes rigorosos – O novo protocolo do Latin NCAP (2020-2024) é divido em quatro grupos de avaliação, sendo eles, Proteção aos Ocupantes Adultos, Proteção aos Ocupantes Crianças, Proteção aos Pedestres e Sistemas de Assistência ao Condutor, e a nota geral é definida pelo menor índice entre os grupos.

No grupo de Proteção aos Ocupantes Adultos, são realizados ensaios que englobam uma série de requisitos de segurança e performance biomecânica, através de impacto frontal a 64 km/h contra uma barreira deformável com 40% de sobreposição da frente do veículo, impacto lateral (contra uma barreira deformável montada em um trenó a 50 km/h contra o veículo) e impacto lateral contra poste (o veículo é lançado lateralmente a 29 km/h em direção a um poste). Além disso, é verificada a frenagem autônoma de emergência até 50 km/h (situação de trânsito urbano), avaliação do efeito chicote na coluna cervical (whiplash), integridade do sistema de combustível e adicionalmente a folha de resgate para o corpo de bombeiros, indicando os pontos corretos de corte da estrutura.

No grupo de Proteção aos Ocupantes Crianças, a avaliação é realizada com base na performance nos impactos frontal e lateral. Adicionalmente são avaliados os itens de proteção as crianças presentes no veículo, além da facilidade e segurança na instalação de cadeirinhas infantis.

No grupo de Proteção aos Pedestres, são avaliados os índices de lesão nas pernas, na região pélvica e na região da cabeça, englobando crianças e adultos durante testes de impacto na região frontal do veículo.

No grupo de Sistemas de Assistência ao Condutor, são avaliados a performance de dispositivos, como por exemplo, alerta de utilização dos cintos de segurança dianteiros e traseiros, controle eletrônico de estabilidade, limitador de velocidade e frenagem autônoma de emergência até 80 km/h (situação de transito interurbano).

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn