quinta-feira, 22 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Avaliação Peugeot 208 Turbo

O que é esportividade para você? É uma plaquinha com o nome “Sport” na lateral? Ou talvez um interior escurecido e detalhes na cor vermelha por todo o veículo? Qual a real diferença entre a versão esportiva e uma outra versão de um mesmo modelo oferecido?

- Advertisement -

Peugeot 208 com motor turbo: a força que faltava – São três versões: ALLURE, STYLE E GRIFFE. Todos com robustos pacotes de itens de série e preços extremamente competitivos, recebem além do potente motor Turbo 200 e câmbio CVT de 7 velocidades o badge Turbo 200 e modo Drive SPORT.

O que é esportividade para você? É uma plaquinha com o nome “Sport” na lateral? Ou talvez um interior escurecido e detalhes na cor vermelha por todo o veículo? Qual a real diferença entre a versão esportiva e uma outra versão de um mesmo modelo oferecido?

O comportamento dinâmico, ou seja, o motor faz a diferença. E a Peugeot, marca do grupo Stellantis – que no Brasil também comercializa Fiat, Citroën, Jeep, Ram – mostra isso muito bem na prática. O 208 já é um destaque no visual, que remete na esportividade que agrada diretamente o gosto brasileiro, mas para quem procura ainda mais dinamismo, a Peugeot avança e oferece uma motorização tudo, com a vantagem da confiabilidade de ser a mesma utilizada na Fiat Strada e Pulse, um dos motores mais modernos em nosso mercado.

- Advertisement -

Chamado de motor turbo 200, são até 130 cv de potência ajustados sob medida para um autêntico hot hatch. O badge com a inscrição TURBO 200 é mais um indicativo de esportividade: há 200 Nm de torque disponíveis a 1.750 rpm – o pico de força surge em rotação mais baixa do que o registrado nos concorrentes – Onix, Polo e HB20. Outra vantagem do 208 quando comparado com o Pulse ou mesmo a picape Strada, é o seu peso, o mais leve a receber este motor turbo 200, o que contribui para o baixo consumo – seja com etanol, seja com gasolina.

O resultado foi aperfeiçoado em mais de 1 milhão de quilômetros, distância percorrida pelos protótipos na fase de testes. O trabalho permitiu tirar o máximo do motor produzido em Betim (MG) pela expertise do grupo Stellantis. Outra novidade é que pela primeira vez no Brasil, um carro de passeio Peugeot é equipado com o câmbio automático do tipo CVT, que traz um software exclusivo para aumentar sua eficiência energética.

O resultado aparece nos números de desempenho e consumo, superiores aos de seus concorrentes. Essa solução tecnológica permite ainda a redução de 2% na alíquota do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados), de acordo com as metas estabelecidas pelo programa Rota 2030.

- Advertisement -

A programação do câmbio – que é fornecido pela Aisin – simula sete marchas e oferece o modo SPORT, além de permitir trocas manuais por meio da alavanca. Em um instante, roda-se com total suavidade e conforto. No outro, a sensação é de estar em um autêntico esportivo compacto. A suspensão dianteira recebeu ajuste exclusivo para as versões turbinadas.

O comportamento dinâmico ficou ainda mais equilibrado, com maior controle de rolagem. A evolução é perceptível em situações como retomadas em saídas de curvas e desvios rápidos. Para controlar o ímpeto e segurar o veículo com segurança, há novas pinças de freio.

AVALIAÇÃO MECÂNICA ONLINE®

Motor
Transmissão
Itens de Série
Espaço Interno
Conforto
Segurança
Eficiência energética
Manutenção
Design
Conectividade
Custo x Benefícios

Resumo

É a primeira vez que a transmissão automática tipo CVT é utilizada num modelo da Peugeot.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

Lançamentos

É a primeira vez que a transmissão automática tipo CVT é utilizada num modelo da Peugeot.Avaliação Peugeot 208 Turbo