domingo, 25 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Stellantis, BlackBerry QNX e AWS lançam cockpit virtual

A inovação pioneira no setor acelera os ciclos de desenvolvimento da Stellantis em até 100 vezes, agilizando a entrega de tecnologia de infoentretenimento aos clientes.

A fabricante global Stellantis N.V. liderou a criação da primeira plataforma de cockpit virtual do mundo como parte da Stellantis Virtual Engineering Workbench (VEW), possibilitando a entrega de tecnologia de infoentretenimento aos clientes 100 vezes mais rápido do que os processos anteriores.

A nova plataforma usa o QNX® Hypervisor na nuvem da BlackBerry, que agora está liberando o acesso prévio via AWS Marketplace dentro do portfólio QNX® Accelerate de ferramentas baseadas em nuvem.

A Stellantis agora pode criar versões virtuais realistas de controles e sistemas de carros, fazendo com que eles se comportem como se fossem em um carro real, mas sem precisar mudar o software principal que os executa, levando o que costumava levar meses para ser lançado para até 24 horas em alguns casos.

O acesso ao QNX Hypervisor por meio do AWS Marketplace permite que a Stellantis inclua uma simulação de computação de alto desempenho (HPC) de cockpit virtual em um ambiente de nuvem. Esta plataforma pioneira no setor para desenvolvimento de aplicativos embarcados de criticidade mista e multi-OS inclui QNX Hypervisor, Amazon Machine Images (AMIs) e interfaces de hardware padrão do setor, conforme definido no padrão VirtIO Trout v1.2. Com ferramentas como virtualização de gráficos, áudio e entradas de tela sensível ao toque/mouse/teclado, a solução oferece pouca ou nenhuma diferença entre executar sistemas baseados em QNX Hypervisor na nuvem e em hardware real.

O software é um alicerce fundamental para a Stellantis oferecer mobilidade limpa, segura e acessível, conforme descrito no plano estratégico Dare Forward 2030, e a força motriz por trás das plataformas de tecnologia STLA Brain, STLA SmartCockpit e STLA AutoDrive alimentadas por IA. Em 2022, a Stellantis selecionou a AWS como seu provedor de nuvem favorito para plataformas de veículos, e as empresas começaram a trabalhar no VEW interno construído especificamente para a Stellantis.

Adotando uma abordagem orientada por software e implantando o QNX Hypervisor na nuvem, a Stellantis pode acelerar as sessões de feedback do cliente e, com o mínimo de esforço, replicar a experiência do cockpit de uma determinada marca e veículo e fazer alterações em tempo real para otimizar a experiência do motorista. Esse feedback em tempo real, sustentado pelo acesso de baixa latência à nuvem, permite que a Stellantis solicite feedback valioso de sua base de clientes e desenvolvedores para criar futuros recursos e aplicativos de infoentretenimento.

“O software está se tornando cada vez mais crucial nos veículos, levando-nos a inovar na forma como o desenvolvemos e validamos”, disse Yves Bonnefont, Chief Software Officer na Stellantis. “Com nosso cockpit virtual, estamos revolucionando não apenas nossa abordagem, mas também a de nossos fornecedores e parceiros do setor. Essencialmente, estamos aptos a ficar ainda mais próximos das necessidades de nossos clientes por meio dessa tecnologia com ciclos de desenvolvimento mais ágeis, retornos de feedbacks mais rápidos e entregas imediatas da tecnologia que eles usam e amam. É um salto em direção à inovação e eficiência que priorizam o cliente no mundo automotivo.”

“Estamos muito satisfeitos em introduzir a disponibilidade prévia de acesso à nossa confiável plataforma QNX Hypervisor na nuvem, aproveitando o padrão VirtIO neutro de fornecedor e plataforma que a QNX há muito tempo suporta por sua importância na criação de um ambiente de desenvolvimento virtual realista para software embarcado”, disse Mattias Eriksson, presidente da BlackBerry IoT. “Trabalhar com a Stellantis para lançar o primeiro hipervisor comercial do mundo na nuvem AWS ajuda a reduzir a complexidade, acelerar a inovação e reduzir os custos no desenvolvimento de software para automóveis durante todo o ciclo de vida do produto.”

“A virtualização e a abstração de software na nuvem são vitais para acelerar o desenvolvimento e manter a entrega de recursos em ritmo de acordo com a demanda do consumidor”, disse Wendy Bauer, Vice President and General Manager, Automotive and Manufacturing, AWS. “Com o QNX Hypervisor da BlackBerry no AWS Marketplace, a Stellantis pode aproveitar facilmente o poder da nuvem para reimaginar processos de pesquisa e desenvolvimento, arquitetar maneiras mais perspicazes de solicitar e integrar feedback e fornecer funções mais rapidamente do que antes que encantam os motoristas e promovem o setor.”

As interfaces VirtIO padrão também são usadas por um conjunto de parceiros automotivos para dimensionar suas ofertas em OEMs e permitir plug-and-play em todo o cenário OEM. Reconhecendo os benefícios, a AWS oferece suporte total ao padrão do setor VirtIO para simulação em nuvem de HPCs de cockpit.

O BlackBerry QNX lançou o QNX Accelerate em janeiro de 2023 com seu portfólio inicialmente apresentando o QNX Neutrino® RTOS 7.1 e o QNX OS for Safety 2.2.3, cada um fornecido como Amazon Machine Images, permitindo que os clientes QNX executem um QNX® OS nativamente no hardware de nuvem da AWS. A versão de acesso prévio do QNX Hypervisor na nuvem já está disponível e a disponibilidade geral será anunciada ainda em 2024.

Uma demonstração sem marca da tecnologia está disponível na Consumer Electronics Show (CES) de 9 a 12 de janeiro de 2024, no Centro de Convenções de Las Vegas. Visite a BlackBerry no estande #4224 no West Hall.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn