quinta-feira, 20 junho , 2024
28 C
Recife

Emplacamentos de veículos apresentam leve queda em maio, mas seguem positivos no acumulado de 2024

Apenas os emplacamentos de ônibus seguem negativos no acumulado dos primeiros cinco meses do ano, que teve alta geral de 16,63%, considerando todos os segmentos automotivos somados.

Os emplacamentos de veículos no Brasil registraram uma queda de 8,29% em maio em comparação a abril, segundo dados da FENABRAVE. A redução é atribuída principalmente a um dia útil a menos no mês de maio.

- Publicidade -

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE) divulgou que os emplacamentos de veículos em maio tiveram uma queda de 8,29% em relação a abril, influenciada pela redução de um dia útil no mês. Apesar dessa queda, o presidente da FENABRAVE, Andreta Jr., destacou que as condições favoráveis de crédito mantiveram o mercado aquecido, resultando no melhor desempenho acumulado até maio desde 2014.

As enchentes no Rio Grande do Sul também impactaram negativamente o mercado, afetando cerca de 300 das 722 concessionárias de veículos no estado. A FENABRAVE está realizando esforços para captar recursos e doações para as vítimas das enchentes, além de negociar com entidades e órgãos governamentais para apoiar a recuperação das empresas afetadas.

Impacto por Segmento

  • Automóveis e Comerciais Leves: Pequena retração em maio, mas bons resultados no acumulado do ano, influenciados pelo crédito disponível.
  • Híbridos e Híbridos Plug-in: Leve queda em maio, mas com um crescimento significativo no acumulado do ano em comparação a 2023.
  • Elétricos Puros: Crescimento expressivo em relação a 2023, apesar de uma leve queda entre abril e maio de 2024.
  • Caminhões: Queda em maio, mas resultados positivos no acumulado do ano, impulsionados pelo agronegócio e construção civil.
  • Ônibus: Queda nas vendas, com impacto significativo devido à falta de pedidos do Programa Caminho da Escola.
  • Implementos Rodoviários: Queda em maio, mas resultados positivos no acumulado do ano.
  • Motocicletas: Segmento aquecido com alta de vendas, especialmente para modelos até 250 cilindradas.
  • Motocicletas Eletrificadas: Retração significativa, mostrando baixa adesão do consumidor à nova tecnologia.
  • Máquinas Agrícolas: Leve recuperação em abril, mas resultados ainda difíceis no comparativo anual.

Projeções para 2024

- Publicidade -

A FENABRAVE manterá as projeções de emplacamentos de veículos para 2024 até o fechamento do primeiro semestre, considerando os possíveis efeitos de reposição dos veículos perdidos nas enchentes do Rio Grande do Sul.

Matérias relacionadas

Clínica de Serviços Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente