domingo, 21 julho , 2024
28 C
Recife

Mercado de seguros de automóveis cresce 6,88% em maio, consolidando recuperação do setor

Demanda de seguros reflete aumento nos emplacamentos de veículos e aquecimento do mercado de financiamentos, apesar de impactos de enchentes no Rio Grande do Sul.

O mercado brasileiro de seguros de automóveis registrou um crescimento de 6,88% em maio de 2024, em comparação com o mesmo mês do ano anterior, consolidando a recuperação do setor após uma leve queda em março. Os dados são do Índice Neurotech de Demanda por Seguros (INDS), que monitora mensalmente o comportamento e volume das consultas na plataforma da Neurotech.

O crescimento na demanda por seguros de automóveis acompanha o recente balanço positivo divulgado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que apontou um aumento de 10,16% no número de emplacamentos de automóveis e veículos comerciais leves em maio de 2024, comparado ao mesmo período de 2023. No entanto, houve uma queda de 11,95% em relação a abril de 2024.

- Publicidade -

Impacto das enchentes no Rio Grande do Sul – Daniel Gusson, head comercial de Seguros da Neurotech, comentou que a leve queda de 0,05% na demanda de seguros em comparação a abril pode indicar os primeiros impactos das enchentes no Rio Grande do Sul. “O balanço que divulgamos em abril ainda não abrangia as consequências das enchentes, mas elas já eram esperadas nos meses seguintes. Quando analisamos o recorte da demanda por região do País, também observamos o Sul abaixo das demais,” afirmou Gusson.

O INDS mostrou que todas as regiões do Brasil apresentaram crescimento na demanda por seguros, com o Sul registrando o menor aumento, de apenas 0,82% no comparativo anual. A região Norte liderou o crescimento pelo segundo mês consecutivo, com 9,54%, seguida pelo Nordeste (8,76%), Centro-Oeste (6,25%) e Sudeste (4,89%).

Aquecimento do mercado de financiamentos – O mercado de financiamentos de veículos também contribuiu para o desempenho positivo do setor de seguros. Segundo o Sistema Nacional de Gravames (SNG) divulgado pela B3, o volume de veículos financiados em maio de 2024 cresceu 15,4% em relação ao mesmo mês do ano passado, totalizando cerca de 577 mil unidades. No entanto, houve uma queda de 5,6% em relação a abril de 2024, quando foram financiados cerca de 611 mil veículos.

- Publicidade -

Entre as modalidades de financiamento adotadas, o Crédito Direto ao Consumidor (CDC) foi a mais representativa, acumulando 86,3% do total, seguida por consórcios (13%), outras modalidades não especificadas (0,5%) e leasing (0,2%). O crescimento do CDC para financiamento de veículos foi de 20,3% em relação a maio de 2023.

Demanda de seguros por faixa etária – A demanda por seguros também variou conforme a faixa etária dos condutores. Em comparação com maio de 2023, o crescimento foi maior entre motoristas com 60 anos ou mais, que registraram um aumento de 7,06%. Outras faixas etárias também apresentaram crescimento: 40 a 59 anos (5,09%), 18 a 25 anos (2,52%) e 25 a 39 anos (1,79%).

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão