sábado, 20 julho , 2024
28 C
Recife

Pro tem vencedores inéditos e campeonato empatado após GP Santa Cruz do Sul

Felipe Giaffone e Wellington Cirino somam 107 pontos, apenas um a mais que André Marques, o terceiro colocado, após etapa que teve lotação esgotada no Autódromo Potenza.

O GP Santa Cruz do Sul foi concluído na tarde deste domingo (16) com duas corridas bastante movimentadas no Autódromo Potenza, em Lima Duarte (MG) e lotação esgotada em todos os setores. O traçado localizado na Zona da Mata Mineira recebeu a quarta etapa da temporada 2024, que seria originalmente realizada na cidade gaúcha, que leva o nome da prova e terá toda a renda revertida para impulsionar o comércio local, diretamente afetado pela tragédia com as enchentes no Rio Grande do Sul.

O dia foi muito especial para dois pilotos que debutaram no rol de vencedores da Copa Truck na categoria Pro: experiente e dono de título brasileiro de caminhões, Leandro Totti (Iveco) subiu ao topo do pódio pela primeira vez na categoria. Foi também o primeiro triunfo da Vannucci Racing na categoria principal. Na Corrida 2, quem ficou em primeiro lugar na Pro pela primeira vez foi Victor Franzoni (Mercedes-Benz), talentoso piloto com formação no automobilismo norte-americano que agora conhece a glória correndo entre os brutos com a Tiger Team.

- Publicidade -

Foi um domingo de casa cheia em Lima Duarte, cidade localizada próxima a Juiz de Fora, uma das principais de Minas Gerais. A etapa teve como cenário um belo dia de céu azul e temperatura ambiente de 27ºC e duas corridas que entregaram muitas emoções e mexeram bastante no campeonato, que agora tem empate na primeira colocação entre Felipe Giaffone e Wellington Cirino.

Totti brilha em Minas Gerais — O ‘Marvado’ Leandro Totti largou na pole com o caminhão Iveco da Vannucci Racing, tendo Roberval Andrade ao seu lado com Mercedes-Benz da ASG Motorsports. Logo atrás, vieram Danilo Dirani (Iveco Usual Racing) e Beto Monteiro, com Volkswagen Meteor da R9 Competições, e Felipe Giaffone, na quinta colocação.

Quem largou muito bem foi Dirani, que pulou para a segunda posição ao deixar Roberval para trás. O piloto da Mercedes, aliás, teve uma primeira volta muito complicada e perdeu muitas posições após contato com o caminhão de Wellington Cirino. Andrade acabou punido pela direção de prova com drive-through em razão do incidente. Outro campeão que enfrentou duro revés no início da disputa foi Giaffone, que enfrentou problemas e abandonou pouco depois.

- Publicidade -

Ao longo da prova, Dirani tratou de pressionar Totti na luta pela vitória, com dois Iveco nas duas primeiras posições. Beto Monteiro vinha logo atrás e acompanhava tudo de muito perto, em terceiro. O pernambucano entrou na briga pela vitória e seguia de perto a dupla líder da corrida.

Um dos melhores nomes da prova era André Marques, que aparecia na quarta colocação depois de ter largado em décimo, ganhando assim seis posições. E Jaidson Zini fechava o top-5 quando a corrida se encaminhava para o fim, enquanto Victor Franzoni e Felipe Tozzo lutavam pelo oitavo lugar, que valia a primeira posição com a inversão do grid para a disputa complementar da etapa.

Experiente, Totti escapou da pressão de Dirani e conseguiu abrir vantagem na frente. Já o piloto do S-Way #28 é quem tinha de lidar com a aproximação de Beto Monteiro nas voltas finais. O top-3 foi consolidado com a vitória de Totti, enquanto Dirani cruzou a linha de chegada com 0s469 de vantagem para Beto Monteiro. André Marques foi o quarto, seguido por Jaidson Zini, Paulo Salustiano, Raphael Abbate e Victor Franzoni, oitavo colocado.

- Publicidade -

“Só tenho a parabenizar a toda a equipe. Tivemos uma decepção muito grande lá em Londrina, saí na primeira volta. Melhoramos muito o caminhão, e quando chegamos aqui, na sexta-feira, sabia que seríamos muito rápidos. Estava muito confiante. Trabalhamos para buscar a pole, pela importância de largar na frente aqui, e deu tudo certo. Não foi fácil, mas graças a Deus chegou a primeira vitória. E que venham muitas outras”, comemorou Leandro Totti.

A primeira de Franzoni — Uma confusão nos primeiros metros da pista resultou no acionamento do safety truck. Um incidente envolvendo vários pilotos na primeira curva causou as batidas de Thiago Rizzo e Beto Monteiro, enquanto Kleber Eletric e Adalberto Jardim também tiveram seus caminhões avariados. Outro que teve de abandonar foi Leo Rufino. No fim das contas, nenhum dos envolvidos na ocorrência enfrentou maiores problemas além do resultado de pista.

Franzoni aproveitou sua experiência com largadas lançadas e pulou na frente no recomeço da prova, enquanto Abbate, que vinha na segunda posição, foi punido com drive-through por queima de largada, o que abriu caminho para Paulo Salustiano assumir a segunda posição e Dirani avançou para terceiro, despontando para ser o maior pontuador da etapa.

De ponta a ponta, Victor Franzoni confirmou sua primeira vitória na Pro. Correndo pela Tiger Team, o piloto forjado no automobilismo norte-americano alcançou o topo do pódio de forma muito segura em uma corrida muito movimentada, com Paulo Salustiano terminando na segunda colocação e Danilo Dirani confirmando mais um pódio, seguido por André Marques e Wellington Cirino, quinto melhor posicionado. Felipe Giaffone fez uma prova de recuperação depois de sair do fim do grid e terminou na sétima colocação.

O vencedor da Corrida 2 exaltou a superação e a capacidade de reação do time depois de um fim de semana que começou bem complicado. “Foi demais essa primeira vitória. Foi a que a gente menos esperava. Precisamos trabalhar muito, não foi fácil. Saímos de 12º para terminar em oitavo, em uma briga ali com o Fabinho Fogaça e o Felipe Tozzo, e deu certo. Quando inverteu o grid, só pensava em andar rápido e trazer essa vitória para a frente. Estou muito feliz. O pessoal da Tiger Team e da Mercedes-Benz foi demais. Foi nossa primeira na Pro, e vamos disputar por mais dessas e caminhar bem na Copa Truck”.

Empate na ponta — O campeonato se mostra incrível depois do desfecho do GP Santa Cruz do Sul. Felipe Giaffone e Wellington Cirino estão empatados na liderança e somam 107 pontos cada. Logo atrás, com 106, aparece André Marques. Paulo Salustiano subiu para quarto, com 102. Outro que também avançou na tabela foi Danilo Dirani, que agora tem 83 pontos.

Roberval Andrade tem 74, dois a mais que Victor Franzoni. Raphael Abbate tem 69, contra 66 de Beto Monteiro, e Fabio Fogaça vem em décimo, com 63.

A quinta etapa da temporada 2024 da Copa Truck está marcada para os dias 3 e 4 de agosto no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo.

Copa Truck, temporada 2024
Etapa 4, GP Santa Cruz do Sul, Lima Duarte (MG), Super Truck Pro
Corrida 1, resultado extraoficial
1º – Leandro Totti, 15 voltas em 28min12s588
2º – Danilo Dirani, a 2s295
3º – Beto Monteiro, a 2s764
4º – André Marques, a 10s754
5º – Jaidson Zini, a 16s451
6º – Paulo Salustiano, a 20s174
7º – Raphael Abbate, a 26s326
8º – Victor Franzoni, a 26s760
9º – Felipe Tozzo, a 27s829
10º – Fabio Fogaça, a 40s223
11º – Wellington Cirino, a 44s207
12º – Evandro Camargo, a 44s743
13º – Luiz Lopes, a 51s777
14º – Thiago Rizzo, a 1min03s721
15º – Danilo Alamini, a 1min04s744
16º – Débora Rodrigues, a 1min05s557

Não completaram
Roberval Andrade, a 6 voltas
Adalberto Jardim, a 6 voltas
Felipe Giaffone, a 8 voltas

Corrida 2, resultado extraoficial
1º – Victor Franzoni, 8 voltas em 22min04s279
2º – Paulo Salustiano, a 1s320
3º – Danilo Dirani, a 1s855
4º – André Marques, a 7s483
5º – Wellington Cirino, a 8s086
6º – Leandro Totti, a 8s330
7º – Felipe Giaffone, a 10s863
8º – Fabio Fogaça, a 12s679
9º – Luiz Lopes, a 13s567
10º – Débora Rodrigues, a 18s187
11º – Evandro Camargo, a 20s024
12º – Roberval Andrade, a 32s852
13º – Raphael Abbate, a 34s350
14º – Jaidson Zini, a 36s868
15º – Danilo Alamini, a 45s131

Não completaram
Felipe Tozzo, a 3 voltas
Beto Monteiro, a 8 voltas
Thiago Rizzo, a 8 voltas
Adalberto Jardim, a 8 voltas

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão