McLaren São Paulo consolida a presença da marca no Brasil e supera expectativas de comercialização

A McLaren São Paulo, importadora oficial da marca no Brasil, superou as expectativas de comercialização estabelecidas desde o início das operações, em maio de 2018.

Até janeiro de 2019, vinte unidades da marca britânica de carros esporte já haviam sido vendidas no País.

O número, divulgado na quinta-feira (14 de fevereiro) durante entrevista coletiva na sede da McLaren São Paulo, iguala a meta estabelecida para o primeiro ano completo de atuação, a ser completado em maio.

Na ocasião, também foi apresentado o McLaren 600LT, mais recente modelo da marca a chegar ao Brasil.

Os McLarens mais vendidos nesta primeira fase foram o 720S Coupé (seis unidades) e o 570S Spider (quatro).

Aparecem a seguir os modelos 570S Coupé e 570GT (cada um com duas unidades vendidas), 540C e 600LT (uma unidade comercializada de cada um).

O total é completado por quatro McLaren Senna, modelo construído em série limitada a 500 unidades, todas já vendidas.

O McLaren Senna, uma das maiores atrações do Salão do Automóvel de 2018, começará a ser entregue a seus compradores em meados de 2019.

“Nossos clientes se identificaram rapidamente com a marca e ficaram plenamente satisfeitos com os produtos. Isso ajudou muito na consolidação da McLaren no Brasil. Vender vinte carros em menos de um ano, tendo um modelo de entrada (540C) com preço a partir de R$ 1.550.000,00, é algo que superou nossas expectativas. A forte identificação com os pilotos brasileiros campeões de Fórmula 1, em especial Ayrton Senna, também é um atrativo da McLaren.” Henry Visconde, Presidente da McLaren São Paulo

“A McLaren está sempre apresentando novos produtos, cada vez mais atraentes. O 600LT tem um ótimo potencial no mercado brasileiro. O 720S Spider, versão conversível do nosso modelo mais vendido, foi lançado recentemente e estará disponível no Brasil ainda neste ano. E a fábrica está desenvolvendo o Speedtail, modelo de propulsão híbrida com potência total de 1.050 HP, capaz de superar 400 km/h. Nossas projeções indicam ser possível manter de janeiro a dezembro de 2019 o mesmo patamar alcançado nos primeiros meses de operação.”Bruno Bonifácio, Brand Manager da McLaren São Paulo

Final-Sobre a McLaren Automotive A McLaren Automotive é uma fabricante de carros esportivos de luxo, alto desempenho e supercarros.

A empresa, lançada em 2010, ocupa atualmente a maior parte do Grupo McLaren.

Cada veículo é montado a mão no McLaren Production Center (MPC) em Woking, Surrey, Inglaterra.

A empresa possui três famílias de produtos definidos: Sport Series, Super Series e Ultimate Series, que são distribuídas por mais de 80 representantes em 30 mercados ao redor do mundo.

A McLaren é uma fabricante pioneira, que supera continuamente os seus limites.

Em 1981, introduziu chassis de fibra de carbono leve e forte na Fórmula 1 com o McLaren MP4/1.

Em 1993, projetou e construiu o carro de rua McLaren F1 – a empresa não construiu nenhum carro sem chassi de fibra de carbono desde então.

Como parte da Ultimate Series, a McLaren foi a primeira a oferecer um hipercarro híbrido, o McLaren P1.

Anunciado no Festival de Goodwood em 2018, o plano de negócios Track25 da empresa investirá 1,2 bilhão de libras esterlinas em pesquisa e desenvolvimento para entregar 18 novos carros ou derivados até o final de 2025.

Em 2017, a empresa lançou modelos como a Super Series da segunda geração, a 570S Spider e a McLaren Senna. Em 2018, a empresa lançou o 600LT.

Para apoiar o desenvolvimento, engenharia e fabricação de sua gama de carros esportivos inovadores e supercarros, a McLaren Automotive se associou com empresas líderes mundiais para fornecer conhecimentos especializados e tecnologia.

Estes incluem AkzoNobel, Kenwood, Pirelli e Richard Mille.

O McLaren Group é líder global em alto desempenho e tecnologia de luxo e é composto por três principais negócios: Automotive, Racing e Applied Technologies.

 

- Publicidade - Mercedes-Benz