Os mitos e verdades mais comuns sobre seu carro

Descer a ladeira em ponto morto economiza combustível?  E é necessário esquentar o motor em dias frios antes de sair de casa? Esses são alguns dos conselhos comuns de serem ouvidos de amigos e parentes e que passam de geração para geração.

Mas as dicas realmente procedem? Bom, o universo automotivo é repleto de mitos e verdades que, muitas vezes, deixam dúvidas na cabeça dos motoristas. Por isso, estamos apresentando os questionamentos mais recorrentes para você ficar por dentro do uso correto do seu veículo.

1. Deixar álcool em gel dentro do carro, no sol, incendeia?
MITO
É impossível ter uma autoignição (popular combustão espontânea) do álcool em gel.
O ponto de autoignição do etanol 70% passa de 300°C, temperatura impensável para o habitáculo de um veículo fechado, por mais horas que ele passe sob o sol.

2. Aquecer o carro antes de sair em dias frios?
MITO
Antigamente você precisava deixar o carro ligado uns 5 minutos antes de poder sair. Os modelos novos já possuem um gerenciamento eletrônico que possibilita o mesmo desempenho tanto frio, quanto quente.

3. Rodar com o tanque na reserva estraga o carro?
VERDADE
A gente até entende… Tempos de crise e combustível é normal rodar com pouco combustível. Mas saiba que isso diminui sensivelmente a vida útil da bomba de combustível. Chegar até a reserva vez ou outra não tem problema, o que estraga a bomba de combustível é viver na reserva. E aqui estamos falando daquelas pessoas que ficam abastecendo toda vez que ascende a luz indicadora do tanque…

4. Encher o tanque de combustível até a boca pode comprometer componentes do veículo?
VERDADE
Essa ação pode danificar o canister, peça localizada entre o tanque de combustível e a admissão do motor. Sua função é filtrar vapores, para reduzir os gases prejudiciais que são emitidos pelo veículo.

5. Descer em ponto morto economiza gasolina?
MITO
Além de perigoso, descer o carro na “banguela” não economiza combustível. Os carros atuais possuem injeção eletrônica, ou seja, durante uma descida, o carro detecta que não é preciso injetar combustível e interrompe o fluxo vindo do tanque.

6. Dirigir com o pé na embreagem prejudica o carro?
Dirigir com o pé no pedal da embreagem pode prejudicar SIM o seu carro. Esta prática encurta a vida útil das peças de embreagem.
Pode deixá-lo na rua sem conseguir engatar as marchas ou arrancar o carro.

7. Manter a mão na alavanca de câmbio enquanto dirige, pode causar danos?
VERDADE
Causa danos a caixa de marchas e desgastes nas buchas da alavanca de marchas (trambulador)
Também é proibido dirigir somente com uma mão no volante, conforme as leis do trânsito.

8. Carro flex usando o mesmo combustível fica viciado?
MITO
O próprio sistema do carro flex identifica o combustível que você está colocando e faz os devidos ajustes parâmetros como quantidade de combustível injetado, ângulo de ignição, rotação de marcha lenta, entre outros.

9. Calibrar pneus tanto frio quanto quente dá no mesmo?
MITO
Pneus quentes requerem calibrações com compensações que variam entre 1 e 5 PSI a mais do que os pneus frios.
O ideal é calibrar os pneus após quatro horas sem rodar, assim eles já estarão frios.

10. Dirigir com os vidros abertos interfere no consumo do veículo?
VERDADE
“A mais de 80 km/h, vidros abertos geram maior resistência, o que requer mais energia e mais combustível para movimentação.
Vidros abertos afetam a aerodinâmica. Quanto mais janelas, maior atrito e mais gasto de combustível.
O aumento da velocidade só multiplica o consumo.

11. Carro parado na garagem precisa fazer revisão?
VERDADE
O carro necessita fazer revisão por tempo ou por quilometragem, de acordo com as recomendações do fabricante, as peças se desgastam com o tempo mesmo parados.

12. Pneus novos é mais seguro na dianteira?
MITO
Por medidas de segurança o melhor é coloca-los na traseira, devido dar aderência na pista controle de estabilidade e o pneu novo tem ranhuras e fornecer canais para a água parada na superfície da estrada para a drenagem.
Pode-se facilmente imaginar que um pneu com ranhuras de piso desgastadas não consiga limpar a quantidade de água superficial como um pneu novo equivalente com a profundidade total.

13. Óleo do motor escurecido significa que é preciso substituí-lo?
MITO
É comum ao puxar a vareta do óleo, esfregar o lubrificante entre os dedos e dizer que está na hora de trocá-lo devido à coloração escura do fluido.
É normal que o óleo esteja escuro, já que, além de lubrificante, o produto tem poder detergente e mantém as partículas de sujeira em suspensão.
Verificar o nível do óleo, quando o motor estiver frio.
Recomendável atender as recomendações dos fabricantes, trocando nos períodos corretos.

14. Gás do ar condicionado fica velho, necessitando trocá-lo?
MITO
O gás do ar-condicionado não acaba por causa do uso e nem fica velho. O único motivo para recargas ou substituições é se tiver vazamento decorrente de algum problema no reservatório ou nas mangueiras.
Caso contrário, ele deve durar toda a vida útil do veículo.

15. Pneu não tem prazo de validade?
MITO
Os pneus têm garantia de fábrica de 5 anos assegurada somente pela data de fabricação presente no pneu.

16. Pisar na embreagem ao ligar o carro ajuda na partida?
VERDADE
Não correr o risco de dar a partida com o carro engatado se a transmissão for manual, evitando assim que o veículo dê um ‘tranco’ ou cause um acidente.
Outra vantagem e que o motor desacopla completamente do câmbio, reduzindo o esforço do motor de partida e bateria.

17. A passagem por lombadas deve ser feita com o veículo na diagonal?
MITO
Apesar de a suspensão já ser projetada para suportar esse tipo de manobra, em linha reta o carro sofrerá uma torção menor e molas e amortecedores trabalharão ao mesmo tempo dos dois lados, gerando mais conforto a todos os passageiros, evitando que fiquem balançando de um lado para o outro.

18. É ideal segurar o carro no freio de mão ao parar em subidas?
VERDADE
É a forma correta de segurar o carro com o freio de estacionamento, porque ficar muito tempo com o veículo parado com o pé na embreagem desgasta de forma prematura o sistema, além de endurecê-lo com o tempo.

19. Nos carros de câmbio automático, pode segurar com acelerador numa ladeira?
VERDADE
O câmbio automático tem conversor de torque no lugar da embreagem. Assim, o torque é transmitido através de fluido hidráulico e, portanto, não há desgaste se você mantiver o pé no acelerador para segurar o carro em uma ladeira

20. Carros com câmbio automático consomem mais combustível?
MITO
Os câmbios automáticos possuem eficiência muito maior do que há alguns anos, com trocas mais rápidas e melhor aproveitamento de torque.
É fato que no passado esse tipo de transmissão fazia o motor trabalhar sob regimes muito altos, o que consequentemente aumentava o consumo.
Porém, os atuais têm um dispositivo chamado embreagem de bloqueio, que ajuda a manter os giros baixos em marchas reduzidas

21. O carro com a pintura preta suja mais?
MITO
O carro preto suja tanto quanto as outras cores. O diferencial é que a sujeira fica mais visível em cima da cor preta e requer um cuidado quando for lavar para não ocasionar arranhões pelas partículas de sujeiras existentes.

22. O carro de cor branca fica amarelada com o tempo?
MITO
Provavelmente o amarelado é apenas a sujeira que demorou muito para ser limpa e impregnou no carro.
Recomendamos lavar o veículo periodicamente, afim de evitar este inconveniente.

Com esses 22 mitos ou verdades, esperamos que você possa tem maior segurança e economia na condução do seu carro, desta forma proporcionando uma vida útil ideal para ele.

Sérgio Mendes é consultor e professor no SENAI (Sistema Fiepe), graduado em administração de empresas e marketing com especializações em planejamento e gestão organizacional – PGO, engenharia de produção, com vasta experiência em
consultoria empresarial na área automotiva e industrial (LEAN MANUFACTURING).

- Publicidade - Mercedes-Benz