sexta-feira, 23 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Instalação irregular gera explosão de carro movido a gás

- Advertisement -

Essa matéria, publicada na Agência Estado no dia 19 de dezembro de 2000, é importante para que as pessoas que ainda não se preocupam com a segurança de possuir um carro movido a gás, abram os olhos para os riscos e consequências da sua utilização.

Instalação fora das normas de segurança causou o acidente – O uso de um botijão de gás de cozinha num veículo movido a gás natural provocou uma explosão na noite do dia 18 de dezembro de 2000, causando ferimentos a duas pessoas.

Por volta das 22h de segunda-feira, o condutor do veículo, juntamente com seu filho, pararam no posto Ipiranga, na avenida Giovanni Gronchi, nº 6775, no bairro do Morumbi, para abastecer o furgão Fiat Fiorino.

- Advertisement -

O carro tinha uma interligação entre um cilindro e um botijão de gás doméstico, violando as normas de segurança.

O funcionário do posto que abastecia o veículo constatou um forte cheiro de gás, mas o proprietário teria afirmado que o odor vinha dos peixes que transportava.

Durante a operação de abastecimento, o botijão, que possui uma resistência à pressão menor que a do cilindro, explodiu, destruindo completamente a parte traseira do veículo. Uma roda e o teto do carro foram jogados para o outro lado da avenida Giovanni Gronchi.

- Advertisement -

Com a explosão, o dono do veículo acabou sofrendo esmagamento do pé direito. O filho, que estava no interior da Fiorino, foi atingido em um dos olhos por estilhaços de vidro. Ambos foram internados no Pronto-socorro do Hospital das Clínicas. Os danos materiais e físicos só não foram maiores porque o gás não se inflamou no momento da explosão.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn