quinta-feira, 18 abril , 2024
28 C
Recife

Volkswagen apresenta linha 2014 com nova nomenclatura global

“Versões topo de linha dos modelos Novo Gol, Novo Voyage e Fox passam a ser denominadas Highline”

- Publicidade -

A Volkswagen do Brasil apresenta os primeiros modelos da linha 2014 do Novo Gol, Novo Voyage, Fox, Polo e Golf, que chegam à rede de concessionárias da marca em abril. Entre as novidades das linhas Novo Gol, Fox e Novo Voyage está a adoção da nomenclatura global Highline para as versões topo de linha, o que ocorre pela primeira vez em modelos fabricados no Brasil.

Essa nomenclatura também identifica as opções mais refinadas de modelos como o sedã Jetta e a pick-up Amarok. No caso do Fox, a versão Prime passa a se chamar Highline. Nos modelos Novo Gol e Novo Voyage, as alterações de nome foram feitas nas versões Power e Comfortline, respectivamente.

- Publicidade -

Também foi ampliada a oferta de conteúdo de série nos modelos, o que torna os automóveis ainda mais atraentes para o consumidor. Os opcionais dão ao cliente a possibilidade de configurar o carro que melhor atende às suas necessidades.

Fox e CrossFox – Para os modelos Fox e CrossFox, um dos principais destaques é a nova arquitetura eletrônica, que possibilita aos hatches receber recursos tecnológicos inéditos em seu segmento e disponíveis apenas em modelos de categorias superiores.

O quadro de instrumentos recebe novos grafismos e há oferta, como opcional, do rádio RCD-320 (o mesmo que equipa o Jetta Comfortline), com CD Player MP3, entradas USB, SD-Card e Auxiliar, Bluetooth integrado e interface para smartphone.

- Publicidade -

Conectado ao rádio está outra exclusividade do Fox: o PDC (Parking Distance Control), ou controlador de distância ao estacionar.

Quando equipado com o sensor de aproximação de obstáculos traseiros (opcional), o Fox 2014 exibe na tela central do rádio a silhueta digital no formato da carroceria do veículo (visto de cima), exibindo uma barra que vai se aproximando da traseira à medida que a distância do obstáculo diminui.

A versão topo de linha do Fox troca o nome Prime e adota a nomenclatura global Highline, que identifica as versões mais sofisticadas dos modelos Volkswagen. A linha 2014 marca a estreia desse nome em modelos fabricados no Brasil.

Não apenas o nome da versão mudou: sua lista de itens de série passa a contar, por exemplo, com ar-condicionado. Em seu interior, o Fox adota o novo conceito de acionamento de faróis e lanternas com comando rotativo integrado ao painel de instrumentos (semelhante ao do Passat), à esquerda da coluna de direção, o que garante maior conforto e ergonomia.

O botão possui acabamento refinado em “chrome effect”. O CrossFox, que oferece desde o ano passado como opcional a transmissão automatizada I-Motion, recebeu novo acabamento nos detalhes externos, equilibrando elegância e robustez.

Esses detalhes diferenciam-se conforme a cor da carroceria. No CrossFox, a cor Preto Ninja traz rack de teto em Prata Satin, capa de retrovisor em “chrome effect” – efeito que também está no inserto na parte inferior do para-choque dianteiro – e estribos em Prata Satin.

A cor Prata Sargas tem rack de teto e estribos em Preto Hill, capas de retrovisores e inserto no para-choque dianteiro no mesmo tom da carroceria. As demais cores têm rack de teto e estribo em Preto Hill, capas de retrovisores e inserto no para-choque dianteiro em “chrome effect”.

As peças aplicadas no para-choque traseiro também levam o acabamento “chome effect” em todos os CrossFox. Em 2013 a Volkswagen retoma a homenagem a um dos maiores festivais mundiais da música: o Rock in Rio.

O Fox foi o modelo escolhido para receber a revitalização desta série especial com itens de acabamento exclusivos.

Tendo como base os equipamentos de série da versão topo de linha Highline, a série especial Fox Rock in Rio será oferecida durante seis meses no mercado nacional – entre abril e setembro, quando ocorre o festival musical – com cinco opções de cores: as sólidas Vermelho Tornado, Branco Cristal e Preto Ninja, além das tonalidades metálicas Azul Boreal e Prata Sargas.

Entre seus detalhes exclusivos estão faixas adesivas exclusivas nas portas, com a silhueta de uma guitarra, capas dos retrovisores externos em “chrome effect” e rodas de liga leve de 15 polegadas Dakar, entre outros.

O Fox Rock in Rio será equipado com a motorização Total Flex 1.6 de até 104 cv (etanol). Novo Gol e Novo Voyage – A mudança para a nomenclatura global também ocorreu no Novo Gol, o modelo mais vendido do Brasil há 26 anos consecutivos, e no Novo Voyage – neles, as opções 1.6 Power e 1.6 Comfortline, respectivamente, passam a se chamar Highline.

Assim como o Fox Highline, nessa versão o Novo Gol e o Novo Voyage passam a trazer ar-condicionado, o que melhora ainda mais a relação custo-benefício dos modelos. Também são de série alarme keyless, chave canivete, vidros traseiros elétricos (em adição aos vidros dianteiros elétricos, já oferecidos de série nos modelos), espelho retrovisor externo elétrico com função tilt-down e sensor de aproximação de obstáculos traseiro.

Também houve incremento na oferta de equipamentos nas demais opções para os modelos. São novidades o copo porta-objetos no console central e a luz de leitura traseira no teto (opcional para o Novo Gol).

O Novo Voyage passa a ser equipado em todas as suas versões com airbags frontais, freios ABS e direção hidráulica. Complementam a lista de série itens como travamento central e abertura interna da tampa do porta-malas. O Novo Gol, que tem opção de carroceria de duas ou quatro portas, traz ainda limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro com temporizador como equipamentos standard.

O Novo Gol e o Novo Voyage também já trazem a arquitetura eletrônica que estreia agora no Fox e no CrossFox, uma das mais avançadas e sofisticadas de suas respectivas categorias. Esse novo recurso eletrônico possibilita a instalação de vários equipamentos inéditos, entre eles o ECO Comfort, um dispositivo que orienta o motorista a dirigir de forma mais econômica.

O Novo Gol e o Novo Voyage têm como opcional o pacote BlueMotion Technology – o que os permite consumir até 8% menos combustível em relação aos respectivos modelos com o motor 1.0 VHT.

Disponível com a nova motorização 1.0l TEC, essa configuração agrega ao Novo Gol e ao Novo Voyage “pneus verdes” nas medidas 175/70 R14, com menor resistência ao rolamento, e indicador digital de consumo instantâneo de combustível.

O pacote contempla ainda indicador digital de marcha ideal a ser utilizada. Desde janeiro deste ano, todas as versões do Novo Gol e do Novo Voyage com o motor 1.6l trazem freios ABS e airbags frontais de série.

O sistema de airbags frontais inclui a utilização de cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador e limitador de carga, o que aumenta ainda mais a segurança passiva dos ocupantes dos bancos dianteiros.

O motor 1.6l EA111 VHT, quando abastecido com etanol (E100), desenvolve 104 cv (76 kW) a 5.250 rpm e torque de 15,6 kgfm (153 Nm) a 2.500 rpm. Quando abastecido com gasolina (E22) a potência é de 101 cv (74 kW) a 5.250 rpm e o torque, de 15,4 kgfm (151 Nm) a 2.500 rpm.

Outra importante modificação feita recentemente foi a estreia da nova geração de motores 1.0l, da família EA111. O novo propulsor traz a nova denominação TEC (Tecnologia para Economia de Combustível), com melhorias em desempenho, economia de combustível e redução de emissões de CO2.

O motor TEC, quando está abastecido com etanol (E100), desenvolve potência de 76 cv (56 kW) a 5.250 rpm e torque de 10,6 kgfm (104 Nm) a 3.850 rpm. Quando está abastecido com gasolina (E22), a potência é de 72 cv (53 kW) a 5.250 rpm e o torque, de 9,7 kgfm (95 Nm) a 3.850 rpm.

Polo – Para a linha 2014, o Polo e o Polo Sedan ganham detalhes inéditos no acabamento. Todas as versões recebem novos revestimentos de bancos. Nas versões de entrada, os novos tecidos na faixa central e os apliques garantem aos bancos mais elegância.

Na opção Sportline, os bancos de tecido ganham costuras na cor vermelha e tecido central com tecnologia “tear duplo”, que dá características de tridimensionalidade. A faixa lateral que identifica essa versão também ganha novo desenho.

Para o Polo Sedan Comfortline, tanto com o motor 1.6 como com o 2.0, os tecidos de bancos são de série na cor azul. É utilizado tecido tear e fio flocado, proporcionando toque macio e maior conforto aos ocupantes.

Opcional para todas as versões tanto do hatchback como do sedã, o revestimento de couro dos bancos e painéis de portas traz agora a oferta inédita de cor cinza com as bordas pretas. O Polo também tem novas calotas para a versão 1.6, desenhadas exclusivamente para o modelo e com pintura metática em nova cor.

Como opcional, é oferecida uma nova roda de liga leve de 15 polegadas, com cinco raios – o item vem de série na versão 1.6 Sportline do hatch e nas versões 1.6 Comfortline e 2.0 Comfortline do sedã. Há ainda nova opção de roda de liga leve diamantada de 16 polegadas para as versões 1.6 e 1.6 Sportline do Polo hatch, com pintura cinza-escuro.

Desde a sua versão de entrada, o Polo traz de série equipamentos como freios ABS, airbags frontais, ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, vidros e travas elétricas e rádio CD Player MP3 com entradas USB, SD-Card e Auxiliar, Bluetooth integrado e interface para smartphone.

Golf – Na linha 2014 o Golf recebeu, em sua versão de base, grade do radiador pintada em preto brilhante e apliques nas grades inferiores do para-choque. Em toda a gama do hatch houve alterações no rádio CD Player, que agora tem iluminação vermelha, e no mostrador do ar-condicionado Climatronic (item de série em todas as versões), que ganhou iluminação branca, acompanhando o restante da iluminação do painel.

Com essas mudanças o painel do hatch ganhou aparência mais harmônica e moderna, além de permitir melhor visualização dos instrumentos à noite. O modelo passa a trazer controlador de velocidade de cruzeiro desde as versões de entrada, tanto com o motor Total Flex 1.6l EA111 VHT de até 104 cv como com o 2.0l EA113 de até 120 cv.

Como opcional, passa a ser oferecida também para a versão Sportline 1.6 a roda de liga leve de 17 polegadas, em nova cor. O Golf traz de série desde a sua versão 1.6 itens como sensor de obstáculos traseiro, vidros elétricos, freios ABS com EBD, airbags dianteiros e coluna de direção com ajuste de altura e distância.

Além disso, o modelo recebe rádio CD Player MP3 com entradas USB, SD-Card e Auxiliar, Bluetooth integrado e interface para smartphone.

Volkswagen Fox e CrossFox 2014 – Nova arquitetura eletrônica traz recursos inéditos na categoria, como ESS, Comfort Blinker e ECO ComfortVersão topo de linha passa a ser chamada de HighlineNova série especial Fox Rock in Rio tem visual e conteúdo exclusivo.

A linha 2014 dos modelos Fox e CrossFox chega ao mercado como uma variedade de recursos e equipamentos de segurança ativa e passiva desde a versão de entrada. Os modelos ganham nova arquitetura eletrônica, mais moderna, o que possibilita a instalação de recursos e equipamentos inéditos, além de itens adicionais de segurança.

Dessa forma, a linha Fox, que já traz de série em todas as suas versões freios ABS (Antilock Braking System ou Sistema Antitravamento dos freios) e airbags frontais, passa a contar também com o sistema ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência) como equipamento de série.

Já disponíveis em modelos como Passat e Tiguan, o ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Toda vez que o motorista aciona o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema aciona as luzes traseiras de freio de forma intermitente, sinalizando aos demais motoristas que o Fox ou o CrossFox está tendo uma desaceleração acentuada.

Mais do que sinalizar frenagens bruscas, o Fox e o CrossFox 2014 receberam evoluções no sistema de freio, que o tornaram ainda mais eficiente.

Graças à adoção de freios o ABS de última geração e a utilização de um servo-freio com diâmetro maior – agora são 10 polegadas –, o condutor do Fox 2014 tem um melhor “feeling” de pedal de frenagem, de maneira que é possível sentir com mais precisão o momento em que se modula o pedal de freio para controlar melhor o espaço de frenagem do veículo.

Outra novidade que passa a ser de série em todos os modelos do Fox e do CrossFox 2014 é o Comfort Blinker, mais um importante recurso de conforto e segurança.

Este dispositivo, presente também em modelos como Jetta e Passat, possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir com o veículo, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente.

Com esse leve toque, o sistema aciona a luz de seta três vezes seguidas e indica a intenção de troca de faixa. O I-System, opcional para o Fox e item de série no CrossFox, também evoluiu. Esse sistema concentra, no instrumento combinado do painel, as informações do rádio – como a sintonia (AM/FM) e o nome da música que está tocando –, o status do telefone (se está ou não conectado com o Bluetooth) e os dados do computador de bordo (que informa distância percorrida, tempo de viagem, velocidade digital, consumos instantâneo e médio de combustível e autonomia).

Além disso, o I-System do Fox 2014 permite, por meio de um menu, configurar diversas funções do veículo. Entre os ajustes disponíveis estão as informações do sistema ECO Comfort.

Esse dispositivo – mais uma evolução proveniente da nova arquitetura eletrônica e que está presente em todos os modelos da linha Fox 2014 equipados com o I-System – emite uma série de mensagens no painel (instrumento combinado) orientando o motorista a dirigir de forma mais econômica.

Com o veículo parado, o ECO Comfort também pode emitir alertas visuais com as mensagens: “Não acionar o pedal do acelerador na partida do motor” e “Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado”.

Com o câmbio automatizado I-Motion, o ECO Comfort também emite sinais para que o motorista dirija da forma mais eficiente. Se o motorista estiver por um longo período com a alavanca de câmbio na posição “S” (Sport), permitindo que as marchas sejam trocadas em rotações mais elevadas, surge uma mensagem recomendando “Colocar a alavanca seletora na posição D (Drive)”.

Se o motorista preferir, todas as funções do ECO Comfort podem ser desativadas. Tecnologia e equipamentos – Reconhecido pela sua ótima relação custo-benefício, o Fox passa a ser ainda mais equipado em sua linha 2014.

Agora, desde a versão de entrada, são de série itens como direção hidráulica, conta-giros, banco do motorista com regulagem de altura, chave canivete, faróis com máscara negra, rodas de aço de 15 polegadas com calotas, para-choques pintados na cor da carroceria, desembaçador do vidro traseiro, aviso sonoro dos faróis ligados, entre outros.

Como novidade está o sistema de limpadores do para-brisa dianteiro. As palhetas utilizam a tecnologia aerowischer, que tem funcionamento mais silencioso, com melhores aerodinâmica, performance e durabilidade, em comparação às palhetas convencionais.

Além disso, os limpadores dos vidros do Fox nunca param no meio do para-brisa, mesmo quando o veículo é desligado com o sistema acionado. Graças à nova arquitetura eletrônica, os limpadores sempre completam o movimento e voltam à posição inicial.

O mesmo vale para a palheta do limpador do vidro de trás. Esta, por sinal, liga automaticamente toda a vez que o limpador dianteiro estiver acionado e a marcha à ré for engatada. Outra novidade é o rádio global RCD 320.

O sistema, o mesmo utilizado no Jetta Comfortline, concentra os seus recursos tecnológicos na parte frontal do rádio – inclusive as entradas Auxiliar, USB e SD-Card.

Seguindo a iluminação em vermelho do restante do painel (os botões são iluminados em vermelho e o restante conta com luz branca), o rádio também tem grande interação com o I-System, transmitindo as informações exibidas na tela do rádio no display central do painel de instrumentos.

O sistema Bluetooth oferece o recurso “hands free” (mãos livres), que possibilita ao motorista efetuar ou receber chamadas telefônicas utilizando apenas as teclas do volante multifuncional, item que agrega tanto comodidade como segurança, pois o condutor não precisa tirar as mãos do volante.

Ainda em relação ao Bluetooth, nos novos sistemas de som a interface com os aparelhos mais modernos disponíveis no mercado é muito avançada. É possível, por exemplo, parear não apenas os contatos da agenda do telefone, mas também sincronizar com o aparelho de som do carro os arquivos de áudio armazenados no celular.

Dessa forma, pelas teclas do volante, o motorista consegue selecionar a playlist de músicas salvas no celular. Tudo isso sem a necessidade de utilizar cabos. Todos os rádios contam também com entradas Auxiliar, USB e SD-Card na parte frontal do painel, em local de fácil acesso.

Essa entrada, capaz de ler arquivos salvos em diversos formatos, ainda permite carregar a bateria do celular – desde que o telefone conte com um cabo com formato USB padrão. Outra comodidade oferecida no console central do Fox é a entrada de 12 volts.

Todas essas operações têm interface com o I-System, seja na tela central do painel de instrumentos ou no display do rádio. Conectado ao rádio está outra exclusividade do Fox e do CrossFox: o PDC (Parking Distance Control), ou controlador de distância ao estacionar.

Quando equipado com o sensor de aproximação de obstáculos traseiros (opcional), o Fox e o CrossFox 2014 exibem na tela central do rádio a silhueta digital no formato da carroceria do veículo (visto de cima), com uma barra que vai se aproximando da traseira à medida que a distância do obstáculo diminui.

O sistema, que funciona por meio de quatro sensores instalados no para-choque traseiro, conta ainda com o auxílio sonoro (beep), que vai aumentando a intermitência conforme o carro se aproxima do objeto.

Motores e transmissões – O Fox 2014 mantém a motorização 1.0 TEC, que passou a ser oferecida no modelo em agosto do ano passado.

Esse motor traz a nova denominação TEC (Tecnologia para Economia de Combustível), com ótimo torque em baixas rotações, proporcionando maior conforto ao dirigir, economia de combustível e baixas emissões de CO2, garantindo excelente performance.

O motor TEC é Total Flex: pode ser abastecido com etanol, gasolina ou a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção. Quando abastecido com etanol (E100), a potência do motor TEC é de 76 cv (56 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 10,6 kgfm (104 Nm) a 3.850 rpm.

Quando está abastecido com gasolina (E22), a potência é de 72 cv (53 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 9,7 kgfm (95 Nm) a 3.850 rpm. O motor TEC tem 999 cm³ de cilindrada, quatro cilindros em linha e duas válvulas por cilindro.

Este motor – que é sempre associado à consagrada transmissão manual de cinco marchas MQ200 – está posicionado na dianteira de forma transversal e proporciona um desempenho excelente para o Fox.

Ao nível do mar, o Fox com motor 1.0l TEC necessita de 14,1 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e registra velocidade máxima de 160 km/h (obtida em quinta marcha) com etanol. Com gasolina, a aceleração até 100 km/h é realizada em 14,7 segundos e a velocidade máxima chega a 158 km/h.

O Fox é oferecido ainda com o motor 1.6l EA111 VHT Total Flex – propulsor também utilizado no CrossFox. Quando está abastecido com etanol (E100), a potência do motor 1.6 é de 104 cv (76 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 15,6 kgfm (153 Nm) a 2.500 rpm.

Quando está abastecido com gasolina (E22), a potência é de 101 cv (74 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 15,4 kgfm (151 Nm) a 2.500 rpm. Nessa configuração, o Fox 1.6l acelera da imobilidade até os 100 km/h em 10,5 segundos e tem velocidade máxima de 184 km/h, quando abastecido com etanol.

Utilizando gasolina, o modelo 1.6 chega aos 183 km/h e precisa de 10,8 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h. O motor 1.6l ainda pode ser aplicado à consagrada transmissão automatizada ASG (iniciais de Automated Sequential Gearbox).

O Fox I-Motion e o CrossFox I-Motion oferecem o melhor de dois mundos: o conforto de um câmbio automático e a eficiência mecânica de um câmbio manual. Além disso, o preço do câmbio I-Motion é extremamente atraente, se comparado à transmissão automática convencional (com conversor de torque).

A base da transmissão ASG é a caixa de câmbio manual de cinco marchas, cujo comando manual é substituído por um conjunto de atuadores eletrohidráulicos, comandados por uma unidade de controle eletrônico da transmissão (TCU – Transmission Control Unit).

Com os mesmos números de torque e de potência do modelo equipado com o câmbio manual, o Fox 1.6l I-Motion acelera de 0 a 100 km/h em 11 segundos (com etanol) e 11,3 segundos (com gasolina). A velocidade máxima é de 184 km/h (etanol) e 183 km/h (gasolina).

Uma década de sucesso – O Volkswagen Fox sempre foi um carro inovador, por dentro e por fora. Quando estreou no mercado nacional, em 2003, o modelo estabeleceu novos parâmetros de funcionalidade e de ergonomia.

Desenvolvido sob o conceito de “dentro para fora”, o Fox surpreendeu o País pelo conforto e espaço dentro da cabine, mesmo com dimensões externas de carro compacto.

Banco traseiro corrediço (que até hoje é uma exclusividade da família Fox no Brasil), posição elevada de dirigir e vários porta-objetos distribuídos pela cabine (incluindo um espaço na lateral da porta capaz de acomodar uma garrafa de 1,5 litro e uma gaveta sob o banco do motorista) são alguns dos destaques do interior do Fox, que evoluiu ainda mais na linha 2014.

O painel ganhou uma nova cor, cinza (“Storm Gray”), que dá a sensação de maior amplitude na parte frontal da cabine. O console central foi totalmente retrabalhado e passa a contar com um novo padrão de acabamento, com materiais mais nobres, maior quantidade de linhas cromadas e acabamentos diferenciados entre as versões.

A paixão pelo detalhe fez com que cada mudança valorizasse mais o cockpit, trazendo maior percepção de valor ao Fox. Por exemplo, as molduras em cor exclusiva, de tão precisas, parecem ter sido esculpidas ao redor das áreas de comando e controles de rádio, ar-condicionado e botões especiais.

Esses elementos separam visualmente cada área de visualização do motorista, organizando melhor as regiões de interface do interior. regiões de interface do interior. O painel de instrumentos (cluster) também evoluiu e traz nova serigrafia, de fácil leitura e com luzes brancas e vermelhas, com visual clean e mais nítido.

A iluminação da cabine tem o sistema progressivo de desligamento (fade out) em todas as versões do Fox e do CrossFox 2014. Ou seja, em vez de apagar as luzes internas de uma vez, o sistema de iluminação controla a intensidade das lâmpadas, reduzindo de forma gradativa e suave as luzes até que elas se desliguem.

Resultado: maior conforto e sofisticação. Outro destaque do Fox e do CrossFox 2014 é o novo conceito de acionamento de faróis e lanternas. Herdado de modelos importados, como a linha Passat, por exemplo, o novo mecanismo de chave seletora integrado ao painel, à esquerda da coluna de direção, dá ao condutor da linha Fox melhor ergonomia e um aspecto mais moderno ao painel.

A linha 2014 do Fox recebe uma nova calota de 15 polegadas. Chamada de “Sertões”, a calota conta com design de conceito de raios e pintura em nova cor, desenvolvida com grãos de alumínio mais finos, que trazem maior requinte à aparência do carro e efeito metálico.

Rock in Rio – Com dez anos de sucesso, a trajetória do Fox sempre foi marcada pela oferta de versões ou séries especiais. Tendo como base os equipamentos de série da versão topo de linha Highline, a Volkswagen preparou uma configuração exclusiva para homenagear um dos maiores festivais musicais do mundo: o Rock in Rio.

A série especial Fox Rock in Rio será produzida em edição limitada e oferecida durante seis meses no mercado nacional – entre abril e setembro, quando ocorre o festival musical. Oferecido exclusivamente com a motorização 1.6, estará disponível nas cores sólidas Vermelho Tornado, Branco Cristal e Preto Ninja, além das tonalidades metálicas Azul Boreal e Prata Sargas.

Nas laterais da carroceria, o destaque são as novas faixas adesivas, com a silhueta de uma guitarra. A nomenclatura resinada (pintada em Vermelho Tornado) alusiva ao evento aparece nos para-lamas dianteiros e na tampa traseira.

Já as capas dos retrovisores pintadas em “Chrome Effect” e as luzes de seta integradas combinam com a tonalidade da faixa adesiva lateral, ao mesmo tempo em que realçam o acabamento em preto na Coluna “B”, aquela entre as janelas laterais.

O modelo passa a contar com itens de série como as rodas de liga leve Dakar de 15 polegadas. Lanternas escurecidas, maçanetas e spoiler traseiro pintados na cor da carroceria e os adesivos em preto fosco no para-choque traseiro complementam o visual externo.

Em sintonia fina com a carroceria, o interior do Fox Rock in Rio apresenta muita esportividade, utilizando tecidos mais escuros e realçando os detalhes em Vermelho Tornado nos aros dos difusores de ar do painel, contorno da base da alavanca de câmbio e as costuras no couro utilizado para dar acabamento no volante e no câmbio.

Ainda na parte de forração, as laterais das portas e os bancos contam com aplique em vinil e figurino exclusivo, cuidadosamente composto por malharias cinza escuro, relevos e costuras vermelhas.

Bolsas laterais nos bancos dianteiros e adesivos de soleira das portas com placa metálica completam o conjunto. O cinzeiro personalizado com o logotipo resinado do Rock in Rio chama a atenção no console central.

Outra característica marcante da série especial é a etiqueta bordada com a guitarra símbolo do festival na lateral dos bancos dianteiros.

 

Matérias relacionadas

Monte seu Fiat Pulse

Mais recentes

Menos combustível, mais Volvo!

Destaques Mecânica Online

SIMPÓSIO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA, EMISSÕES E COMBUSTÍVEIS

Avaliação MecOn

TRW - Qualidade de topo para máxima segurança