segunda-feira, 17 junho , 2024
28 C
Recife

Com reforço na confiabilidade, Ranger 2017 chega moderna, tecnológica e com 5 anos de garantia

O Mecânica Online® foi até a Argentina para conhecer de perto o trabalho desenvolvido pela Ford na atualização da picape Ranger. Chegando como modelo 2017, a Ranger brasileira é um veículo global, alinhada com a Europa, Ásia e outros mercados.

- Publicidade -

E para começar bem, o reforço na confiabilidade do modelo mostra a razão da Ranger ser a primeira do segmento a vir com cinco anos de garantia, pioneirismo que reforça o seu padrão de qualidade.

Além de design imponente, com nova grade e faróis, a Ranger ganhou um interior mais requintado e tecnologias inéditas de assistência ao motorista, como piloto automático adaptativo e alerta de colisão.

Seu conjunto de segurança, com sete airbags, é o melhor da categoria e o conhecido desempenho dinâmico e fora de estrada da picape também foi aprimorado, com avanços nos motores 2.2 e 3.2 Diesel e 2.5 Flex, direção elétrica e controle eletrônico de estabilidade de série.

O seu projeto global foi focado nas necessidades dos consumidores brasileiros do segmento e desenvolvido para atender as condições mais rigorosas de uso, comprovado por rodagem de mais de 1 milhão de quilômetros em testes de durabilidade.

- Publicidade -

“A Nova Ranger é um divisor de águas, um produto evoluído e completo”, diz Guy Rodriguez, diretor de Marketing, Vendas e Serviços. “Ela foi desenvolvida para ser a picape média mais forte, robusta, capaz e confiável do segmento, com os atributos que o consumidor quer em termos de segurança, dirigibilidade, conforto e tecnologia.”

A apresentação da linha, realizada em Puerto Iguazu, reuniu a imprensa do Brasil, Argentina, Chile e México, reforçando o caráter global do lançamento. A Ranger hoje é vendida em mais de 180 mercados, incluindo Tailândia e Sudeste Asiático, Taiwan, Nova Zelândia, Austrália, Europa, África do Sul e América Latina.

A Ranger latino-americana é produzida na fábrica de Pacheco, na Argentina, que recebeu um investimento de US$220 milhões em modernização para a produção do novo modelo.
Completa e competitiva

Para o mercado brasileiro, a linha oferece duas opções de motores diesel 4×4: o 2.2 com câmbio manual ou automático, na versão XLS, e o veículo-chefe desse portfólio, o motor 3.2 Diesel de cinco cilindros com câmbio automático de seis marchas, nas versões XLT e Limited.

A Ranger 2.5 Flex, com transmissão manual, também vem nas versões XLS e XLT. Os preços partem de R$129.900 na versão diesel até R$179.900 na topo de linha, enquanto os preços da flex variam de R$99.500 a R$109.500.

- Publicidade -

Mecânica Online® – Com capacidade de carga de 1 tonelada, a Ranger ganhou atualização nos dois motores Diesel, 3.2 e 2.2, com avanços que incluem bicos injetores piezoelétricos, novos turbocompressores, novo desenho de válvulas e sensor de temperatura de gases de exaustão para aumentar a eficiência e economia.

O motor Duratorq 3.2 TDCi, de cinco cilindros, continua a ser o mais forte da categoria, com 200 cv e 470 Nm. O Duratorq 2.2 TDCi aumentou a potência para 160 cv e o torque para 385 Nm. O Duratec 2.5 Flex, de 173/168 cv, traz sistema eletrônico de partida Ford Easy Start, que dispensa o tanquinho auxiliar de gasolina.

A transmissão automática de seis velocidades da versão diesel também apresenta modificações no conversor de torque e no sistema eletrônico de controle.

A Nova Ranger é a primeira do segmento com direção elétrica, que reduz o esforço em manobras e aumenta a firmeza na estrada. Os novos coxins hidráulicos usados no motor e na cabine são outros itens que ajudam a melhorar o conforto, reduzindo vibrações. Os pneus de baixa resistência à rolagem, na versão Limited, contribuem para tornar a Nova Ranger até 15% mais econômica.

Todas as versões diesel vêm com tração 4×4 nas opções normal (High) e reduzida (Low), diferencial traseiro blocante, que aumenta a capacidade de vencer obstáculos. A sua capacidade de imersão de 800 mm é uma das maiores do segmento.

Tecnologias de assistência – A Nova Ranger conta com tecnologias inéditas na categoria que tornam a sua condução muito mais segura e eficiente. A lista inclui piloto automático adaptativo, alerta de colisão, farol alto automático e sistema de permanência em faixa, oferecidos na versão Limited, além de sistema auxiliar de estacionamento com câmera de ré e sensor de monitoramento de pressão dos pneus, disponíveis tanto na XLT como na Limited.

A linha também vem de série com sistema de conectividade SYNC, com CD/MP3-player, entrada USB/iPod, Bluetooth, comandos de voz para áudio e telefone, comandos de áudio no volante e Assistência de Emergência, que faz uma ligação automática para o SAMU, através de um celular pareado, em caso de acidente com acionamento dos airbags ou corte de combustível.

A tela é de 4,2 polegadas na versão XLS e de 8 polegadas para a XLT e Limited, que também incluem navegação e comandos de voz para esta função e climatização.

Segurança avançada – O chassi e a carroceria da Nova Ranger foram reforçados para oferecer um nível maior de rigidez e segurança. Ela vem com sete airbags de série em todas as versões, além de cintos de segurança de três pontos e encostos de cabeça para os cinco ocupantes, alerta sonoro de uso do cinto para o motorista e o passageiro e sistema Isofix para cadeiras infantis. As versões XLT e Limited oferecem ainda chave de segurança MyKey.

Toda a linha vem de série com o sistema AdvanceTrac que inclui: controle eletrônico de estabilidade, controle eletrônico de tração, assistente de partida em rampa, controle anticapotamento, controle adaptativo de carga, luzes de emergência em frenagem brusca e assistente de frenagem de emergência. As versões diesel têm ainda a função de controle automático em descidas.

Novo design e interior – A Nova Ranger apresenta um design ainda mais robusto, com linhas dianteiras formadas por uma impressionante grade, faróis com projetores e capô esculpido. A XLT tem santantônio tubular e a Limited, santantônio integrado na traseira, com vários itens cromados. As rodas são de liga leve, de 17 ou 18 polegadas, com pneus All Season ou All Terrain, conforme a versão.

O interior é totalmente novo, incluindo volante com controles integrados e o painel, que exibe no centro a tela do sistema de conectividade SYNC. O acabamento ficou mais requintado, com materiais de qualidade e recursos como banco com ajuste lombar e console de teto com porta-óculos, incluindo bancos de couro e detalhes de acabamento em metal a partir da versão XLT.

Manutenção econômica – A Nova Ranger 2017 é a primeira picape no Brasil a contar com cinco anos de garantia, uma vantagem inédita para o consumidor do segmento. Tem também um novo plano de manutenção com preço fixo que reduz o custo total de posse, com apenas uma revisão a cada 12 meses ou 10.000 km durante os três primeiros anos de uso.

“Essa garantia inédita de cinco anos é uma prova da confiança que temos na qualidade do produto”, destaca Katia Ribeiro, supervisora de Picapes da Ford. “A Ranger tem muita tradição, conta com clientes fiéis e vem sendo aprimorada há muitos anos. Agora, ela atinge um novo patamar usando toda a experiência da engenharia da Ford, a marca líder mundial em picapes.”

Na versão topo de linha 3.2 Diesel Limited, por exemplo, a redução de custos de manutenção é de 34% e na versão 2.2 Diesel XLS chega a 39%. A cesta básica de peças da Nova Ranger também chega a ser até 55% mais barata que a da concorrência, de acordo com levantamentos usados como referência no mercado.

Matérias relacionadas

Site oficial de ofertas Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente