quarta-feira, 19 junho , 2024
28 C
Recife

Farol de neblina, milha e auxiliares: qual a diferença e quando usar

Dirigir com segurança inclui saber quando e qual tipo de farol usar em determinadas situações: chuva, neblina, noite, com ou sem carro na frente. Mas para isso é preciso antes saber a diferença entre os tipos de faróis, principalmente o de milha e o de neblina. No canal do Mecânica Fácil mostramos qual a diferença:

- Publicidade -

https://www.youtube.com/watch?v=UWL876kACfs

Ou seja, funciona assim:

Farol de neblina – Usar em trechos de neblina e sem o farol alto, para ampliar a visibilidade do motorista e conseguir enxergar o que está bem à frente, mas encoberto pelo nevoeiro. Assim, o condutor se localiza na estrada e as chances de acidentes diminuem.

Importante: o farol de neblina não substitui o farol tradicional e jamais deve ser usado sem necessidade ou como farol baixo. O uso indevido pode prejudicar a sua visibilidade e a de outros motoristas.

- Publicidade -

Farol de milha – O de milha tem a função de projetar a luz a longa distância e proporcionar conforto visual e também deve ser usado com cautela, jamais taque o farol de neblina na “cara” do carro que vier no sentido contrário.

Faróis Auxiliares – E tem os faróis auxiliares que funcionam como um segundo par de faróis de longo alcance. Alguns modelos de carro já saem de fábrica com esse tipo de farol.  É comum o uso nas estradas mais isoladas, sem iluminação e em situações em que os faróis alto e de milha não dão conta.

E já que o assunto é farol, confira aqui neste outro post como regular os faróis do seu carro. Caso precise trocar as lâmpadas de algum farol, antes, veja nesse post quais tipos de lâmpadas são mais usadas.

Matérias relacionadas

Clínica de Serviços Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente