segunda-feira, 17 junho , 2024
28 C
Recife

Porsche aumenta faturamento e resultados

Evolução no caminho para o sucesso: a Porsche aumentou de forma significativa seu faturamento no primeiro trimestre de 2016 em comparação com o do ano anterior, da mesma forma que os resultados financeiros e entregas de veículos.

- Publicidade -

O faturamento da fabricante de carros esportivos aumentou para 5.4 bilhões de euros (crescimento de +6%) e o resultado operacional atingiu 896 milhões de euros (+17 %). As entregas aos clientes atingiram 55,974 veículos (+10 %). O retorno operacional em vendas foi de 16,7%. Com esses resultados, a Porsche é a fabricante de automóveis mais lucrativa do mundo.

Para Oliver Blume, presidente do Conselho Executivo da Porsche AG, esses números mostram que a fabricante de carros esportivos oferece atualmente a linha de modelos mais atraente e diversificada de sua história corporativa.

“As novas séries de modelos 911, 718 Boxster e 718 Cayman impressionaram nossos clientes.” Ele também ressaltou a relação existente na Porsche entre lucratividade e responsabilidade social.

“Nosso objetivo não é alcançar recordes em números de vendas. Nossa visão está firmemente assentada no crescimento com valor agregado baseado em lucros respeitáveis e na segurança de empregos”, afirmou Blume.

- Publicidade -

No final do primeiro trimestre de 2016, a força de trabalho da Porsche havia aumentado para 25,081 empregados. Há um ano atrás, esse número era de 22,945 pessoas (+9%).

Lutz Meschke, vice-presidente do Conselho Executivo e responsável pelas áreas de Finanças e TI (tecnologia da informação), explicou também que o aumento nos ganhos da empresa não se deve apenas ao crescimento do volume de vendas, mas também à atual tendência do câmbio.

“É como correr a favor do vento”, afirmou Meschke. Ele está convicto de que a Porsche voltará a atingir seu objetivo estratégico de lucratividade, de 15 %, no final do ano fiscal de 2016.

“Estamos nos mantendo consistentemente dentro do percurso que a Porsche mapeou. O sucesso também se reflete nos fluxos líquidos de caixa, que cresceram em comparação com o primeiro trimestre do ano passado”, reforçou o CFO.

Meschke espera um ligeiro aumento nas vendas e no faturamento em todo o ano fiscal de 2016, com resultados a par com os do ano anterior – isto apesar dos níveis de investimentos muito altos em instalações, gastos com desenvolvimento e o investimento na casa de bilhão de euros no primeiro modelo da Porsche movido exclusivamente a bateria, o Mission E.

- Publicidade -

No Brasil, a Porsche também teve um crescimento no primeiro trimestre de 19% comparados ao mesmo período em 2015, 179 unidades foram entregues aos clientes da marca no país.

Matérias relacionadas

Site oficial de ofertas Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente