Mercedes-Benz

Motores Scania equipam tanques do exército no Uruguai

Exército uruguaio repotencializou seis Veículos de Combate de Infantaria (VCI) com motores Scania e em breve acrescentará mais quatro unidades

O Exército da República Oriental do Uruguai escolheu a Scania para otimizar a potência de seus veículos de combate anfíbios. A decisão foi tomada com base nas vantagens operacionais dos motores e no completo atendimento ao cliente da concessionária José María Durán em Durazno, Uruguai.

Os novos motores Scania foram escolhidos pela otimização gerada nas funções do veículo e pela disponibilidade de peças de reposição. Anteriormente, os motores que usavam tinham vida útil curta, consumiam 1 litro de diesel a cada quilômetro rodado e eram barulhentos.

Após a repotenciação, os VCIs reduzem o consumo de combustível para 4 quilômetros por litro, geram baixas emissões de gases de efeito estufa e reduzem o ruído.

Originalmente, as unidades eram movidas por motores em V de 6 cilindros que entregavam 300 cv. Para sua substituição, foram utilizados motores Scania com 5 cilindros em linha e 310 CV de potência. Os coxins do motor também foram revisados ​​e as embreagens originais foram substituídas por embreagens Scania L 111, que são mais resistentes.

Os VCIs, caracterizados por suas pistas de mobilização, blindagem à prova de balas, metralhadoras e lançadores de mísseis guiados, têm capacidade para transportar uma tripulação de até 8 soldados, além dos 3 operadores.

De origem soviética, foram fabricados na década de 70, e permanecem em vigor devido à sua capacidade off-road e alta velocidade.

Andrés Köhring, Chefe de Vendas de Motores Industriais e Marítimos da Scania Argentina, explicou: “ em 1984 havia mais de vinte repotenciações de veículos de tropa com motores Scania de 11 litros, e devido ao sucesso desse trabalho, o Exército voltou a convidar que participemos da avaliação desses projetos ”.

Por sua vez, Lucas Woinilowicz – Gerente de Desenvolvimento de Negócios da Scania Argentina- acrescentou que “o maior desafio era acondicionar estes novos motores para que nenhuma das capacidades dos tanques fosse afetada, já que são veículos anfíbios, que também devem movimentar tropas e eles também tem capacidade de atirar, entre outras características”.

“Sem dúvida, valeu a pena investir em uma repotenciação”, disse o tenente-coronel Alejandro Capeluto, comandante-chefe do Batalhão , acrescentando: “escolhemos a Scania porque ela tem o conhecimento técnico e está aberta para atender às nossas necessidades”.

O Batalhão nº 13 é o único do país sul-americano que possui tanques de guerra e VCIs, entre outras unidades blindadas. É composto por 300 militares e está localizado em uma propriedade de 20 hectares em Durazno, Uruguai.

Redação Mecânica Online®https://www.mecanicaonline.com.br
Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
- Publicidade - Casa Scania

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Publicidade - Casa Scania

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação