sábado, 13 julho , 2024
28 C
Recife

Renault quer ampliar limite dos motores de combustão na Europa para 2040

Durante o IAA Mobility em Munique, um executivo do Grupo Renault declarou planos para buscar uma extensão da proibição proposta recentemente para 2035 de todas as vendas de veículos com motor de combustão interna (MCI) na União Européia.

- Publicidade -

De acordo com o relatório, a Renault quer uma extensão para cerca de 2040 a fim de fornecer carros mais acessíveis aos consumidores antes que os Veículos Elétricos mais caros se tornem obrigatórios.

O Grupo Renault é um conglomerado automotivo francês fundado em 1899. Com sede em Paris, a empresa produz e vende veículos sob a marca Renault, além de subsidiárias como Alpine e Dacia.

Apesar de seus esforços e compromissos com um futuro totalmente elétrico, o Grupo Renault ainda vê a necessidade de veículos com motores de combustão interna após a proibição de vendas da União Européia em 2035, especialmente para clientes Dacia.

Matérias relacionadas

Clínica de Serviços Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

TRW - Qualidade de topo para máxima segurança