Mercedes-Benz

Evento da Abrafiltros traz aspectos práticos da logística reversa de filtros

Coleta, transporte, tratamento e destinação ambientalmente adequada estão entre as etapas que envolvem a logística reversa de filtros usados do óleo lubrificante automotivo

Com a instituição da Política Nacional de Resíduos Sólidos em 2010, a legislação aplicável à cadeia de logística reversa vem evoluindo.

Foi o que destacou Filipe Andrade, diretor de Operações e Sustentabilidade do Grupo Supply Service, na palestra “Aspectos Práticos da Logística Reversa de Filtros Automotivos – Coleta, Tratamento e Destinação, no “Abra Talks”, evento virtual mensal da Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais, no dia 11 de novembro.

Criado em julho de 2012, o programa de Descarte Consciente Abrafiltros atende 139 cidades de São Paulo com a coleta realizada por 10 caminhões; 45 municípios do Paraná com seis caminhões; 33 municípios do Espírito Santo com dois caminhões e 45 municípios do Mato Grosso do Sul com quatro caminhões, sendo os pontos geradores, em sua maioria, em postos de combustíveis, concessionárias e oficinas mecânicas.

“Uma das pioneiras na implantação do programa de logística reversa, a Abrafiltros teve um árduo trabalho para cumprir a legislação”, destacou Andrade, ressaltando que o Grupo Supply Service está homologado e encarregado desde 2012 da operação logística do programa, conforme as diretrizes estabelecidas pela Abrafiltros, que atua como entidade gestora por ser a entidade nacional representativa do setor.

No caminho percorrido até iniciar o programa, citou que após a implantação da lei, a Abrafiltros realizou estudos, elaborou e negociou o plano, metas e abrangência da logística reversa, assinou o Termo de Compromisso entre a associação e governo.

Em seguida, teve a homologação e contratação da empresa para operar o programa, definição do plano de ação, ações conjuntas com operador logístico junto a geradores e governos, e a efetivação do programa conforme os Termos de Compromisso estaduais.

Do outro lado, o trabalho do operador logístico também foi intenso – promoveu estudos e planos para atendimento do programa, como prospecção de pontos geradores; assinatura de Termo de Adesão ao programa e iniciou as coletas, após a disponibilização de kits de coleta para armazenagem dos resíduos.

O diretor explicou que, no processo de reciclagem dos filtros usados de óleo lubrificante automotivo, as siderúrgicas recebem o metal; o óleo contaminado vai para re-refino; e os demais componentes para coprocessamento em cimenteiras.

Já o efluente da lavagem de metais e os sacos plásticos utilizados nos kits de coleta são enviados para estações de tratamento.

Mostrando a dimensão do trabalho, Andrade afirmou que a média mensal percorrida pelos caminhões no programa é de 93.060 quilômetros, enquanto a média de coletas por gerador atendido é de 53 kg, somando média mensal de resíduos de 149.949 kg em 3.695 pontos de coleta nas cidades atendidas nos quatro estados, o que ultrapassa em cerca de 2% a meta estipulada.

As coletas são realizadas diretamente nos geradores conforme o volume de resíduos normalmente gerado pelos estabelecimentos comerciais, uma vez que o consumidor brasileiro não tem o hábito de realizar a troca dos filtros do óleo lubrificante automotivo em casa, por esse motivo, não há a existência de PEVs (Postos de Entrega Voluntária).

Mesmo com toda essa evolução, em sua visão, é necessário criar incentivos à cadeia de logística reversa porque, atualmente, o processo é complexo e, no caso de filtros usados do óleo lubrificante automotivo, envolve elevado custo já que os resíduos não possuem valor econômico agregado.

Há também a burocracia que envolve o transporte dos filtros do óleo pós-consumo por ser um produto perigoso e altos custos, entre outros pontos.

O “Abra Talks” teve início com a palestra do engenheiro e consultor da JAM Treinamentos, José Alexandre Marques, que falou sobre “Meios Filtrantes na filtração industrial”.

Em seguida, o Prof. Dr. Fabio Campos, coordenador da Câmara Setorial de Filtros para Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Reúso da Abrafiltros abordou “As diversas aplicações do meio filtrante em ETE” para depois Andrade apresentar o tema sobre a logística reversa.

O “Abra Talks” de novembro foi a última edição do evento em 2021, com retorno previsto para o mês de fevereiro de 2022 em formato online, com novos temas e convidados que juntos debaterão os caminhos e avanços do segmento de filtros.

Equipe Mecânica Online®https://www.mecanicaonline.com.br
Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
- Publicidade - Casa Scania

Notícias relacionadas

Mercedes-Benz

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

Mais recentes

Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação