Mercedes-Benz

PL7 faz novas ‘vítimas’ e Volks atualiza portfólio

Por Lucia Camargo Nunes* – Fiat, Honda, Renault e até a Volvo, entre outras, tiveram de mudar seus portfólios e tirar modelos e versões de linha por causa das novas regras de emissões do Proconve, a L7, válidas para a produção de veículos leves desde 1º de janeiro. É mais rigorosa que regras europeias, para se ter ideia, e vale tanto para modelos nacionais quanto importados.

Mas só agora a Volkswagen anunciou as atualizações de suas linhas para atender às novas normas. Não há, contudo, informações sobre mudanças de potência, torque e consumo de todos os modelos em produção.
O PL7 exigiu novos testes e análises para reduzir as emissões em, no mínimo, 38% para compostos orgânicos voláteis e óxidos de nitrogênio, em 23% para monóxido de carbono e em 25% para aldeídos em relação à legislação anterior, o PL6.

Para isso a Volks promoveu atualizações de softwares de motor, transmissão e ar-condicionado, sistemas de combustível, escapamento e catalisadores, além de incluir Start-Stop e ar-condicionado Climatronic para quase todos os modelos. Também melhorou aerodinâmica dos carros e ampliou a adoção de pneus com compostos de baixa resistência ao rolamento (ou pneus verdes).

Foi preciso, ainda, adotar tanque de combustível multicamadas e novo catalisador com otimização de metais preciosos nos componentes, aumentar o volume do filtro de carvão ativado e redesenhar componentes do motor.

Essas mudanças consumiram parte do investimento de R$ 7 bilhões que a Volkswagen realiza na América Latina até 2026.

Veterano motor 1.6 dá adeus – Entre as baixas, os modelos Gol e Voyage deixam de ter o motor 1.6 8V (EA111) e 1.6 16V (EA211). Com isso, hatch e sedã agora só estão à venda com uma opção de motor: o três cilindros 1.0 12V de até 84 cv de potência com câmbio manual de 5 velocidades. O hatch custa R$ 72.290 e o sedã, R$ 83.690.

Já a picape Saveiro, com a carroceria de cabine simples e dupla, manteve o motor 1.6 16V de 116 cv. Na configuração do site da Volks, a picape só aparece como versão Cross Cabine Dupla, que custa R$ 119.150.

Esse mesmo motor deixa de ser oferecido em Polo e Virtus. Enquanto o hatch conta com opções de motor 1.0 aspirado, o sedã parte da 1.0 turbo (200 TSI) também ofertado no Polo, além da versão esportiva GTS para ambos com motor 1.4 turbo. Todas as versões Comfortline e Highline passam a vir de série com o sistema Start-Stop, que desliga e liga o motor automaticamente quando o carro para.

Na dupla de SUVs nacionais, as novidades são de itens de segurança. Nivus e T-Cross agora trazem de série Start-Stop e piloto automático adaptativo e frenagem automática – para todos os Nivus e a partir da versão Comfortline 200 TSI do T-Cross.

Por fim, a Volks informa que o motor 250 TSI do Taos passou por novas calibrações que o deixaram mais eficiente, assim como o motor V6 da picape Amarok (que perdeu 1 cv e agora rende 257 cv) e o 350 TSI 2.0 disponível no Jetta GLI – o sedã agora entrega 231 cv (houve 1 cv de ganho).

*Lucia Camargo Nunes é economista e jornalista especializada no setor automotivo. E-mail: [email protected]

Redação Mecânica Online®https://www.mecanicaonline.com.br
Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
Mercedes-Benz

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Curso Veículos Elétricos - Cursos Mecânica Online®

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação