Mercedes-Benz

Conheça os cinco modelos eletrificados da CAOA Chery para o Brasil

O Mecânica Online®, com Henrique Pereira, acompanhou em São Paulo o anúncio da CAOA Chery com cinco modelos eletrificados para o mercado brasileiro. A marca afirma que é o início da transição para uma mobilidade mais sustentável até 2023.

O primeiro produto que vai chegar nas concessionárias ao final desse mês de junho, importado da China em versão única, será o iCar, um subcompacto 100% elétrico para o segmento de veículos de entrada.

Na China, o iCar é comercializado há cinco anos e está em sua quarta geração com mais de 200 mil unidades vendidas e é hoje o mais emplacado de seu segmento no mercado chinês.

No Brasil, o modelo será comercializado em versão única por R$ 139.990,00, a partir do final do mês de junho.

O modelo possui autonomia de 282 km, carroceria essencialmente em alumínio de aviação que utiliza materiais compostos para obter uma estrutura leve. A bateria tem capacidade total de 30,8 kWh, com sete estágios de regeneração de energia e um motor com potência de 45 kW equivalente a 61 cv, que é menor que a disponibilizada pelo Renault Kwid E-Tech, de 65 cv. Ainda assim, o 0-100 km/h no iCar é de 12,8 segundos, enquanto no Kwid 14,6 segundos. O torque máximo de 15,3 kgfm (150 Nm).

A bateria pode ser carregada completamente em apenas 36 minutos em estações de carga rápida (eletropostos), em pelo menos cinco horas em sistema de carregamento portátil e em onze horas com cabo emergencial em tomada de três pinos.

Para chegar ao mercado brasileiro, o iCar recebeu adaptações exclusivas na suspensão, visando atender às expectativas do exigente consumidor nacional, além de adaptações no motor.

O CAOA Chery iCar conta com três opções de cores: verde, cinza e branco, que junto com o design externo inovador e o amplo teto panorâmico agregam ainda mais personalidade ao modelo.

No interior, temos painel de instrumentos em LCD, digital e colorido e a multimídia de 10,25” possui tela colorida sensível ao toque. Os bancos dianteiros possuem regulagem elétrica, o volante multifuncional vem com regulagem de altura, além de duas entradas USB e carregamento de celular wireless.

Com capacidade para quatro passageiros, tem o acesso aos bancos traseiros feito por comando elétrico (via banco do passageiro dianteiro). A capacidade do porta-malas pode chegar a 380 litros com os bancos traseiros rebatidos.

O iCar traz elementos de segurança de série como o monitor de pressão e temperatura dos pneus, câmera traseira e sensor de estacionamento, freios a disco e suspensão independente nas 4 rodas, airbag duplo frontal, além do controle de estabilidade e freio eletrônico auto hold – significa que o motorista pode liberar o pedal do freio e manter o efeito de frenagem quando o veículo está parado em sinaleiras ou em um cruzamento.

Com a carroceria em duas cores, sendo o teto em preto, possui molduras das caixas de rodas, soleiras, e para-choques em preto fosco. O aerofólio (externo), é na cor do carro, que traz ainda rack de teto decorativo, para-choque traseiro em preto fosco com detalhe em prata e lanternas fumê com LED.

Equipado com kit de reparo de pneus, o iCar traz ainda cabo portátil de carregamento de emergência – 220V / 20A. A garantia é de 8 anos para o sistema de propulsão elétrico e 3 anos para o veículo.

A CAOA Chery começa a produzir, ainda neste mês, os primeiros carros nacionais com tecnologia híbrida 48V. Tiggo 5x PRO Hybrid e o Tiggo 7 PRO Hybrid vão ganhar motorização híbrida flex no mês de julho. Ambos serão produzidos e comercializados nas versões híbridas e a combustão.

A solução conta com o diferencial de reunir a tecnologia híbrida com a motorização 1.5 Turbo Flex que vai resultar na redução de consumo e de emissões.

Baseada na substituição do alternador tradicional por um gerador/ motor BSG, o sistema híbrido funciona recuperando a energia cinética gerada nas frenagens, que é armazenada em uma bateria de 48V e utilizada para auxiliar e aumentar o torque e potência gerados pelo motor a combustão quando solicitados.

A tecnologia produz um ganho de 10 cv de potência e 40 Nm de torque (4,1 kgfm) adicionais para auxiliar o motor a combustão. Ou seja, o motor de combustão interna é assistido pelo sistema elétrico. Por esse motivo, na versão híbrida os modelos passam a ter 160 cv de potência máxima e 25,5 kgfm de torque máximo.

Os novos modelos híbridos serão fabricados na planta de Anápolis (GO). Em 2021, a fábrica recebeu investimentos que gerou 800 novos empregos e possibilitou a introdução das novas tecnologias no portfólio.

Em Anápolis, os engenheiros da marca também contam com o Centro de Pesquisas e Eficiência Energética (CPEE) que, além de realizar testes de emissões e químicos para apoiar o desenvolvimento de veículos, motores e pesquisas sobre novos combustíveis, possui capacidade para realizar serviços e homologações de veículos híbridos, híbridos plug-in e elétricos.

A mesma tecnologia híbrida 48V será implementada no Arrizo 6 PRO Hybrid, que a partir de agosto desembarca no Brasil em versão única importado da China com um visual atualizado na versão eletrificada.

A tecnologia Híbrida 48V conta também com sistema start-stop que desliga o motor em paradas como semáforos e dá partida automaticamente quando acionado o acelerador. Esse sistema também auxilia na redução do consumo e na emissão de poluentes, além de minimizar ruídos ociosos enquanto o veículo está parado.

Todo o desenvolvimento do software e calibração do sistema de gerenciamento do motor, além da integração com o BSG e o algoritmo de carga e descarga da bateria 48V das novas versões dos veículos foi realizada pelo time de engenharia nacional da CAOA Chery, com base no modo de condução e na preferência do motorista brasileiro. Dessa forma, os modelos entregam ao consumidor uma experiência única ao volante.

Tiggo 5x PRO Hybrid e Tiggo 7 PRO Hybrid – Além da motorização híbrida e do sistema start-stop, o Tiggo 5x PRO Hybrid ganhou itens de tecnologia e design na nova versão.

O SUV mais vendido da marca no Brasil passa a contar com volante de base reta, sensor de chuva e carregador de celular wireless (sem fio).

No caso do Tiggo 7 PRO Hybrid, houve mudanças no design das rodas de liga leve 18″, que passam a ter nova aparência. Em relação aos designs externo e interno, eles seguem os mesmos da versão topo de linha equipada com motor 1.6 TGDI, assim como o pacote de equipamentos de segurança, conforto e tecnologia.

Arrizo 6 PRO Hybrid – O sedan ganha na dianteira uma nova grade, e na traseira as lanternas passam a ter luz dinâmica de seta.

Os retrovisores também passaram por upgrades. O retrovisor interno agora é eletrocrômico, que controla a intensidade da luz refletida pelos veículos, evitando o ofuscamento da visão do motorista. Já os retrovisores externos ganharam desembaçador.

No interior, o Arrizo 6 PRO Hybrid passa a contar com novos itens de conforto como volante com ajuste de altura e profundidade, carregador de celular wireless, comando de voz e luz de cortesia traseira.

Os três modelos contam com três anos de garantia para o veículo completo e cinco anos para motor e câmbio.

Em agosto, também será a vez do Tiggo 8 Plug-in Hybrid fazer sua estreia com a novidade de ser o único modelo desse tipo a ser vendido no Brasil a contar com uma transmissão híbrida dedicada (DHT – Dedicated Hybrid Transmission) com dois motores elétricos.

É a primeira transmissão do mundo dedicada a modelos híbridos, que torna muito mais eficaz e inteligente a gestão dos três motores (dois propulsores elétricos, combinados com o motor a combustão 1.5 turbo a gasolina).

O utilitário tem consumo médio combinado de 42,7 km/l, autonomia combinada chega a 77,6 km no modo 100% elétrico; potência máxima de 317 cv e torque máximo de 56,6 kgfm, acelerando de 0-100 km/h em 6,72 segundos, além de um amplo pacote de tecnologia em segurança.

Composta por dois motores elétricos e três marchas mecânicas, é capaz de fazer, de maneira inteligente, a combinação do conjunto elétrico com o motor a combustão.

Com isso, entrega 11 relações de marcha que proporcionam mais economia e melhor desempenho ao veículo.

Tudo de forma automática, a partir do desenvolvimento e adaptação do sistema híbrido, incluindo calibração do motor, transmissão DHT e integração dos módulos e motores elétricos, pela engenharia brasileira da fabricante, que trabalhou no projeto para entregar ao condutor uma experiência ao volante compatível com a expectativa do consumidor nacional.

O Tiggo 8 PRO Plug-in Hybrid possui dois modos de potência (EV e HEV) e dois modos de condução:

  • EV – modo 100% elétrico, em que somente um ou dois motores elétricos atuam;
  • HEV – modo híbrido que, de forma inteligente, otimiza o funcionamento dos três motores priorizando a economia de combustível;
  • Normal – disponível no modo EV e HEV e que prioriza a economia de combustível;
  • Sport – Disponível somente no modo HEV e que prioriza o desempenho;

Nos modos EV e HEV, há ainda a possibilidade de o motorista gerenciar o nível mínimo da bateria, com valores entre 20% a 70%. Ou seja, caso o condutor opte por 70%, por exemplo, o veículo atua de forma a poupar a bateria para que ela não descarregue além de 70%. Caso opte por 20%, o sistema vai entregar mais performance, entendendo que pode utilizar a carga da bateria ao máximo até atingir o nível de 20%.

Bateria e regeneração de energia – A bateria do Tiggo 8 PRO Plug-in Hybrid possui 96 células e capacidade total de 15kWh, possibilitando uma autonomia 100% elétrica de até 77,6 km.

O modelo possui também sistema de regeneração de energia, em que a energia cinética que seria desperdiçada em frenagens ou desacelerações é direcionada para a bateria.

Esse sistema possui quatro níveis: um automático e com maior capacidade de regeneração, acionado durante as frenagens. E outros três, que podem ser configurados pelo próprio condutor, sendo 1 o menor nível de regeneração e 3, o maior. Neste caso, a recuperação da energia ocorre sempre que o motorista deixa de acionar o pedal do acelerador.

O Tiggo 8 PRO Plug-in Hybrid é comercializado com carregador portátil tipo 2. O carregamento pode ser realizado em tomadas comuns de 220V e em carregadores de parede. No primeiro caso, o carregamento completo da carga da bateria leva em torno de 6 horas, enquanto no segundo a carga completa é realizada em 3 horas.

ADAS – Sistemas Avançados de Assistência ao Condutor – Os sistemas avançados de auxílio à condução são completos. Além dos mais de dez itens que a versão a combustão já trazia como HHC, HDC, ESP, EPB, DRL, TCS, BOS, BAS, ESS, TPMS e BSD, o Tiggo 8 PRO Plug-in Hybrid passa a contar com:

  • ACC – Adaptive Cruise Control: piloto automático que controla a distância do veículo à frente, acelerando e freando conforme necessário;
  • AEB – Autonomous Emergency Brake: função que ativa automaticamente os freios quando há risco de colisão, a partir da detecção de animais, pedestres e ciclistas;
  • FCW – Front Collision Warning: sistema em que, quando há possibilidade de uma colisão com o veículo à frente, emite um alerta sonoro e visual para auxiliar o condutor;
  • TJA – Traffic Jam Assist: função “Stop&Go” utilizada em congestionamentos;
  • ICA – Integrated Cruise Assist: sistema que integra funcionalidades ADAS auxiliando e proporcionando mais segurança ao condutor;
  • LDW – Lane Departure Warning: Sinal sonoro e de vibração no volante caso o condutor mude de faixa sem acionar a seta;
  • LDP – Lane Departure Prevention: Auxilia na manutenção do veículo dentro da faixa;
  • IHC – Intelligent Headlamp Control: Controla o farol automaticamente alterando entre farol alto e baixo de acordo com os veículos que transitam no sentido contrário;
  • AFS – Sistema adaptativo de luzes dianteiras: Otimiza a distribuição do faixo luminoso dos faróis. Dependendo da velocidade, a luz é direcionada para melhorar a visibilidade em curvas;

Novo visual e mais conforto – O Tiggo 8 PRO Plug-in Hybrid estreia também novo visual. A nova grade no formato Diamond com detalhes cromados, já tradicional na família PRO, trouxe ainda mais personalidade ao modelo.

Há também novos para-choques dianteiros e traseiros, novos faróis em LED e faróis de neblina, além de indicadores de direção dinâmicos. As rodas também ganharam novo design, exclusivo para essa versão.

No interior, o grande destaque fica por conta da tela de 24,6″ que integra o painel de instrumentos e o multimídia. O controle do ar-condicionado também é por meio de uma tela colorida touch screen de 8″.

O banco do motorista, que já contava com seis ajustes elétricos passa a ter também ajuste lombar, assim como memória para os ajustes.O sistema de som é da Sony.

O Tiggo 8 PRO Plug-in Hybrid será comercializado nas cores branco e preto metálico. A garantia é de 8 anos para o sistema de propulsão elétrico (bateria e motores elétricos), 5 anos para motor a combustão e transmissão (conjunto mecânico) e 3 anos para o veículo.

Tarcisio Diashttps://www.mecanicaonline.com.br
Gerente de conteúdo do Mecânica Online®, Tarcisio Dias é responsável também pela área de cursos e CDs interativos. Possui formação em engenharia Mecânica com habilitação em Mecatrônica pela Universidade de Pernambuco, formação técnica em mecânica pela Escola Técnica Federal de Pernambuco (CEFET/PE) e profissional em Mecânica Automotiva de Motores Diesel no Centro de Formação Profissional de Jaboatão dos Guararapes – RFFSA acordo SENAI. Também possui formação como Radialista – Locutor/entrevistador.
Mercedes-Benz

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Curso Veículos Elétricos - Cursos Mecânica Online®

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação