segunda-feira, 26 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Porsche Mission X tem relação peso/potência de aproximadamente um CV por quilograma

Na Porsche, os carros-conceito inovadores sempre lançaram as bases para o futuro. O fabricante de carros esportivos mantém esta tradição com este último projeto.O Mission X é uma reinterpretação espetacular de um hipercarro, com portas no estilo Le Mans que se abrem para a frente e um trem de força elétrico eficiente e de alto desempenho.

O Mission X é uma reinterpretação espetacular de um hipercarro, com portas no estilo Le Mans que se abrem para a frente e um trem de força elétrico eficiente e de alto desempenho.

O Mission X é um carro de dois lugares e fará sua estreia em 8 de junho de 2023 – a véspera da abertura da exposição ’75 anos de carros esportivos da Porsche’ no Museu da Porsche em Stuttgart-Zuffenhausen. Uma data especial: há 75 anos, em 8 de junho de 1948, o 356 ‘No. 1’ Roadster se tornou o primeiro automóvel com o nome Porsche a receber sua licença geral de operação. Este foi o nascimento da marca de carros esportivos.

“0 Porsche Mission X é um farol de tecnologia para o carro esportivo do futuro. Ele traz a alma de carros esportivos icônicos de décadas passadas: como o 959, o Carrera GT e o 918 Spyder antes dele, o Mission X fornece um impulso crítico para o desenvolvimento evolucionário de futuros conceitos de veículos”, diz Oliver Blume, presidente da Conselho Executivo da Porsche AG. “A ousadia de sonhar e os carros dos sonhos são duas faces da mesma moeda para nós. A Porsche só permaneceu Porsche mudando constantemente.”

Michael Mauer, chefe de estilo da Porsche, diz: “O Mission X é um claro compromisso com a alma da marca. A expressão contínua e aprimorada de nossa marca e identidade de produto é uma bússola importante para navegarmos no desenvolvimento de nossos modelos de produção em série. O estudo conceitual simboliza uma simbiose de DNA inconfundível do automobilismo com o luxo”.

Medindo aproximadamente 4,5 metros de comprimento e dois metros de largura, o carro-conceito Mission X é um hipercarro relativamente compacto. Com uma distância entre eixos de 2,73 metros, tem as dimensões do Carrera GT e do 918 Spyder. Para fins aerodinâmicos, o carro-conceito possui pneus de tamanho misto, com rodas de 20 polegadas na frente e rodas de 21 polegadas na traseira.

Design: elementos clássicos reinterpretados – O Mission X representa o auge do desempenho e do luxo moderno. Ao mesmo tempo, sua forma esculpida e linhas musculosas demonstram que os hipercarros não precisam parecer agressivos.

A carroceria rebaixada, com menos de 1,2 metro de altura, tem acabamento em Rocket Metallic – uma elegante cor de tinta especialmente projetada para o estudo do conceito.

Elementos de design com acabamento em trama de carbono são encontrados abaixo da linha da cintura. Esses componentes são envernizados em um acabamento acetinado e, portanto, levemente coloridos, mas sua estrutura de material permanece reconhecível.

As rodas apresentam detalhes elaborados: o eixo traseiro é equipado com aeroblades quase transparentes, que são projetados como turbinas para melhor resfriamento dos freios. Uma cúpula de vidro leve com um exoesqueleto feito de plástico reforçado com fibra de carbono se estende sobre os dois ocupantes.

As portas estilo Le Mans estão presas à coluna A e ao teto; abrem-se para a frente e para cima. Este tipo de porta foi usado anteriormente no lendário carro de corrida Porsche 917. Outro atrativo é a assinatura de luz: para o Mission X, os designers reinterpretaram a assinatura visual de quatro pontos característica da Porsche.

A forma de base vertical dos faróis foi inspirada em carros de corrida históricos, como o Porsche 906 e 908, e desenhada bem para baixo em direção à estrada. Uma estrutura de suporte de alta tecnologia enquadra os módulos de luz LED e apresenta os elementos estreitos expostos das luzes de condução diurna e indicadores. Quando ativada, a luz se abre como um piscar de olhos. Totalmente iluminados, os faróis transmitem confiança.

Uma unidade de luz de comprimento total que parece flutuar caracteriza a traseira do Mission X. As letras Porsche transparentes e iluminadas são uma característica de destaque.

A luz traseira escultural emerge, como se suspensa no ar, de uma estrutura de suporte moderna e se estende por toda a largura do veículo em quatro segmentos. Durante o carregamento da bateria, o ‘E’ da inscrição Porsche pulsa, acrescentando uma sensação de mistério.

Um detalhe especial é o brasão Porsche modernizado, que faz sua estreia no Mission X. Metal precioso escovado, uma estrutura de favo de mel tridimensional, um novo visual para o cavalo ao centro e uma cor dourada mais sutil – olhando de perto, essas são as diferenças entre o brasão Porsche modernizado e seu antecessor imediato. Com sua execução mais limpa e de última geração, a crista refinada comunica o caráter da Porsche. No Mission X, ele pode ser encontrado no capô e no volante, bem como em forma monocromática nos centros das rodas.

O foco do motorista pode ser visto na assimetria do interior e seu conceito de cor. Os dois assentos têm cores diferentes. Além das almofadas de couro na cor marrom Andaluzia, o banco do motorista é cinza Kalahari e forma uma única unidade de cor com o console central e o painel.

O banco do passageiro é na tonalidade contrastante Andalusia Brown. Além das conchas de assento CFRP e seus cintos de segurança de seis pontos integrados ao monocoque, outros paralelos do automobilismo incluem o volante aberto, que possui seletores de modos de condução e paddle shifts. Existem várias câmeras a bordo. A gravação começa assim que o motorista pressiona o botão Gravar (REC) no controlador multiuso.

Outro destaque fica do lado do passageiro, onde há um suporte embutido no painel de instrumentos ao qual pode ser acoplado um módulo de cronômetro. Para o Mission X, a Porsche Design criou um módulo de cronômetro especial com mostrador analógico e digital. Os relógios são projetados para uso em pista e rally e podem exibir os tempos de volta ou diversos outros dados.

Mecânica Online – Nossas visões: se o Mission X entrar em produção em série, ele deverá ser o veículo legal para uso em vias públicas mais rápido em Nürburgring Nordschleife;
ter uma relação potência/peso de aproximadamente um CV por quilograma;
atingir valores de pressão aerodinâmica bem superiores aos fornecidos pelo atual 911 GT3 RS;
desempenho de carregamento significativamente aprimorado com sua arquitetura de sistema de 900 volts e carregar quase duas vezes mais rápido que o atual líder da Porsche, o Taycan Turbo S.

A bateria é instalada centralmente atrás dos assentos do veículo. Este layout e-core centraliza a massa no carro. Tal como acontece com um carro com motor central convencional, isso fornece a base para uma excelente agilidade.

O carro de produção em série mais rápido de seu tempo; primeiro Porsche de produção em série a ser feito de fibra de carbono e o primeiro veículo legal para estrada a bater a marca de sete minutos no Nürburgring Nordschleife – o Porsche 959 (1985), Carrera GT (2003) e 918 Spyder (2013) foram modelos de marco no mundo dos carros superesportivos. E isso os torna os precursores conceituais do Mission X.

Em 1985, o Porsche 959 fez sua estreia como plataforma tecnológica. Seu motor boxer biturbo de seis cilindros e 450 cv, combinado com uma carroceria otimizada aerodinamicamente, impulsionou o supercarro esportivo a uma velocidade máxima de 317 km/h – então o recorde mundial para um carro esportivo de produção em série.

Com seu motor V10 e 612 cv, design arrojado e, não menos importante, sua experiência de direção incomparável, o Porsche Carrera GT continua sendo um ícone entre os superesportivos até hoje.

A tecnologia híbrida da Porsche atingiu um pico espetacular com o 918 Spyder. Em setembro de 2013, o biposto de 652 kW (887 cv) foi o primeiro veículo aprovado para estrada a quebrar a barreira dos sete minutos nos 20,6 quilômetros de Nürburgring, no Nordschleife, completando a volta em 6:57 minutos.

A Porsche pretende permanecer fiel a esse padrão de desempenho eletrônico mais alto: nossa visão, caso o Mission X entre em produção em série, é que ele seja o veículo legal homologado para vias públicas mais rápido em Nürburgring Nordschleife.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn