segunda-feira, 4 março , 2024
28 C
Recife

Terceira geração do Panamera fica mais digital e luxuosa

A Porsche renova o Panamera: a terceira geração do sedã de luxo esportivo é caracterizada por uma gama mais ampla de recursos digitais, um design fresco e expressivo e um espectro mais amplo entre desempenho dinâmico e conforto ao dirigir. Powertrains E-Hybrid mais potentes e um novo sistema de suspensão de alta eficiência destacam a afirmação de oferecer o sedã mais dinâmico no segmento.

O Porsche Panamera está entrando em sua terceira geração de modelos. O sedã de luxo do fabricante de carros esportivos destaca seu caráter esportivo com sistemas de acionamento ainda mais potentes. O perfil é aprimorado por um conceito de operação fundamentalmente modernizado e muita tecnologia inovadora.

Como destaque, pode-se indicar o novo sistema de suspensão ativa Porsche Active Ride, que combina um nível significativamente maior de conforto com as características esportivas de direção pelas quais a Porsche é famosa. Já a integração do ecossistema digital do usuário no Porsche Communication Management (PCM) oferece novas maneiras de interagir com o carro.

O design técnico, por sua vez, é elegante e dinâmico no novo Panamera e dá uma atualização sutil às proporções atraentes da linha do modelo. Uma ampla gama de sistemas de assistência ao motorista e um interior fundamentalmente redesenhado, centrado no motorista, aprimoram a experiência de condução.

Sensação superior com sistemas de suspensão de última geração – O novo Panamera já vem com suspensão de ar de dois estágios com dois compartimentos e Porsche Active Suspension Management (PASM) como padrão. A tecnologia de dois estágios separa as fases de distensão e compressão do controle do amortecedor e, portanto, oferece uma faixa ainda maior entre conforto e esportividade: o sistema absorve impactos transversais e danos na estrada enquanto garante maior estabilidade da carroceria em situações de direção dinâmica. O manuseio do carro pode ser ainda aprimorado graças ao eixo traseiro esterçante.

Além disso, o inovador sistema de suspensão ativa Porsche Active Ride está disponível como opção para os modelos E-Hybrid do novo Panamera. Este sistema supera outros conceitos de suspensão em todos os parâmetros relevantes e oferece uma faixa sem precedentes entre conforto e dinâmica de direção.

A base para isso está nos amortecedores ativos recém-desenvolvidos – também com tecnologia de dois estágios – cada um conectado a uma bomba hidráulica operada eletricamente. Isso gera um fluxo de volume no amortecedor conforme a demanda e, portanto, pode construir forças entre a carroceria e as rodas de maneira rápida, altamente precisa e direcionada, que contrariam e quase compensam completamente as forças resultantes dos impactos contra o piso. Um sistema de suspensão a ar, com uma única câmera para economia de peso, complementa essa tecnologia.

O chassi mantém a carroceria do Panamera plano o tempo todo, mesmo durante manobras dinâmicas de frenagem, direção e aceleração. Com uma condução suave, o sistema absorve quase completamente as irregularidades. Em situações de direção mais esportiva, o sistema de suspensão ativa Porsche Active Ride garante uma conexão perfeita com a estrada graças a uma distribuição equilibrada das cargas nas rodas.

Se o modo correspondente estiver ativado, a suspensão pode compensar de forma contundente as tendências de rolagem e mergulho para reduzir as forças de aceleração atuando nos ocupantes. Nessa configuração, o novo Panamera inclina-se nas curvas como uma motocicleta. Ele abaixa a frente ao acelerar e a traseira ao desacelerar. Quando estacionado, o sistema de suspensão ativa Porsche levanta a carroceria para uma altura confortável de entrada ou saída.

Mecânica Online – A Porsche oferece um total de quatro powertrains E-Hybrid eficientes para o novo Panamera, em resposta à alta demanda por esse tipo de sistema de propulsão. Todas as variantes E-Hybrid se beneficiam de maior desempenho, autonomia e eficiência. O Panamera Turbo E-Hybrid, por exemplo, vem equipado com um motor turbo V8 de quatro litros que foi integralmente revisado.

A potência do motor elétrico recém-desenvolvido é de 140 kW (190 cv). Juntos, eles criam uma potência de 500 kW (680 cv). O torque do sistema atinge impressionantes 930 Nm. A Porsche integra o motor elétrico no alojamento da transmissão PDK de embreagem dupla com oito marchas, também completamente redesenhada. Ao dispensar o alojamento separado dessa unidade elétrica, a Engenharia economizou cerca de cinco quilos.

A integração da unidade no circuito de óleo da transmissão também otimiza o balanço térmico da unidade e permite uma saída contínua de maior performance do motor elétrico.

O Panamera Turbo E-Hybrid acelera de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e possui uma velocidade máxima de 315 km/h.

Luxuoso e esportivo por dentro e por fora – O novo Panamera mantém as linhas e proporções características da linha do modelo. Ele mede 5.052 mm de comprimento e tem 1.937 mm de largura e 1.423 mm de altura (Executive: 1.428 mm). Sua aparência fundamentalmente reformulada confere ao sedã esportivo uma aparência ainda mais expressiva e esportiva.

Na frente, uma entrada de ar adicional acima da placa compensa o aumento da necessidade de captação de ar dos sistemas de acionamento. A linha da janela redesenhada na visão lateral reforça o caráter sedã do carro esportivo de quatro portas. As bordas externas da janela traseira estão niveladas com o contorno da carroceria, criando linhas harmoniosas na parte traseira do carro.

O conceito de cockpit Porsche Driver Experience apresenta o equilíbrio ideal entre elementos de controle digitais e analógicos e posiciona os elementos de entrada e saída essenciais para dirigir ao longo do eixo do motorista. A alavanca seletora de marchas está diretamente à direita do volante. O interruptor de modo para os programas de direção Normal, Sport e Sport Plus e as alavancas de controle de assistência também estão diretamente acessíveis ao motorista. Isso significa que eles não precisam tirar os olhos da estrada para ajustar os programas de direção e os sistemas de assistência.

Um display opcional para o passageiro o deixa integrado na experiência de condução. A tela de 10,9 polegadas exibe dados de desempenho do veículo com direto à customização dos dados. Também permite a operação do sistema de infotainment e suporta streaming de vídeo enquanto o carro está em movimento. Para evitar distrair quem está ao volante, o display do passageiro não pode ser visto do banco do motorista.

Um Panamera Turbo E-Hybrid mais especial – Versões do modelo com o nome Turbo ocupam uma posição especial na Porsche como os grandes exemplos de desempenho. A Porsche fortaleceu essa posição na linha do modelo com o Panamera Turbo E-Hybrid. Externamente, é caracterizado por um para-choque traseiro diferenciado com painéis de difusor pintados e um para-choque dianteiro exclusivo na cor do veículo. Há também ponteiras de escape com acabamento bronze escuro e rodas com fixação central opcionais, que também podem ser escolhidas nos outros modelos.

A cor exclusiva do Turbo, Turbonite, é usada como contraste nas tiras da janela lateral e no logotipo Turbo na tampa traseira, bem como no emblema da Porsche no capô, rodas e volante. No interior, o Turbonite é combinado com elementos de carbono para criar um ambiente esportivo. Pode ser encontrado, por exemplo, no conta-giros central no painel de instrumentos e como a cor dos controles no console central.

Experiência digital e novos sistemas de assistência – O novo Panamera se tornará uma parte integrante do ecossistema digital do motorista. O Apple CarPlay® e o Android Auto permitem a conexão de dados de smartphone e veículo para melhorar a usabilidade.

A Porsche também equipou de série o Panamera com faróis de LED Matrix. O sistema de iluminação HD Matrix LED de alta resolução, que tem mais de 32.000 pixels por farol, está disponível como opcional. Oferece recursos de iluminação completamente novos, como iluminação dedicada de faixa. O alcance de iluminação é de até 600 metros.

Em resumo, o modelo oferece equipamentos padrão estendidos em comparação com seu antecessor, com suspensão de ar de dois estágios e dois compartimentos, faróis de matriz de LED, ParkAssist, seletor de modo de direção no volante, um compartimento refrigerado para smartphone com função de carregamento indutivo e um filtro de poeira fino melhorado com função de recirculação de ar automática suportada por GPS.

A Porsche produz o novo Panamera em sua fábrica em Leipzig. O local de produção saxônico está intimamente associado ao Panamera: de 2009 a 2016, a primeira geração do sedã esportivo de quatro portas foi montada lá, enquanto a produção completa mudou-se para Leipzig em 2016 com a introdução da segunda geração. Modificações para acomodar a produção da terceira geração do Panamera foram integradas à planta ao longo dos últimos meses.

No Brasil, as pré-vendas do novo Panamera devem ser iniciadas somente em 2024, em data ainda sob definição.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn