terça-feira, 27 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Volvo FH é o caminhão mais vendido do Brasil pela quinta vez consecutiva

Desde 2019 é o caminhão mais vendido do Brasil, entre todas as categorias.

O pesado Volvo FH 540 encerrou 2023 repetindo o mesmo feito dos anos anteriores. Desde 2019 é o caminhão mais vendido do Brasil, entre todas as categorias. O ranking dos modelos mais licenciados foi divulgado hoje pela Fenabrave, entidade que reúne as concessionárias de veículos de todas as marcas no País.

“Além da liderança geral, o Volvo FH 540 foi também o caminhão Euro 6 mais emplacado no Brasil, com 5.803 unidades licenciadas nessa especificação. Os transportadores seguem valorizando a alta tecnologia, a segurança e a robustez desse modelo, que traz retorno garantido nas mais diversas operações de transporte de carga”, assegura Alcides Cavalcanti, diretor-executivo da Volvo Caminhões.

O FH segue inabalável na predileção do mercado há muito tempo. Ao longo da história, o modelo foi líder em caminhões pesados no Brasil por onze vezes, sendo que nos últimos cinco anos registrou emplacamentos à frente até mesmo de modelos médios e leves.

30 anos no Brasil – O Volvo FH tem uma trajetória de inovação e sucesso em todo o mundo desde o seu lançamento, ainda nos anos 90. A chegada do modelo ao País em 1994 foi uma verdadeira revolução, com a introdução dos motores eletrônicos, a enorme segurança e o grande conforto para o motorista. Posteriormente – e sucessivamente, a cada nova geração o veículo transformou o setor com muitas novidades. Desde os avançados dispositivos de segurança ativa e passiva, passando pela revolucionária caixa de câmbio I-Shift, foram muitas as inovações. A Aceleração Inteligente que reduz o consumo de combustível e o I-See, sistema que utiliza a conectividade GPS para “enxergar” a estrada à frente e selecionar sempre a melhor marcha, são exemplos de como o FH sempre trouxe tecnologia de ponta.

“A engenharia da Volvo não para de desenvolver novas tecnologias em nossos caminhões, para trazer mais segurança, produtividade e economia de combustível aos nossos clientes”, explica o diretor-executivo. Para ele, a atualização frequente e os excelentes resultados operacionais do caminhão são os principais responsáveis pelo sucesso desse modelo junto aos transportadores.

O mesmo da Europa – A versão Euro 6, última geração do modelo no Brasil e na Europa, é uma demonstração desse raciocínio. O caminhão ficou 8% mais econômico graças a avanços no motor D13K, o mais avançado da marca em todo o mundo.

Outros destaques são a caixa I-Shift de 7ª geração, com trocas de marcha 30% mais rápidas, e a mais consistente lista de itens de segurança de série. “Não há nada igual no mercado. E o transportador agradece”, finaliza Alcides Cavalcanti.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn