quarta-feira, 17 abril , 2024
28 C
Recife

Veículo elétrico usado? Saiba os cuidados necessários na compra

Crescente procura por carros elétricos impulsiona mercado de seminovos; especialistas alertam para cuidados essenciais.

O aumento expressivo na procura por veículos elétricos impulsiona não apenas as vendas de modelos zero quilômetro, mas também o mercado de seminovos no Brasil. Com a expectativa de um crescimento de 60% nas vendas de carros elétricos em 2024, os consumidores buscam opções usadas para ingressar na mobilidade elétrica. Contudo, especialistas alertam para a necessidade de cuidados específicos na aquisição de veículos elétricos usados.

- Publicidade -

Em 2023, foram vendidos 19.310 veículos elétricos zero quilômetro no Brasil, representando um aumento notável de 56,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. A Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE) prevê um crescimento adicional de 60% nas vendas em 2024, impulsionado pela entrada de novos players no mercado.

A busca por carros elétricos usados também acompanha essa tendência, conforme dados da Olho no Carro, plataforma de consulta veicular. Em 2023, houve um crescimento de 167% na busca por informações sobre carros 100% elétricos usados, comparado a 2022. Os modelos híbridos também registraram um aumento significativo de 139% no mesmo período.

- Publicidade -
PCD pode comprar veículo elétrico?

As marcas mais pesquisadas para carros elétricos usados foram Volvo, Nissan e BYD, enquanto Chery, BMW e Volvo lideraram as buscas para modelos híbridos. A BYD se destacou com um crescimento impressionante de 333% entre os carros elétricos usados.

Para orientar os consumidores interessados em veículos elétricos usados, a GreenV, uma empresa especializada em tecnologias para o setor, destaca alguns cuidados essenciais:

  1. Estado de Saúde da Bateria: Verificar a capacidade de armazenamento de energia, já que a bateria é o componente mais caro do veículo, com a maioria dos fabricantes oferecendo garantia de 8 anos.
  2. Conectores e Condições de Recarga: Analisar se o veículo possui conectores para recarga rápida (CC) e lenta (CA), considerando a importância da infraestrutura de recarga.
  3. Assoalho do Carro: Avaliar danos ou sinais de deformação, uma vez que a bateria fica localizada no assoalho do veículo.
  4. Painel de Instrumentos: Verificar se o painel fornece informações precisas sobre autonomia, consumo de energia e estado da bateria.
  5. Suspensão do Carro: Considerar a diferença na suspensão de um carro elétrico e inspecionar molas e amortecedores.

Além desses pontos, a GreenV destaca a importância de verificar as revisões periódicas e garantir que a documentação esteja em dia. Recomenda-se também solicitar um laudo detalhado sobre a saúde da bateria na concessionária ou revendedora, utilizando scanners conectados à porta de diagnóstico OBD.

- Publicidade -

A Olho no Carro, por sua vez, oferece serviços de consulta veicular, possibilitando aos compradores terem mais segurança ao analisar informações sobre o histórico do veículo, preço médio de venda, opiniões de proprietários, registros de roubo ou leilão, entre outros. O pacote completo de informações custa R$59,90, proporcionando uma análise abrangente para uma compra mais segura.

Com o mercado de veículos elétricos em ascensão, a busca por opções usadas ganha destaque, mas a atenção aos detalhes se torna fundamental para garantir uma transição suave para a mobilidade elétrica.

Matérias relacionadas

Monte seu Fiat Pulse

Mais recentes

Menos combustível, mais Volvo!

Destaques Mecânica Online

SIMPÓSIO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA, EMISSÕES E COMBUSTÍVEIS

Avaliação MecOn

TRW - Qualidade de topo para máxima segurança