quinta-feira, 13 junho , 2024
28 C
Recife

Caminhão superpesado a hidrogênio surpreende com emissões ultrabaixas

Modelo impressiona com emissões ultrabaixas de poluentes e alta eficiência.

O consórcio norte-americano H2-ICE surpreendeu ao apresentar, antes do previsto, seu caminhão superpesado movido a hidrogênio na Exposição ACT 2024, que teve início nesta segunda-feira em Las Vegas. O evento, conhecido por exibir inovações em transporte limpo, destacou o caminhão a hidrogênio como uma de suas principais atrações.

- Publicidade -

Inovação e sustentabilidade no transporte de longa distância – O consórcio H2-ICE, liderado pelo Instituto de Pesquisas do Sudoeste (SwRI), reúne fabricantes de motores e caminhões, fornecedores de combustíveis e lubrificantes, e empresas de autopeças. A sigla H2-ICE refere-se a “motor de combustão interna a hidrogênio”, uma tecnologia que promete revolucionar o transporte rodoviário de longa distância, conhecido por ser difícil de descarbonizar.

Emissões ultrabaixas e alta eficiência – O novo caminhão H2-ICE apresenta um motor de 370 cavalos, com torque de 2.025 Newton-metros (nm), ideal para aplicações de caminhões pesados. A eficiência do motor, atingindo 43%, impressiona, enquanto as emissões de carbono são mínimas, totalizando cerca de 1,5 gramas de CO2 por cavalo-vapor-hora (g/hp-h).

Sistema de pós-tratamento inovador – Para atender à rigorosa norma CARB (California Air Resource Board) de 0,02 g/hp-hr para emissões de óxidos de nitrogênio (NOx), a equipe desenvolveu um sistema de pós-tratamento adaptado ao ambiente de exaustão de hidrogênio. Esse sistema reduziu as emissões de NOx para 0,008 g/hp-h, bem abaixo do limite estabelecido pela EPA para 2027.

Planejamento e execução – Com um cronograma ambicioso de 18 meses, o projeto exigiu um planejamento meticuloso. “Queríamos que o programa se alinhasse com a política de gases de efeito estufa da Fase 3 da EPA, por isso sabíamos que o nosso cronograma era ambicioso,” explicou Ryan Williams, do SwRI. A integração e construção foram realizadas sem problemas, graças ao esforço coordenado das equipes envolvidas.

- Publicidade -

Futuro promissor – Chris Sharp, membro da equipe H2-ICE, elogiou as realizações e destacou a expectativa de que o H2-ICE atinja emissões de NOx quase nulas. “As emissões de NOx produzidas pela plataforma H2-ICE já estão iguais ou abaixo dos melhores números alcançados em nossos programas anteriores de baixo NOx para diesel,” afirmou. A equipe está entusiasmada com o futuro do projeto, que representa uma opção concreta de emissão zero de gases de efeito estufa no transporte rodoviário de longa distância.

Detalhes e perspectivas – Embora a autonomia do caminhão não tenha sido discutida na feira, a expectativa é alta. O desenvolvimento contínuo e a validação do motor a hidrogênio indicam um avanço significativo na redução de emissões no setor de transporte pesado.

Matérias relacionadas

Site oficial de ofertas Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente