quinta-feira, 25 julho , 2024
28 C
Recife

Equalização de amortecedores: procedimento essencial para um funcionamento adequado

Quando um amortecedor é retirado da embalagem, recomenda-se preparar a peça antes da instalação para neutralizar quaisquer efeitos adversos decorrentes do envio e armazenamento na posição horizontal.

Juliano Caretta, supervisor de treinamento técnico da Monroe, explica a importância e o procedimento de equalização dos amortecedores, garantindo a eficiência e segurança desses componentes após o armazenamento.

Projetados para funcionar na posição vertical, os amortecedores geralmente são armazenados horizontalmente. Isso pode fazer com que parte do gás instalado em seu interior se desloque para o tubo interno, denominado tubo de pressão, influenciando diretamente nas condições de amortecimento da unidade no início do seu uso. Como consequência, o amortecedor poderá funcionar de forma irregular.

- Publicidade -

No entanto, essa é uma situação normal e que é facilmente resolvida com um procedimento conhecido como equalização ou escorvamento do amortecedor. Juliano Caretta, supervisor de treinamento técnico da Monroe, marca da DRiV, divisão para o aftermarket do grupo Tenneco Automotive, explica como realizar esse processo e sua importância para um funcionamento adequado do componente.

Quando um amortecedor é retirado da embalagem, recomenda-se preparar a peça antes da instalação para neutralizar quaisquer efeitos adversos decorrentes do envio e armazenamento na posição horizontal. Esse processo é chamado de equalização ou escorvamento e tem por objetivo retirar o gás comprimido do tubo de pressão e colocá-lo de volta no tubo reservatório. “Caso o procedimento não seja realizado antes da instalação, a performance e a eficiência do amortecedor ficarão comprometidas, com perda de desempenho e ocorrências de ruídos. E isso poderá ser interpretado como um defeito de instalação ou fabricação”, explica Juliano Caretta.

Procedimento de Equalização:

- Publicidade -

Projetada para evitar que tais situações ocorram, a equalização pode ser concluída em três etapas simples:

  1. Posicione o amortecedor na posição vertical e de instalação, certificando-se de que a haste esteja plenamente aberta.
  2. Comprima a haste, virando o amortecedor de cabeça para baixo, empurrando-o até fechá-la totalmente.
  3. Vire novamente o amortecedor para cima e deixe a haste se estender sozinha.

Esse procedimento deve levar menos de 45 segundos. Repita-o por três ou quatro vezes seguidas. Depois de realizado o procedimento, os amortecedores estarão prontos para serem instalados e usados de forma eficiente desde os primeiros movimentos da suspensão.

Caretta alerta que o procedimento, embora simples, deve ser realizado em um espaço adequado para evitar acidentes que causem danos à peça ou mesmo ferimentos ao reparador. O uso de uma bancada apropriada e devidamente preparada, com uma base emborrachada para evitar que o amortecedor escorregue, além do uso de EPI’s (Equipamentos de Proteção Industrial), incluindo luvas e óculos de proteção, são recomendações do profissional para que a equalização do amortecedor ocorra sem incidentes, garantindo um serviço eficiente e seguro.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão