quinta-feira, 25 julho , 2024
28 C
Recife

Ranger registra recorde histórico de vendas em junho

Desempenho não apenas representa o maior volume de vendas mensal da picape, mas também lhe conferiu a maior participação de mercado dos últimos três anos, com 25,1%, assegurando a vice-liderança no segmento de picapes médias.

A Ford Ranger atingiu um marco significativo em junho de 2024, com 3.026 emplacamentos, o maior volume de vendas de sua história, garantindo 25,1% de participação de mercado e a vice-liderança no segmento de picapes médias.

A Ford Ranger encerrou o mês de junho de 2024 com um recorde histórico de vendas, totalizando 3.026 emplacamentos. Este desempenho não apenas representa o maior volume de vendas mensal da picape, mas também lhe conferiu a maior participação de mercado dos últimos três anos, com 25,1%, assegurando a vice-liderança no segmento de picapes médias.

- Publicidade -

Desde o lançamento da nova geração, a Ranger tem mostrado um avanço consistente nas vendas, crescendo pelo segundo ano consecutivo. Em 2023, ela foi a picape que mais cresceu no mercado, com 42,5% e mais de 20.000 unidades. No acumulado do primeiro semestre de 2024, somou 12.772 unidades, um crescimento de 53% comparado ao mesmo período do ano passado.

Entre outros destaques, em junho ela também foi líder de mercado em oito estados: Distrito Federal, Espírito Santo, Tocantins, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe, Roraima e Acre.

“A Ranger trouxe um novo padrão para o segmento de picapes médias e isso está sendo cada vez mais reconhecido pelo mercado. Tanto que 50% dos seus compradores são clientes novos na marca. Com a maior disponibilidade do produto, atingimos agora esse volume histórico”, diz Antonio Baltar Junior, diretor de Vendas, Marketing e Serviços da Ford.

- Publicidade -

Segmentação – No segmento topo de linha, que historicamente representa mais da metade de todas as picapes vendidas no Brasil, a Ranger foi líder em junho com 1.976 unidades e 26,3% de participação. A picape se destaca pelo projeto moderno, novo motor V6, transmissão automática de dez velocidades e tração 4WD, além de conectividade de ponta e tecnologias exclusivas, como piloto automático adaptativo com stop & go, monitoramento de ponto cego com cobertura de reboque e câmeras 360°.

“Desde a concepção deste produto, a Ford entendeu exatamente o que o cliente procura numa picape topo de linha. Ou seja, uma picape robusta, durável, com alta qualidade e equipada com o melhor motor do segmento, o nosso novo V6 3.0. Ela entrega o que nenhuma outra picape do segmento oferece”, destaca Baltar.

A Ranger Raptor também se destacou com 242 unidades, seu maior volume desde o lançamento. Desenvolvida pela Ford Performance, ela é a picape mais rápida e capaz do mercado em qualquer terreno, com motor V6 de 397 cv, amortecedores de competição Fox, rodas e pneus especiais e diferencial dianteiro e traseiro blocante.

- Publicidade -

No segmento de picapes intermediárias, a Ranger ampliou sua liderança em junho com 38,5% de participação das versões XLS (799 unidades). Além do V6, a Ranger oferece o motor 2.0 de alto torque, que entrega grande versatilidade com tecnologia e economia de combustível.

Completando seu volume, a Ranger avançou também no segmento de entrada, onde a linha teve seu melhor resultado em muitos meses, com 10% de participação das versões XL (251 unidades).

“A Ford tem uma Ranger para cada segmento e para cada tipo de cliente. E vai continuar crescendo, entregando o melhor custo-benefício para cada um deles”, completa o executivo.

Destaques Regionais – Em Brasília, DF, a Ranger foi líder do segmento em junho, com 222 unidades e 43,4% de participação. No primeiro semestre de 2024, comparado ao ano passado, o seu volume cresceu 122% – de 372 unidades (19,5%) para 826 unidades (30,5%).

Em Goiás, o maior mercado de picapes do Brasil, a Ranger foi vice-líder em junho, com 337 unidades e 30,6% de participação. No primeiro semestre de 2024, comparado ao ano passado, o seu volume cresceu 83% – de 913 unidades (19,8%) para 1.670 unidades (30,7%).

Em Mato Grosso, o quinto maior estado no emplacamento de picapes do Brasil, a Ranger foi vice-líder do segmento em junho. No primeiro semestre de 2024, comparado ao ano passado, o seu volume cresceu 88%, de 431 unidades (12,3%) para 811 unidades (25,1%). As duas grandes feiras realizadas na região, Norte Show e Show Safra, contribuíram para esse resultado. Desde dezembro, a região também passou a ser atendida por um novo grupo de concessionárias, a Disbrava.

No Tocantins, a Ranger foi líder de mercado em junho, com 194 unidades e 41,7% de participação. No primeiro semestre de 2024, comparado ao ano passado, o seu volume cresceu 116% – de 291 unidades (24,3%) para 629 unidades (38,6%).

Em Rondônia, a Ranger foi líder de mercado em junho, com 131 unidades e 41,7% de participação. No primeiro semestre de 2024, comparado ao ano passado, o seu volume cresceu 60% – de 290 unidades (23,3%) para 465 unidades (30,3%).

No Espírito Santo, a Ranger foi líder de mercado em junho, com 231 unidades e 45,1% de participação. No primeiro semestre de 2024, comparado ao ano passado, o seu volume cresceu 119% – de 285 unidades (19%) para 624 unidades (30,1%).

Em Santa Catarina, mercado altamente disputado, a Ranger liderou o segmento em junho, com 127 unidades e 26% de participação. No primeiro semestre de 2024 ela somou 638 unidades, um crescimento de 6% sobre o mesmo período do ano passado.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão