A equipe de robótica Brazilian TrailBlazers formada por jovens estudantes de Gravataí, Rio Grande do Sul, e apoiada pelo Instituto GM, foi a campeão da etapa regional do FIRST (For Inspiration and Recognition of Science and Technology), realizado em Sidney, Austrália.

A equipe formada por dez alunos da rede pública de ensino, passou invicta pela fase de classificação da maior competição mundial de robótica realizada anualmente e terminou o torneio como a campeão regional. Agora, os alunos seguem para a final global que acontecerá em Abril em Houston, EUA.

“Essa conquista dos estudantes mostra o nosso compromisso com as comunidades em torno das nossas instalações e como estamos avançando com a educação através da ciências, tecnologia, engenharia e matemática para as futuras gerações. Reforça ainda a nossa presença ao incentivarmos áreas que normalmente não são o foco dos jovens como ciências e matemática, formando assim futuros profissionais mais capacitados para o mercado de trabalho”, diz Marcos Munhoz, presidente do conselho de mantenedores do Instituto GM.

A aluna Gabriela Tomaz Ribeiro da equipe Brazilian TrailBlazer recebeu ainda o prêmio de ‘Dean’s List’, um dos mais importantes da competição.

O prêmio reconhece o aluno que melhor honra os valores da FIRST. O time também foi reconhecido com o prêmio ‘Industrial Design Award’, que reconhece a eficiência aplicada pelo robô e de seu design para a efetiva solução dos desafios do jogo.