Mercedes-Benz apresenta três modelos inéditos e novas tecnologias para o automóvel do futuro

A Mercedes-Benz inicia o ano de 2003 com três lançamentos mundiais e duas apresentações nos Estados Unidos, no North American International Auto Show.

O Salão de Detroit marca o lançamento da nova Classe E Touring, o conversível esportivo SL 600 de 12 cilindros e de um veículo “F-Cell” motorizado com célula combustível.

Além disso, os novos modelos Classe C e Classe S 4MATIC estão estreando na América do Norte.

Tecnologia de ponta, design cativante, especificações de alta qualidade e interior com praticidade inteligente – características excepcionais da Classe E Touring, que comemora o lançamento mundial em Detroit.

Dinâmica e elegante, a versão Touring completa a linha do Mercedes-Benz Classe E. Após o sucesso do lançamento da versão sedã em 2002, a nova Touring, que chega ao mercado europeu em março, representa a exclusividade tecnológica no mais alto nível.

A lista de equipamentos da Touring traz os principais avanços da tecnologia automotiva, incluindo: Sistema de Frenagem Sensotronic (SBC™) – o sistema de frenagem eletrohidráulico, que incorpora novas funções de conveniência tais como suspensão traseira adaptável à carga e auto-niveladora, airbags frontais adaptáveis, cintos de segurança com limitadores de força em dois estágios e windowbags, para citar apenas algumas das mais de vinte inovações que fazem parte do novo modelo.

Entre os destaques que marcam a estréia da nova Classe E Touring estão os faróis duplos de xenon com Sistema de Luz Ativa – que acompanha os movimentos da direção e, assim sendo, melhoram substancialmente o campo de visão do condutor nas curvas – bem como a nova porta traseira EASY-PACK, com acionamento hidráulico, para fácil abertura e fechamento, e um compartimento de carga com piso que pode ser estendido para trás com o mero toque de um botão.

Um novo nível de praticidade e variabilidade – O sistema EASY-PACK é a resposta da Mercedes-Benz à necessidade de gerenciamento inteligente do compartimento de carga, compreendendo toda uma gama de soluções que melhoram substancialmente a variabilidade, a praticidade e a segurança da nova Touring.

Os destaques do sistema EASY-PACK incluem um recém desenvolvido banco traseiro dobrável que pode ser totalmente rebatido para frente com poucos movimentos.

A capacidade do compartimento de carga está entre 690 e 1.950 litros (pelo método de medição VDA), dependendo do arranjo dos assentos traseiros.

Se for utilizado o compartimento de carga da caixa do estepe, o novo Classe E é capaz de transportar até 90 litros (15 por cento) mais que o seu predecessor.

Inicialmente três motores a gasolina e três motores diesel CDI estarão disponíveis para a nova Classe E Touring, com potências variando de 150 cv a 204 cv.

Novo SL 600 desenvolve 500 cavalos de potência – A Mercedes-Benz está lançando o modelo SL 600 em nível mundial.

Equipado com dois turbo-compressores, um intercooler ar/água, três válvulas por cilindro, ignição com vela dupla e outras inovações de alta tecnologia, a nova unidade de força de doze cilindros sob o capô é um dos mais avançados motores de automóvel do mundo.

O motor V12 tem uma potência de 368 kW/500 cv e um torque máximo de 800 Nm, permitindo que o SL 600 acelere de 0 a 100 km/h em apenas 4,7 segundos e faça a retomada dos 60 aos 120 km/h em 4,9 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h.

A unidade de doze cilindros combina desempenho impressionante com suavidade exemplar e operação extremamente silenciosa – condições ideais para uma experiência de rodagem refinada e extremamente agradável.

O novo Roadster SL vem com um nível excepcionalmente elevado de equipamentos, como por exemplo o Sistema COMAND, CD changer, sistema de som e auxílio a estacionamento PARKTRONIC.

Estréia nos Estados Unidos da Classe S com PRE-SAFE – O potente motor V12 está disponível também para o Mercedes-Benz Classe S.

A versão do modelo para o ano 2003 apresenta inovações pioneiras que reforçam ainda mais a posição do automóvel como indicador de tendências para todo o setor de tecnologias de veículos de passageiros.

Encabeçando a lista de novas tecnologias está o sistema PRE-SAFE de proteção dos ocupantes antes de eventual colisão.

O PRE-SAFE pode detectar uma colisão eminente e ativar medidas de proteção pré-colisão destinadas a garantir uma melhor postura dos ocupantes antes de uma colisão, de modo que os airbags possam funcionar da forma mais eficiente possível.

Esse sistema de proteção dos ocupantes é baseado em sensores pertencentes ao Programa Eletrônico de Estabilidade ESP, cuja função é reconhecer frenagens de emergência ou situações críticas – quando o veículo começa a derrapar, por exemplo – em um estágio antecipado.

Numa fração de segundo, as informações necessárias são transmitidas para a unidade de controle PRE-SAFE que, por sua vez, ativa as medidas de proteção dos ocupantes antes da colisão.

Essas medidas incluem o tensionamento automático antecipado dos cintos de segurança. Se necessário, o PRE-SAFE ajusta também o assento do passageiro da frente e os bancos individuais traseiros com ajuste elétrico, e fecha automaticamente o teto solar, se o veículo começar a derrapar.

A situação dos componentes do sistema é reversível. Em outras palavras: se o acidente for evitado, o tensionamento antecipado do cinto de segurança é automaticamente liberado e os ocupantes poderão restabelecer as posições dos assentos e do teto solar.

O PRE-SAFE está, então, novamente pronto para entrar imediatamente em operação, se necessário.

O Classe A “Fuel Cell” será colocado em teste prático por clientes da Mercedes-Benz – A partir de 2003, a DaimlerChrysler fornecerá uma frota de 60 veículos Classe A equipados com células combustível de tecnologia de ponta, a clientes nos EUA, Europa, Japão e Singapura, onde os veículos serão submetidos a um extenso programa de testes práticos.

Esses carros compactos “Fuel Cell” funcionam com hidrogênio puro, que o sistema de célula combustível transforma em energia elétrica para acionar um motor elétrico de 65 kW.

O Classe A “Fuel Cell” é um veículo com emissão zero, com velocidade máxima de 140 km/h e autonomia de aproximadamente 150 km com o tanque cheio.

A DaimlerChrysler pretende utilizar esses testes reais para pesquisar e otimizar a praticidade diária desse sofisticado sistema de acionamento.

A montadora sediada em Stuttgart apresentou o seu primeiro veículo movido a fuel cell em 1994 e é pioneira nessa área específica de tecnologia de propulsão.

Tração nas quatro rodas 4MATIC, agora disponível também nos Classe S e Classe C – O sistema 4 MATIC, que está disponível como opcional para os modelos Classe C e Classe S de seis e oito cilindros, é capaz de interagir perfeitamente com o Programa Eletrônico de Estabilidade ESP® e com o auxílio eletrônico de tração 4ETS, o sistema permanente de tração nas quatro rodas que auxilia o condutor a controlar o automóvel em situações críticas com segurança e confiança.

Sob condições climáticas desfavoráveis tais como gelo, neve ou chuva, e também nas acelerações e saídas de pavimentos de má qualidade, os novos modelos Classe C e Classe S 4MATIC conseguem tração ainda melhor e dirigibilidade mais dinâmica.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®