A ofensiva da Volkswagen no mercado brasileiro é constante. A marca anunciou a chegada da versão 1.6 MSI automática para os modelos Polo e Virtus. A configuração, que já era vendida nos países vizinhos será ofertada na versão hatch (Polo) por R$ 62.690 e R$ 66.525 para o sedã (Virtus), portanto R$ 5.500 e R$ 5.135 de aumento em relação às variantes manuais.

Eles integram a lista de 20 lançamentos previstos até 2020, dentro do conceito da Nova Volkswagen e da maior ofensiva de produtos da história da empresa no Brasil, como resultado de investimentos de R$ 7 bilhões no País até 2020.

As novas opções do Novo Polo MSI e do Virtus MSI atendem a várias demandas de mercado, que vão desde clientes que procuram ótima relação custo-benefício e conforto a pessoas com deficiência (PCD).

A transmissão automática de seis marchas é associada ao motor 1.6l da família EA211, com até 117 cv. A novidade chega para complementar a oferta da linha.

O Novo Polo passa a contar com cinco configurações: 1.0 MPI, 1.6 MSI, 1.6 MSI com transmissão automática, Comfortline 200TSI e Highline 200TSI.

O Virtus agora é oferecido em quatro opções: MSI, MSI com transmissão automática, Comfortline 200TSI e Highline 200TSI.

As versões Comfortline e Highline do Novo Polo e do Virtus contam com o conjunto mecânico do motor TSI de até 128 cv e transmissão automática de seis velocidades.
Os modelos têm três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem e são oferecidos em sete cores: Preto Ninja, Branco Cristal e Vermelho Tornado (sólidas) e Cinza Platinum, Azul Night, Prata Sirius e Prata Tungstênio (metálicas).

Mecânica Online – A transmissão automática que equipa o Novo Polo e o Virtus com motor MSI possui como principais características alta robustez, rápidas trocas de marcha, elevado nível de conforto e boa eficiência energética. Denominada AQ160-6F, a transmissão automática traz relações de marcha e de diferencial específicas, especialmente definidas para essa aplicação.

Essa transmissão foi projetada para carros com motores transversais e possui engrenagens planetárias, com acoplamento por conversor de torque. Caracterizado pela suavidade nas arrancadas e trocas rápidas de velocidades, o câmbio AQ160-6F conta com bloqueio do conversor de torque em diversas condições de uso, o que evita o deslizamento interno do componente, reduzindo o consumo de combustível.

A transmissão oferece a opção de trocas manuais sequenciais Tiptronic – por meio da alavanca de câmbio ou pelas aletas atrás do volante multifuncional (item de série na linha 2019) – e também conta com o modo de acionamento esportivo (posição “S”), que altera os momentos das trocas de marchas para rotações mais elevadas, proporcionando aceleração mais rápida, para um comportamento mais dinâmico do veículo.

Completos de série – Produzidos em São Bernardo do Campo (SP), Novo Polo e Virtus saem de fábrica muito bem equipados de série, com direção com assistência elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas (os dianteiros possuem função “um-toque” para fechamento e abertura), travas elétricas, faróis de dupla parábola e chave tipo “canivete” com controle remoto.

Também estão incluídos de série computador de bordo, para-sóis iluminados para motorista e passageiro, tomada de 12V no console central, suporte para celular no painel com entrada USB para carregamento, regulagem de altura para o banco do motorista, entre outros. Outro importante item de série no Novo Polo e no Virtus 1.6 MSI é o sistema Media Plus, que tem entradas USB e SD-card, conexão Bluetooth, rádio AM-FM e leitor de arquivos mp3.

Como opcional para o Novo Polo e o Virtus MSI estão disponíveis dois pacotes: o primeiro, “Interatividade”, inclui sistema de infotainment Composition Touch, “Park pilot” (sensores de estacionamento traseiros), roda de liga leve de 15” com pneus 195/65 R15 e retrovisores externos com ajuste elétrico e função “tilt down”.

Com tela colorida sensível ao toque de 6,5”, o sistema de infotainment Composition Touch traz entradas USB, para SD-card e conexão Bluetooth. Ele permite conectividade por meio do App-Connect (Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink), comando por voz e acesso ao “Car Menu”, com ajustes do veículo por meio da tela.

O segundo pacote, “Safety”, traz o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) e todos os recursos atrelados a ele, como Controle de tração (ASR), Bloqueio Eletrônico do Diferencial (EDS) e Assistente de Partida em subida/descida (HHC).

Os menores índices de reparabilidade – A Volkswagen é a marca com os melhores índices de reparabilidade do País, de acordo com o ranking Car Group 2018, do CESVI Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária).

O Novo Polo e o Virtus são exemplos disso – os modelos têm o melhor índice geral de reparabilidade entre todos os veículos participantes, com classificação 10, a mesma do up! e do cross up!.

Quanto menor a pontuação (em uma escala que vai de 10 a 60), menor será o tempo e o custo de reparo do veículo. O Novo Polo mantém, dessa forma, o melhor resultado não apenas dentro da categoria, mas também entre todos os veículos de diferentes segmentos avaliados pelo CESVI Brasil (base junho de 2018).