Divisão de Produtos de Força Honda alcança o marco de 150 milhões de unidades produzidas globalmente

A Honda Motor Co. anunciou que a produção mundial acumulada de Produtos de Força atingiu, neste mês, o marco de 150 milhões de unidades.

Com base no princípio de utilizar a tecnologia para ajudar as pessoas, a divisão de Produtos de Força da Honda teve início em 1953, com a produção de um motor de uso variado para equipamentos agrícolas (motor Tipo H).

O ponto de partida para o negócio foi o desejo em ajudar as pessoas que atuavam nas áreas de agricultura e pesca, reduzindo o trabalho manual, por meio da utilização das tecnologias de motores Honda.

Atualmente, os Produtos de Força Honda são produzidos em 13 fábricas, distribuídas em 11 regiões ou países, incluindo o Japão, EUA, Europa, China, Ásia, Oceania, América Central e América do Sul.

A Honda tem utilizado sua tecnologia de produção de motores para fins variados, com o objetivo de expandir sua linha de Produtos de Força, que agora conta com produtos que facilitam o dia a dia das pessoas, como motocultivadores, motobombas, roçadeiras, cortadores de grama e geradores de energia.

Os produtos são usados regularmente em várias situações por pessoas de todo o mundo.

Alinhada aos esforços para a concretização de uma sociedade livre do carbono, a Honda trabalha proativamente no desenvolvimento e introdução de produtos eletrificados, especialmente nos últimos anos, incluindo o dispositivo Auxiliar de Caminhada Honda (em inglês, Honda Walking Assist Device), cortadores de grama robóticos e ainda um gerador de energia portátil (LiB-AID E500), que diversificou ainda mais a linha de Produtos de Força.

Com vendas anuais de mais de 6,3 milhões de unidades, essa divisão têm sido parte integral dos negócios da Honda.

No Brasil, a Honda deu início a comercialização de Produtos de Força, em 1973. A produção em solo nacional, na fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, começou em 2001.

Atualmente, são produzidos, localmente, dois modelos de motores estacionários.

A comercialização brasileira inclui hoje 22 versões de motores estacionários, com diferentes aplicações de uso, e também roçadeiras, geradores, motobombas e cortadores de grama. Para mais informações acesse o site: www.honda.com.br/produtos-de-forca/.

Marcos importantes na história dos Produtos de Força Honda

1953: Lançamento do primeiro Produto de Força Honda, o motor de uso variado Tipo H

1959: Lançamento do primeiro motocultivador da Honda, o F150

1963: Início das exportações de Produtos de Força do Japão (primeiro país de destino: França)

1964: Desenvolvimento do gerador Micro mini, E40 | Lançamento do motor de popa, GB30

1965: Lançamento do primeiro gerador portátil, o E300

1969: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 1 milhão de unidades | Lançamento da primeira motobomba da Honda, WL20

1973: Início da comercialização de Produtos de Força no Brasil

1976: Inauguração da fábrica de Kumamoto, no Japão

1978: Lançamento do primeiro cortador de grama da Honda, HR21

1979: Inauguração do Centro de Pesquisa & Desenvolvimento de Asaka Higashi dedicado ao desenvolvimento de Produtos de Força

1980: Lançamento do mini cultivador leve Komame F200| Lançamento do atirador de neve HS35

1981: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 5 milhões de unidades

1983: Início da produção de Produtos de Força na fábrica de Hamamatsu | Lançamento de motores para usos variados série GX

1984: Início da produção de cortadores de grama nos EUA

1985: Lançamento dos primeiros tratores de cortar grama da Honda, HT3810/HT3813 | Produção acumulada de Produtos de Força atinge 10 milhões de unidades

1986: Início da produção de Produtos de Força na França

1987: Início da produção de motores de uso variado e motobomba na Tailândia

1988: Início da produção do cortador de grama na Austrália | Início da produção de geradores e motores de uso variado na Índia

1992: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 20 milhões de unidades

1995: Início da produção de geradores na China

1997: Lançamento do GX22/31, o primeiro motor a 4 tempos com inclinação de 360 graus do mundo |

Produção acumulada de Produtos de Força atinge 30 milhões de unidades

2000: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 40 milhões de unidades

2001: Conclusão da construção da planta de produção de motores de popa (planta de Hosoe na fábrica de Hamamatsu, atualmente planta de motores de popa de Hosoe) | Lançamento do iHS1390i, o primeiro lançador de neve híbrido do mundo | Início da produção de motores estacionários no Brasil

2002: Lançamento do motor a 4 tempos mais leve do mundo, o GX25 | Produção acumulada de Produtos de Força atinge 50 milhões de unidades

2003: Honda comemora o 50º aniversário do negócio de Produtos de Força

2004: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 60 milhões de unidades

2005: Conclusão da construção da planta de produção para Produtos de Força na fábrica de Kumamoto

2006: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 70 milhões de unidades | Fortalecimento do sistema e capacidade de pesquisa e desenvolvimento no Centro de P&D da Asaka Higashi | Inauguração do Centro de pesquisa e desenvolvimento de Produtos de Força

2008: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 80 milhões de unidades

2009: Lançamento do minicultivador Pianta FV200 alimentado por reservatório de gás butano de uso doméstico | Produção acumulada de Produtos de Força atinge 90 milhões de unidades

2010: Lançamento do gerador Enepo EU9iGB alimentado por reservatório de gás butano de uso doméstico

2011: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 100 milhões de unidades | Lançamento do motor de popa de quatro tempos BF250 de tamanho grande

2012: Mudança no nome da operação comercial de “Uso geral” para “Produtos de Força de uso geral”

2013: Honda comemora o 60º aniversário do negócio de Produtos de Força | Lançamento do grande lançador de neve rotativo HSL2511 equipado com a primeira função de assistência de broca do mundo

2015: Início da comercialização em sistema leasing do dispositivo Auxiliar de Caminhada Honda

2017: Lançamento do gerador de energia portátil LiB-AID E500

2019: Produção acumulada de Produtos de Força atinge 150 milhões de unidades

- Publicidade - Mercedes-Benz