Presidente da Volks fala sobre elétricos, híbridos, mercado e lançamentos

Durante visita na capital pernambucana, Recife, o presidente da Volkswagen na América Latina, Pablo Di Si, concedeu uma entrevista exclusiva para Tarcisio Dias, gerente de conteúdo do Mecânica Online®.

Confira abaixo os assuntos questionados e no vídeo a entrevista completa.

  • Vamos iniciar falando logo sobre mecânica, sobre mecânica online. A Volkswagen anuncia veículos elétricos para o Brasil e com grande ofensiva mundial. A alternativa de veículos híbridos não seria mais interessante em nosso mercado?
  • O que esperar do mercado brasileiro e em especial da Região Nordeste?
  • Melhorando a competitividade, o custo do produto, o brasileiro terá um carro mais barato?
  • Investimentos na engenharia brasileira, vendo a FORD e a GM reduzirem suas equipes no país, qual a visão da VW com relação ao futuro da engenharia automobilística nacional?
  • Após iniciar uma transformação em sua rede de distribuição com a implementação do conceito de concessionária digital, a VW ampliou a digitalização na jornada do cliente com o lançamento do agendamento online e outras soluções que visam facilitar o atendimento no pós-venda. E a compra on-line?
  • E a Nova Volkswagen? O desafio de lançar 20 novos produtos até 2020. Pelas minhas contas já tivemos 13 novidades – Quando chega a picape média?
  • Combustíveis alternativos. Em nossa cobertura durante a FENATRAN 2019 observamos a diversidade nas opções de combustíveis, não apenas a solução elétrica, mas também o Gás Natural Veicular como oportunidade. Poderíamos ter produtos da Volks com essa opção num futuro próximo? E o etanol?
  • Indústria 4.0 e os desafios do Rota 20-30, como a Volkswagen está trabalhando?
  • Pergunta dos internautas: sobre as outras marcas do grupo…tipo Seat, Skoda, se podem num médio prazo serem comercializadas por aqui.
  • Só falamos sobre mecânica, automóvel, tecnologias… mas a imprensa… Como o sr avalia essa transformação da mídia tradicional, com muitos jornais fechando, o trabalho da imprensa especializada, os influenciadores digitais… para onde estamos indo?

- Publicidade - Mercedes-Benz