15 novidades na Fiat Strada 2021

A cobertura de eventos automotivos às vezes nos mostram que nem sempre a novidade é tão novidade assim. Tem marca que coloca um adesivo novo e já lança uma nova versão, e o preço? Sobe um pouco mais.

A Fiat resgata com o lançamento da segunda geração da picape Strada, já como linha 2021, uma característica que havia ficado na lembrança da marca: a continuidade da inovação, e eu explico.

São 20 anos de Mecânica Online® acompanhando os lançamentos da indústria automotiva brasileira, e claro, cada marca vai criando sua personalidade ao passar dos anos. Algumas são mais formais, outras mais ousadas.

É dessa ousadia que eu estou falando. A Fiat durante muito tempo carregou essa característica de ousar no mercado brasileiro com produtos criativos e funcionais, unindo design com utilidade.

E com o lançamento da Strada observamos que o tempero voltou no desenvolvimento dos produtos da Fiat e principalmente da Strada. Por isso mesmo, para facilitar sua leitura, faço um resumo das principais novidades.

1 – Inédita configuração cabine dupla com quatro portas e homologada para cinco passageiros.

2 – Mini Toro? O visual da Nova Strada está inspirado nos elementos da picape Toro, marcada por uma frente elevada, com destaque para os faróis de LED afilados com luzes DRL (Daytime Running Light). A grade imponente abriga o logo script da marca no centro da peça e traz o discreto e elegante Fiat flag, que compõe a nova identidade visual que os carros da fabricante receberão daqui para frente. O capô tem um vinco relacionado com a robustez. Na lateral temos a linha de cintura que destaca as caixas de rodas quadradas, enquanto na traseira, as lanternas funcionam como uma assinatura do modelo.

3 – Nova plataforma – A total renovação da Strada 2021 começa com a plataforma MPP, dedicada exclusivamente ao desenvolvimento da nova picape. Com 10% a mais em rigidez torcional, o que proporciona maior resistência e durabilidade estrutural – devido utilização de aços nobres em estampagem a quente e aços de alta e ultra alta resistência em 90% de sua base.

4 – Novas suspensões dianteira e traseira – Há novas molas, amortecedores e geometria, além de novas travessa de suspensão e barra estabilizadora na dianteira, e novo eixo traseiro.

5 – Capacidade de carga – Varia de 650 kg na versão para cinco ocupantes para até 720 kg na configuração de entrada.

6 – Números, números – A Nova Strada tem maior altura do solo (de até 214 mm). Os ângulos de entrada (de até 24º) e saída de obstáculos (até 28º) estão entre os melhores da categoria. O vão de carga na caçamba está entre os maiores da categoria com 1.059 mm entre as torres no compartimento de carga, facilitando a acomodação de grandes volumes em sua caçamba: são 844 litros na cabine dupla e nada menos que 1.354 litros na Cabine Plus. O diâmetro de giro é de apenas 10,7 metros, um dos menores da categoria.

7 -Tampa traseira mais leve – A movimentação de carga agora é facilitada pela tampa traseira, que teve seu peso de manuseio amortecido em 60% por um novo sistema de mola sem perder robustez, já que suporta cargas de até 400 kg. Para fechar a tampa, o esforço é mínimo.

8 – Itens de série diferenciados – Todas as versões apresentam controle de estabilidade, assistente de partida em rampa e controle de tração avançado E-Locker (TC+). Trata-se de um sistema voltado para situações de off-road leve, que auxilia em manobras do veículo que se encontra em terreno escorregadio e com a roda patinando. Ao acionar a tecla TC+, o equipamento transfere mais torque para a roda com maior aderência, fazendo com que a picape vença mais obstáculos. A função é desativada automaticamente a partir de 65 km/h.

O mesmo TC+ ativa o ABS Off-Road, uma calibração que melhora o comportamento de frenagem do veículo quando é necessário o acionamento do ABS em superfícies deformáveis (areia, terra, brita, neve), permitindo o travamento da roda por breves instantes e formando “cunhas” de material na frente da roda. Esse material melhora a aderência dos pneus e a manobra, reduzindo a distância de parada em piso de pouca aderência.

9 – Quando menos vale mais nas motorizações – As versões Endurance são equipadas com o motor 1.4 Fire, que gera potência de 88 cv a 5.750 rpm (etanol) e 85 cv a 5.750 rpm (gasolina). Seu torque é de 12,4 kgfm com gasolina e 12,5 kgfm com etanol, ambos a 3.500 rpm. A partir da versão Freedom, temos o motor 1.3 Firefly de quatro cilindros, com 109 cv de potência a 6.250 rpm e 14,2 kgfm de torque (etanol); com gasolina, são 101 cv a 6.000 rpm e torque de 13,7 kgfm a 3.500 rpm. Trata-se do propulsor mais eficiente e econômico do segmento e com nota A de consumo pelo Inmetro.

10 – Nova central multimídia Uconnect 7” – Traz recursos sofisticados como Apple CarPlay e Android Auto com projeção sem fio (wireless). É possível parear até dois smartphones. Entre as funções temos navegação via Waze e Google Maps; música (Streaming | MP3); reconhecimento de voz (Siri | Google Voice); leitura e resposta de mensagem “handsfree” para SMS e WhatsApp, por exemplo; e integração com calendário.

11 – Versões – A versão Freedom dispõe de direção com assistência elétrica, sensor de pressão dos pneus, volante multifuncional, retrovisores elétricos, quadro 3,5” de TFT, capota marítima e, entre outros itens, rodas de liga leve.

A Volcano conta também com vidros traseiros elétricos, bancos em couro/tecido, câmera de ré, volante em couro, faróis em LED e sensor de estacionamento. Além da capota marítima, barras longitudinais no teto e de proteção (santantônio), pneus 205/60 R15 ATR. Como opcional, o cliente pode optar por exclusivas rodas de liga leve de 16 polegadas (pneus 205/55 R16).

12 – Segurança – São quatro airbags presentes de série nas versões de cabine dupla. A proteção para crianças conta com Isofix complementada por Top Tether, ancoragem  que impede a rotação de cadeira infantil. Toda área frontal do modelo recebeu cuidados especiais de proteção ao pedestre tanto nas partes baixa e alta das pernas, assim como também a cabeça, ao ter o corpo amortecido pelo capô.

13 – Garantia – Pela primeira vez na história do modelo, a garantia passa a ser de 3 anos, com a possibilidade de adquirir um dos planos da Garantia Adicional Fiat de 12 ou 24 meses, para chegar a até 5 anos de cobertura. E o mais importante: essas opções – plano Amplo, com mais de 10 mil itens de cobertura, e plano Motor e Câmbio, focado em itens essenciais – podem ser adotadas inclusive por clientes profissionais, uma exclusividade na categoria. (veja mais)

14 – Revisões – Nas versões com motor 1.3, por exemplo, o valor das três primeiras revisões é de R$ 1.284, 27,3% mais baixo que o da principal concorrente. Quando se analisa o trio de revisões iniciais das versões com propulsor 1.4, o custo total é de R$ 1.336, 22% a menos do que na mesma rival em versão equivalente.

15 – Opcionais e preços – A gama da Nova Strada dispõe de pacotes de opcionais para atender variados gostos do consumidor. A versão Endurance tem: Pack Worker (alarme, travas e vidros elétricos, break light, fechadura elétrica na caçamba, comando elétrico na tampa do combustível e banco do motorista com ajuste de altura); Pack Audio (rádio, autofalantes, porta USB frontal e volante multifuncional); e Pack Teck (central multimídia Uconnect 7”, display digital de 3,5 polegadas no painel de instrumentos, alto-falantes, duas portas USB, controles de áudio no volante parcialmente em couro, câmera de ré e sensor de estacionamento).

A versão Freedom apresenta o seguinte pacote de opcionais: Pack Teck (central multimídia Uconnect 7”, alto-falantes, câmera de ré e sensor de estacionamento).

A versão Volcano tem como opcional roda de liga leve 16 polegadas.

Confira como ficaram os preços da linha 2021 da Nova Strada:

Endurance Cabine Plus 1.4 Fire MT5 – R$ 63.590

Endurance Cabine Dupla 1.4 Fire MT5 – R$ 74.990

Freedom Cabine Plus 1.3 Firefly MT5 – R$ 69.490

Freedom Cabine Dupla 1.3 Firefly MT5 – R$ 77.990

Volcano Cabine Dupla 1.3 Firefly MT5 – R$ R$ 79.990.

- Publicidade - Mercedes-Benz