Carro movido a hidrogênio faz viagem histórica

Um carro movido à energia solar e ao gás hidrogênio conseguiu completar uma viagem história através do território australiano.

Depois de percorrer 4.084 quilômetros em nove dias, o carro, de fabricação japonesa, passa a ser o primeiro do tipo a completar uma travessia continental.

Os organizadores da viagem queriam mostram a viabilidade do uso fontes alternativas de energia em automóveis.

O hidrogênio é mais limpo do que os combustíveis fósseis tradicionais (petróleo, gás natural e carvão) porque nesses processos de combustão existe a emissão de gás carbônico, que contribui para o efeito estufa.

No lugar do gás carbônico (CO2), as emissões do carro “alternativo” movido a hidrogênio não passam de vapor de água.

O carro, batizado de Apollondine em homenagem aos deuses gregos do sol e da água, foi desenvolvido por estudantes da Universidade de Tamagawa, em Tóquio.

“Nós poderíamos ter completado a viagem em quatro dias, mas preferimos ter cautela”, disse um dos organizadores do evento, Hans Tholstrup.

Ele espera que empresas usem o protótipo desenvolvido pelos estudantes japoneses para lançar uma versão comercial do carro.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®