Uso, posse ou propriedade: qual a melhor escolha para seu próximo automóvel?

“Um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar”. Nesse trecho da música cantada por Chico Science & Nação Zumbi demonstra que a evolução é constante. Quer você queira ou não, o mundo não para e novas soluções vão surgindo, mas você é tradicional? Então, observe o bonde passar e perca a oportunidade de curtir a viagem.

Quem poderia pensar em alugar um veículo diretamente da fábrica? Escolher o modelo, motorização, cor e até mesmo os itens opcionais? O mundo gira e afirmo, muito rapidamente.

É muito importante que você tenha em mente suas necessidades para um veículo: uso, posse ou propriedade.

A tecnologia que chegou em sua mesa de trabalho com o computador, invadiu sua casa, sua família, seus amigos, seu telefone e tornou o mundo mais próximo e agora revoluciona o modo de ter um automóvel.

O objeto do desejo de várias gerações passa a ser visto como um serviço, ou seja, o carro por assinatura, nome bonito para aluguel de um veículo diretamente na concessionária, sem intermediários.

Dados recentes do Detran revelam a queda do interesse de jovens entre 18 e 24 anos em tirar a Carteira Nacional de Habilitação. O gosto por dirigir e ter um veículo tem mudado com o passar das gerações.

Outro forte fator é a dura missão em comprar e manter um carro em nosso Brasil. Já não bastasse o seguro, combustível, pneus, depreciação e licenciamento, temos uma alta taxa de impostos para sustentar o Estado. Carro é muito caro no Brasil, infelizmente.

E a tecnologia vai encontrando uma nova forma de aproximar os veículos das pessoas. A indústria da mobilidade passa por uma revolução intensa e o avanço da tecnologia permite explorar novos modelos de negócios.

Aplicativos de transporte fizeram com que muitos potenciais clientes desistissem de comprar automóveis, evitando assim os custos recorrentes de manter um veículo, ao mesmo tempo que a tecnologia facilitou o acesso das pessoas em seus deslocamentos.

Agora é mais um passo nessa transição de utilização do veículo. Empresas como Audi, Toyota, Volkswagen, Fiat, Jeep e Renault estão de olho nessa nova demanda do mercado: o aluguel do automóvel diretamente de fábrica. Confira como estão sendo oferecidos esses novos planos.

A japonesa Toyota lançou o Kinto Share, serviço de aluguel que inclui modelos híbridos e de sua marca de luxo Lexus por horas ou dias. Os carros podem ser alugados por hora a partir de R$ 18 no caso do Etios X Plus 1.5 com câmbio automático. O valor da diária para o mesmo modelo é de R$ 116,00.

Na Volkswagem temos o VW Sign&Drive, que permite ao cliente escolher entre o Tiguan Allspace (R$ 3.659,00 mensais), Virtus (R$ 2.099,00 mensais), Jetta (R$ 2.999,00 mensais) e o T-Cross (R$ 1.899,00 mensais). Inclusive a Volks informou que o sucesso foi tamanho, que as unidades do T-Cross esgotaram em poucos dias após o lançamento do programa, em dezembro passado.

O programa Sign&Drive está disponível apenas no Estado de São Paulo. O valor das assinaturas inclui a documentação do veículo (IPVA, licenciamento e emplacamento), seguro, manutenção periódica e rastreador. O processo de contratação pode ser realizado totalmente on-line.

Já os clientes de olho nos modelos topo de linha da Audi poderão alugar esses carros zero-quilômetro pelo prazo fixo de 24 meses, com pagamentos mensais em torno de R$ 10 mil que abrangem todas as despesas como IPVA, seguro, assistência 24 horas e manutenções regulares incluídas no preço do aluguel, com opção de compra do veículo ao fim do contrato com desconto de 12% sobre a cotação da tabela Fipe.

Essas são as condições do Audi Luxury Signature, um programa piloto de assinatura da marca  que permite opcionalmente incluir até a blindagem no pacote.

Os carros de assinatura serão negociados nas concessionárias da Audi e o contrato de locação será feito pela Fleet Solution. Inicialmente no programa apenas 20 veículos, todos topo de linha que custam entre R$ 400 mil e R$ 600 mil, incluindo Q8, A6, A7 e o SUV elétrico E-Tron.

A Flua! é a nova empresa de mobilidade voltada para assinatura de carros zero-quilômetro da Fiat e da Jeep com atuação inicial em São Paulo e no Paraná.

O cliente poderá escolher entre oito modelos da Fiat e dois da Jeep, com pacotes de 12, 24 e 36 meses e franquias de 1 mil, 2 mil ou 3 mil quilômetros para rodar por mês. Os valores partem de R$ 1.350,00 por mês e já incluem documentação (IPVA, licenciamento e emplacamento), seguro com rastreador, manutenção, assistência 24 horas, entre outros serviços.

E a Renault lançou o On Demand, programa com quatro planos de assinatura customizáveis de longa duração, para que o cliente tenha sempre um Renault zero-quilômetro que atenda às suas necessidades com toda praticidade, segurança e conforto.

Os planos são de 12, 18, 20 ou 24 meses, com valores a partir de R$ 869,00 mensais. No momento da adesão o cliente também pode escolher os planos de quilometragem, com opções de 500, 1.000, 1.500 e 2.000 quilômetros mensais.

Na assinatura o cliente poderá escolher entre os modelos Kwid Zen 1.0, Kwid Outsider 1.0, Stepway Iconic 1.6 CVT e Duster Iconic 1.6 CVT. O Renault On Demand está disponível em todos os estados do Brasil.

Uso, posse ou propriedade: qual a melhor escolha para seu próximo automóvel? Com certeza você vai precisar ir para a ponta do lápis, pegar sua calculadora e verificar seu uso e quais os custos considerando a posse ou então a compra efetiva do veículo. Boa sorte e escolha.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®