BMW Group Brasil implementa projeto para reinserir resíduos de PVC na produção

Com uma estratégia global com a sustentabilidade no centro de seus negócios, o BMW Group Brasil redesenha mais um processo interno em sua fábrica de carros em Araquari (SC) e implementa o projeto realizado com empresas parceiras consumidoras de pasta de PVC, incentivando a economia circular e as práticas sustentáveis com parceiros locais.

O selante de PCV é usado diariamente no processo de pintura dos carros produzidos na fábrica do BMW Group em Araquari e as sobras da substância durante o procedimento são inevitáveis – excedentes do processo gerados, por exemplo, em ações de manutenção dos equipamentos.

Mas, apesar desses resíduos já terem a destinação adequada e sustentável – envio para blendagem e coprocessamento – o desafio foi criar oportunidades de economia circular e reinseri-los na produção. Esse é o Seal the Deal.

Essas sobras do selante de PVC são separadas de maneira estratégica e com cuidados específicos para garantir a sua qualidade e potencial de reuso.

Depois disso, o material é destinado a empresas parceiras locais que utilizam o selante como matéria prima em seu processo produtivo.

O material pode ser usado para fazer diversos produtos como tapetes, carpetes, solas de sapato, cones de trânsito e até barracas para acampamento.

Com a implantação deste conceito de expansão do ciclo de vida do selante o Seal the Deal tem o potencial global de impedir a emissão de mais de 2500 toneladas de gás carbônico em um ano e ainda evitar o consumo de 15 milhões de litros de água, referente ao material que seria adquirido de outra forma por empresas que usam o PVC como matéria prima.

O Seal the Deal é um dos vencedores de um desafio mundial que buscava iniciativas de inovação e teve o apoio do Accelerator Program do BMW Group, um programa de 12 semanas que tem como objetivo acelerar as ideias em um curto período.

Sustentabilidade no BMW Group Brasil – A responsabilidade social e ambiental está presente no dia a dia da companhia.

Além do Seal the Deal, a fábrica em Araquari já conta com a utilização de energia proveniente de fontes renováveis, promovendo a redução das emissões de CO₂ em suas atividades – o que rendeu a certificação I-REC, um instrumento de compensação do consumo de energia elétrica proveniente de fontes que emitem CO₂ na atmosfera.

Mas a meta do BMW Group no mundo é reduzir ainda mais. Dentre os objetivos – que devem ser alcançados até 2030 – estão reduzir em 20% a emissão de CO₂ por veículo na cadeia produtiva, em 80% na produção, por veículo, e em 40% na fase de uso, também por veículo.

No Upcycle Element, outro projeto idealizado pelos próprios funcionários da fábrica de Araquari, excedentes da produção como retalhos, uniformes usados e acessórios, são encaminhados a um grupo de mulheres artesãs da comunidade local que transformam os resíduos em bolsas, nécessaires e mochilas, gerando oportunidade de renda.

De 2014 até hoje, o BMW Group realizou ajustes nos sistemas produtivos de suas fábricas em Araquari e Manaus (AM) e implantou o reuso da água em alguns processos, medida que provocou uma redução de 39% da água na produção.

Para conhecer mais sobre o projeto, assista aqui ao vídeo.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®