sexta-feira, 12 abril , 2024
28 C
Recife

A nova tendência mundial em motorização

Rendimento, potência, eficiência, consumo, peso. Qual ou quais os fatores são mais decisivos numa competição que escolhe os melhores motores no mundo? Premiação organizada por uma revista inglesa, o Motor Internacional do Ano ou Engine of The Year Award 2013, conta com a participação do Mecânica Online®, com Tarcisio Dias, único representante brasileiro a participar pela segunda vez consecutiva da votação, destaca entre os vencedores de 12 categorias uma nova tendência mundial.

- Publicidade -

Com três cilindros e uma tecnologia que combina injeção direta de combustível, turbo e comando variável de válvulas para reduzir o consumo sem sacrificar a potência, o propulsor ultra eficiente de 999 cilindradas desenvolvido pela Ford com a tecnologia EcoBoost alcançou a maior pontuação já registrada na história do prêmio, em suas 15 edições já realizadas.

O EcoBoost 1.0 é oferecido atualmente na Europa e nos Estados Unidos em carros compactos como New Fiesta e B-MAX e modelos médios como Focus, C-MAX e Grand C-MAX. Num futuro próximo, vai equipar carros maiores como o novo Mondeo. Ele também será oferecido nos furgões Transit Connect e Transit Courier e nas vans de passageiros Tourneo Connect e Tourneo Courier.

- Publicidade -

A oferta do novo motor está sendo ampliada para vários mercados do mundo. Ele já está disponível no Novo EcoSport vendido na Índia e na China e este ano será oferecido também no New Fiesta na América do Norte.

A disputa mais acirrada na votação esse ano ficou entre os motores verdes. Vencedor na categoria no ano passado, o motor 1.4 litro da General Motors utilizado no modelo Volt perdeu por apenas três pontos a liderança para o motor desenvolvido pela Fiat que utiliza gás natural comprimido, turbo de apenas dois cilindros e 875 cilindradas.

A motorização 1.4 litro da Volkswagen utilizada no Golf europeu conquistou o lugar mais alto do pódio na categoria que escolhe os mais novos motores no ano. O diferencial da tecnologia TSI foi vitoriosa também na categoria entre os motores 1.0 a 1.4 litros, onde o pódio foi completamente Volks.

- Publicidade -

Com um júri de 87 jornalistas automotivos de 35 países o prêmio tem como base os critérios de dirigibilidade, desempenho, economia, refinamento e eficiência na aplicação de tecnologias avançadas de motores.

A Ferrari venceu como motor de melhor performance 6.3 litros V12. A parceria BMW-PSA conquistou a vitória entre os motores 1.4 e 1.8 litro. O motor 2.0 litros da BMW com tecnologia Twin Turbo venceu entre os motores 1.8 a 2.0 litros. De 2.0 a 2.5 litros foi a vez da Audi com seu motor de cinco cilindros e 2.5 litros turbo.

Já o motor produzido pela Porsche e utilizado no Boxster e Cayman venceu entre os 2.5 a 3.0 litros. O McLaren 3.8 litros V8 foi o melhor entre os motores de 3.0 a 4.0 litros. E finalmente o Ferrari 6.3 litros V12 aplicado no modelo F12 Berlinetta foi o vencedor entre os motores acima de 4.0 litros.

MECÂNICA ONLINE

GPF – A Umicore, principal fabricante mundial de catalisadores automotivos do País, desenvolveu uma nova tecnologia capaz de tratar até 95% das partículas dos motores a gasolina, denominado GPF (sigla, em português, de Filtro de Partículas para Gasolina). A solução elimina as partículas de fuligem (carbono) que são emitidas pelos automóveis equipados com sistema de injeção direta, utilizado para aumentar a eficiência no consumo deste combustível.

Fusion Hybrid – Recém-lançado nos Estados Unidos, o modelo tem alcançado um sucesso sem precedentes e contribuído para a Ford bater recordes de vendas nesse segmento, o que aumenta a expectativa da sua chegada ao mercado brasileiro, trazendo como grande inovação o uso de bateria de íons de lítio, que entre outros avanços garante maior autonomia do motor elétrico. O novo híbrido já foi testado pelo programa do Inmetro/Conpet e é classificado hoje como o automóvel mais econômico do País.

Scania Top Team 2013 – Peru e Argentina conquistaram as duas vagas para a etapa mundial final da competição que testa as habilidades dos profissionais de serviços das Casas Scania. Na etapa final da região pequenos detalhes colocaram dificuldades para a equipe brasileira.

Maio – A Fiat comemora o melhor mês de maio de sua história de 36 anos de presença no Brasil, além de ter registrado o recorde de vendas para o período acumulado de janeiro a maio. A empresa alcançou a venda de 67.846 automóveis e comerciais leves no mês de maio, crescendo 14,1% em relação a maio de 2012, com 22,5% de market share. Desde janeiro, a Fiat acumula vendas de 316.267 automóveis e comerciais leves, volume 10,4% superior ao de janeiro a maio de 2012, mantendo a liderança de mercado com 22,5% de participação.

Matérias relacionadas

Monte seu Fiat Pulse

Mais recentes

Menos combustível, mais Volvo!

Destaques Mecânica Online

SIMPÓSIO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA, EMISSÕES E COMBUSTÍVEIS

Avaliação MecOn

TRW - Qualidade de topo para máxima segurança