quarta-feira, 21 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Quem leva a melhor? Renegade Limited Edition® 1.8 Flex Automático X Honda HR-V EXL CVT 1.8 Flex

- Advertisement -

O ano de 2015 amarga uma forte queda nas vendas de automóveis no Brasil, mas alguns segmentos conseguiram se manter aquecidos apesar de todas as dificuldades. E quando falamos em SUVS, o comportamento foi bastante positivo, principalmente para as duas principais novidades no ano: Jeep Renegade e Honda HR-V.

Tivemos a oportunidade de avaliar os dois modelos em Pernambuco. Versões similares no aspecto de preço, mas com diferenças em comportamento dinâmico e acabamento.

Para começar a história fomos logo na internet. O site da Jeep deixa claro o motivo do modelo vir conquistando tantos prêmios no setor automotivo, inclusive o prestigiado Carro do Ano, organizado pela Revista Auto Esporte e com participação do Mecânica Online®. O leque de opções oferecidas do modelo deixam claro que a fábrica pernambucana terá bons dias de trabalho pela frente.

- Advertisement -

Cinco versões, com preços variando de R$ 68.900 a R$ 124.900 tornam o Renegade atrativo conforme o bolso do cliente. Versões 4×2, 4×4, Diesel, bicombustível (flex – etanol ou gasolina), diversas opções de acabamento e também itens opcionais fazem do estreante Jeep um modelo a ser seguido pela Honda.

Já na Honda tivemos dificuldades para acessar o site. Ao clicarmos sobre o anúncio de destaque na página principal o site não abriu a página seguinte e ficou carregando. Parou em 99% no Google Chrome, mas abriu no Internet Explorer.

Observamos que ao passar o mouse sobre a marca da Honda, no canto superior direito da tela, são mostrados os modelos da marca. Clicamos no HR-V e pronto. Página simples, mas objetiva com as informações do modelo e suas versões. É fácil compreender o que cada versão oferece e suas diferenças.

- Advertisement -

Considerando facilidade de acesso, disponibilização das informações, modos de configuração do modelo e suas versões, como também a montagem do modelo e preços, o site do Jeep Renegade leva a melhor. 9×8.

Já que estamos com duas versões, o preço pode ser fator decisivo. O Renegade Limited Edition® custa R$ 91.900. Já o Honda HR-V EXL CVT 1.8 Flex no site da Honda custa 92.900. Preços equivalentes, mas não baratos. Mas essa é a realidade do Brasil atual e os carros estão caros, em função principalmente das fortes cargas tributárias imposta pelo governo. No aspecto unicamente de preços, empate técnico com leve vantagem para o Renegade. 7,5×7,0.

Itens de série – Quem dá mais por menos. Considerando o valor a ser pago, será que um dos modelos avaliados leva vantagem nos itens de série oferecidos? Vamos verificar!

Renegade Limited Edition – Motor Evo 1.8 16V Flex – Câmbio automático de 6 marchas – 7 air bags – Banco de couro – Tela multifuncional colorida de 7 polegadas – Direção elétrica – Rodas de liga leve de 18 – Teto pintado de Preto – Cilindrada 1.747 – Potência de 130 CV / 5.250 RPM (Gasolina) e 132 CV / 5.250 RPM (Etanol) – Torque (Nm/rpm) de 182,3/3.750 (G) e 187,2/3750 (E).

Honda HR-V EXL CVT 1.8 Flex – Motor 1.8l 16V SOHC i-VTEC FlexOne – Potência de 140 CV /6500 RPM (Gasolina) – 139 CV /6300 rpm com etanol. Torque (kgf.m/rpm) – Gasolina/ Etanol de 17.3 kgf.m / 4800 rpm com gasolina e 17.4 kgf.m / 5000 rpm com etanol. Transmissão automática do tipo CVT (7 velocidades) – Roda de Liga leve – aro 17″ – Direção com assistência elétrica progressiva (EPS) – Lanternas traseiras em LED – Rebatimento elétrico dos retrovisores e função Tilt Down no retrovisor do lado do passageiro – Display Multimídia com tela de 7″ multi-touchscreen com navegador GPS – Sistema Brake Hold – Airbag frontal para motorista e passageiro dianteiro – Airbag lateral para motorista e passageiro dianteiro.

Os dois modelos chegam bem recheados de fábrica, então quem oferece recursos que deixam a condução ainda melhor leva vantagem. O sistema Sistema Brake Hold do Honda HR-V funciona quando o motorista acionar o freio e mantiver o carro parado por um longo período, como em um congestionamento, o controle elétrico do freio de estacionamento é automaticamente ativado. Mesmo que o condutor tire o pé do pedal, o veículo permanecerá freado e, ao acelerar, o freio é automaticamente liberado, oferecendo mais conforto em trânsito urbano.

O SUV traz ainda, na versão EXL, os retrovisores com rebatimento elétrico e a função Tilt Down, que ajusta para baixo automaticamente o espelho retrovisor direito quando o motorista engata a marcha à ré, facilitando a visualização de obstáculos durante a execução de manobras e balizas. Quando desengata a ré, o espelho volta para a posição anterior.

Em nosso comparativo, vantagem para o Honda HR-V: 9,0 x 7,5

Design – Na brincadeira falamos que o Renegade é o carro do homem, enquanto o HR-V seria o da mulher. Considerando que as mulheres possuem uma melhor tendência na escolha que é mais bonito, o modelo da Honda começa na vantagem.

Parece até que sequestraram o design da Hyundai para a fabricante japonesa. Os traços do HR-V são bem definidos e remetem em modernidade e tecnologia. O carro realmente é atrativo por onde passa, puxando olhares.

A robustez e a força inspiram o Renegade. Imponente, ele vai além do seu tamanho e peso com um design que remete ao passado de resistência e dinamismo da marca Jeep e sua história.

No dia-a-dia o design do Renegade vai cansando seu dono. Talvez ao passar dos meses, o Honda HR-V continue bonito, moderno, enquanto o Renegade já pode inspirar melhorias nos detalhes externo.

Vitória para o HR-V, mulheres felizes, matéria ficando boa! HR-V 10,0 x 9,0

Design interior – A tradição japonesa se faz marcante no HR-V. A Honda coloca o motorista em evidência com a tela multimídia inclinada na direção do motorista e sistema indicativo de economia de combustível, conforme a condução, com anéis em cores junto ao velocímetro, mostram a preocupação da marca em facilitar a condução e envio das informações ao condutor.

Falta o ar condicionado com dual temperatura, ou seja, que permita temperaturas diferentes para o motorista e para o passageiro, como acontece no Renegade. Não há opção de espelho retrovisor eletrocrômico, que escurece automaticamente a noite quando o farol de um carro vem atrás do seu, item faltante nas duas versões.

Um detalhe legal no HR-V é que o motorista pode personalizar a cor do aro que circula o velocímetro, escolhendo entre sete diferentes opções (amarelo, laranja, vermelho, rosa, roxo, azul e branco). Conforme seja a dirigibilidade, essa cor vai alterando, indicando maior ou menor economia no modo de condução.

Mas o Renegade tem um acabamento impecável. Característica da Fiat, o Jeep tem materiais de boa qualidade, visor digital colorido com muitas informações e facilidade de acesso. O interior se destaca em todos os quesitos, mostrando-se espaçoso, confortável e muito ergonômico – até o sistema de reconhecimento de voz funciona perfeitamente. A atenção dada aos detalhes e ao design é espetacular para um veículo do segmento dele.

Renegade 10,0 x 8,5 HR-V

Comportamento dinâmico – A primeira impressão quando você vai receber o Honda HR-V, como também o Jeep Renegade é que eles são grandes e talvez o motor 1.8 não seja suficiente para oferecer o desempenho esperado.

Essa impressão persiste no Jeep Renegade. A robustez do design invade o peso e compromete o desempenho. Em alguns momentos, quando o motorista realmente exige mais do veículo, a transmissão de seis velocidades do Renegade não combina com a motorização e o carro fica devendo.

O modelo mostra que é pesado, não corresponde e esse desempenho reflete no consumo, que termina ficando alto.

Enquanto isso, o tamanho do Honda HR-V já muda de percepção ao abrir a porta, que passa a sensação de leveza. Depois disso, ao entrar e acelerar o modelo o comportamento dinâmico do motor 1.8 que produz 140 cavalos de potência é bem mais aceitável. O comportamento da transmissão CVT de 7 velocidades também agrada e consumo fica dentro do esperado tanto no trânsito urbano quanto na estrada.

Sem dúvida, o ajuste dinâmico do conjunto motor-transmissão do Honda HR-V ficou melhor que o oferecido no Jeep Renegade. Em nosso comparativo, vitória do japonês por 8,0 x 6,5.

Conclusão – Comparativo é uma forma do nosso internauta encontrar indicativos para avaliar um veículo conforme suas necessidades. Outros itens podem ser considerados nessa complexa equação para decidir entre um ou outro modelo, mas considerando nossos parâmetros comparativos, o Honda HR-V levou a melhor por apenas um ponto e meio de diferença, num aspecto chave: o comportamento dinâmico do veículo.

Veja também | Matéria de lançamento do Honda HR-V x Matéria de lançamento do Jeep Renegade

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn

Lançamentos