Mercedes-Benz

Já andamos no Renegade que só terá motores turbo flex na linha 2022. Diesel sai de cena.

Fabricado no Polo Automotivo da Stellantis em Pernambuco, o Novo Jeep Renegade 2022, que será lançado no primeiro trimestre de 2022, antes do carnaval, será equipado unicamente com a nova motorização bicombustível T270, que produz potência de 185 cv (etanol) / 180 cv (gasolina) a 5.750 rpm e 270 Nm (27 kgfm de torque a 1.750 rpm) de torque – em todas as suas versões 4×2 e 4×4.

As versões que eram oferecidas com motor 1.8 aspirado e tração dianteira agora trazem o novo 1.3 turboflex e câmbio automático de seis marchas – configuração já aplicada no Compass e no Commander.

Para quem curte o 4×4 o Renegade vai manter uma versão com câmbio automático de nove marchas e outra 4×2 com transmissão automática de seis velocidades. Desta maneira, os motores 2.0 turbodiesel e o antigo 1.8 e.torQ deixam de ser oferecidos para o SUV compacto.

Jeep Renegade 2022

MotorTraçãoCâmbio
1.3 turbo4×2AT6
1.3 turbo4×4AT9

Com sistema MultiAir, o moderno motor 1.3 permite um controle mais preciso do ar que entra nos cilindros e maior interação com a injeção direta, além de favorecer o menor consumo de combustível e as emissões.

A Jeep continua sua ofensiva no mercado brasileiro buscando manter a liderança do Renegade, terceiro veículo mais vendido do Brasil, modelo que quando lançado em 2015 tinha cinco concorrentes e agora possui cerca de 13.

O Brasil é o segundo mercado da Jeep no mundo, com o domínio da marca no segmento de SUV desde 2017. Em 2021 a marca lançou sua nova plataforma de conectividade, edições especiais de 80 anos, atualização no Compass e o novíssimo Jeep de sete lugares Commander, o modelo mais luxuoso fabricado no Brasil atualmente.

E fomos até a cidade de Curvelo, em Minas Gerais, para conhecer na prática o comportamento do Renegade com essa nova configuração mecânica. Dirigimos os modelos camuflados, utilizados pela Jeep nos muitos testes antes do lançamento e que encontramos também nas estradas pernambucanas.

A versão Trailhawk (4×4) equipada já com o novo motor T270 foi capaz de superar os mais diversos desafios fora de estrada, como uma poça enorme de lama, uma descida em 45 graus na terra molhada e um trecho bem esburacado como uma caixa de ovos, além de passar por trechos alagados com água e estradas de areia e de pedras. A chuva que caiu na região na noite anterior tornou o desafio ainda mais empolgante para o Renegade.

Muito utilizado durantes nossas primeiras impressões no circuito off-road montado pela Jeep em Curvelo, o seletor de terrenos do Renegade possui cinco modos de condução: Auto, Snow, Sand/Mud e Rock, permitindo que o motorista escolha qual o mais adequado para superar o desafio que tem pela frente.

Recursos como controle de descida e assistente de partida em rampas escorregadias também estão presentes.

O carro tem seus recursos e tecnologias, então, você, motorista, deve saber o momento certo de utilizar os recursos para ter o melhor comportamento do veículo. Muitas vezes observamos vídeos na internet com o Renegade em apuros, quando na verdade falta ao condutor a aplicação do recurso adequado conforme a situação.

Com a plataforma global Small Wide, o Novo Jeep Renegade vai ganhar mais elasticidade do motor turbo flex T270, além de novos mapas de pedal e calibrações, mantendo o desempenho off-road da categoria.

Reforço que as versões 4×4 terão câmbio automático de nove velocidades e as 4×2 contarão com transmissão automática de seis marchas.

Importante também a presença nas versões com tração dianteira de série, o sistema Jeep Traction Control +, presente também no Compass e no Commander, que auxilia o veículo a transitar em condições de baixa aderência.

A tecnologia ajusta os parâmetros do controle de estabilidade para bloquear a roda sem aderência e transferir o torque para o outro lado, aumentando a capacidade do Renegade 4×2 em superar obstáculos.

Falando mais tecnicamente, o sistema aplica o torque de frenagem na roda que está escorregando e transfere, pelo diferencial, o torque para outra roda que esteja em contato com o piso. Para habilitar a função, basta que o motorista pressione a tecla ASR OFF.

Selo Trail Rated – O Novo Jeep Renegade Trailhawk 4×4 com motor T270 seguirá com seu selo Trail Rated. Para receber o mérito, um Jeep precisa ser capaz de superar os obstáculos mais extremos. É como um atestado de que o veículo é verdadeiramente off-road.

Com base em provas desenvolvidas pela Engenharia da Jeep, o selo garante que o modelo tenha capacidade off-road suficiente para atingir metas de performance em cinco categorias: tração, capacidade de submersão, articulação, manobrabilidade e altura em relação ao solo.

E o motor diesel sai de cena? Pouco representativo no mix de vendas do Renegade, a motorização diesel ajudava menos que o esperado. Com maior tributação e peso, a versão diesel era mais cara e brigava internamente com o Compass, que oferece maior espaço e recursos.

A escolha da Jeep agora é tornar o acesso aos veículos com sistema 4×4 maior para o consumidor, a marca diz que vai popularizar o 4×4 com preços mais acessíveis, que só serão divulgados quando do lançamento. A Jeep ainda não revelou os números de desempenho e consumo.

O que já deu para conhecer é que o Renegade 2022 vai ganhar o pacote tecnológico e segurança que acompanha os modelos da Jeep, itens como correção de faixa, alerta de colisão e frenagem autônoma de emergência.

Por se tratar de uma apresentação prévia, o Renegade estava camuflado e não foi permitido revelar imagens internas.

O modelo vai ganhar o famoso face-lift com novidades no para-choque, nova grade dianteira e elementos óticos, traseira com novas lanternas em LED e tampa modificada, mas sem alterações no volume do porta-malas, que continua em 320 litros.

Por dentro o alinhamento com a recente linha Jeep, utilizando volante, painel de instrumentos digital (similar ao utilizado na picape Toro) e a central multimídia já aplicados no Novo Compass. Todas as versões do Renegade terão seis airbags.

A Jeep também não revelou quais versões serão lançadas, mas temos indicações de três versões de entrada: Sport, Longitude e Limited, sempre com câmbio automático de seis marchas e tração 4×2 (dianteira).

O novo Renegade Trailhawk T270 e o inédito Renegade S T270 terão câmbio automático de nove marchas e tração 4×4 integral com seletor de modos de funcionamento. Eles serão os novos topo de linha, aposentando de vez o motor a diesel no SUV.

A verdade é que o famoso “banho de loja” vai tornar o Renegade bem mais interessante, com um visual atrativo, mas principalmente atualizado com as novidades do Compass e Commander.

Durante as rápidas impressões dirigimos a versão Trailhawk T270, equipada com a combinação do motor 1.3 turbo e o câmbio automático de nove marchas, observamos o bom comportamento dinâmico no asfalto, o Renegade está esperto e responde mais rapidamente ao pedal do acelerador, com trocas rápidas e ao mesmo tempo suave.

Lembranças do ruído do motor diesel? Esqueça. O bom isolamento acústico da cabine não deixa o ruído da motorização turbo atrapalhar em nada, o carro é bem silencioso internamente.

O maior atrativo das primeiras impressões com o Renegade 2022 foi mostrar que a motorização turbo flex tem capacidade de enfrentar os desafios off-road sem dificuldades. Foram muitos os obstáculos para testar todos os atributos do modelo, que passou com méritos mesmo em condições escorregadias.

Dentro da linha da Jeep, o Renegade vai muito bem desempenhar seu papel de SUV compacto, mas sem perder em nada para os irmãos maiores.

Ficha técnica
NOVO JEEP RENEGADE TRAILHAWK T270 FLEX 4×4 AT9

Motor – Posição: Transversal anterior
Número de cilindros: 4 em linha
Diâmetro x curso: 70 x 86,5 mm
Cilindrada total: 1.332 cm³
Taxa de compressão: 10,5:1
Aspiração: Turbocompressor
Potência máxima (ABNT): 180 cv (gasolina)/ 185 cv (etanol) a 5.750 rpm
Torque máximo (ABNT): 27,5 kgfm (270 Nm) a 1.750 rpm
Nº de válvulas por cilindro: 4
Eixo comando de válvulas: 1 no cabeçote

Alimentação
Ignição: eletrônica digital incorporada ao sistema de injeção
Injeção eletrônica: direta
Combustível: Gasolina/etanol

Transmissão
Câmbio automático: nove marchas à frente e uma à ré
Tração: Integral

Sistema de freios
Comando: A pedal e transmissão hidráulica com ABS/ESC
Dianteiro: A disco ventilado (diâmetro de 305 mm) com pinça flutuante
Traseiro: A disco sólido (diâmetro de 278 mm) com pinça flutuante

Suspensão dianteira
Tipo: McPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores com geometria triangular e barra estabilizadora
Amortecedores: Hidráulicos e pressurizados
Elemento elástico: Molas helicoidais

Suspensão traseira
Tipo: McPherson com rodas independentes, links transversais/laterais e barra estabilizadora
Amortecedores: Hidráulicos e pressurizados
Elemento elástico: Molas helicoidais

Direção
Tipo: Elétrica com pinhão e cremalheira
Diâmetro mínimo de curva: 10,8 m

Rodas
Medidas: 6,5” x 17” – liga de alumínio
Pneus: 215/60 R17

Peso do veículo
Em ordem de marcha: 1.643 kg
Capacidade de carga: 400 kg

Dimensões externas/capacidades
Comprimento: 4.268 mm
Largura da carroceria: 1.805 mm
Altura do veículo: 1.712 mm
Distância entre eixos: 2.570 mm
Bitola dianteira: 1.550 mm
Bitola traseira: 1.552 mm
Altura mínima do solo entre os eixos: 216 mm
Ângulo de entrada: 30,0°
Ângulo de saída: 32,0°
Ângulo de rampa: 22,0°
Volume do porta-malas: 320 litros
Tanque de combustível: 55 litros

Desempenho
Velocidade máxima: 200 km/h (gasolina)/ 202 km/h (etanol)
0 a 100 km/h: 9,9 s (gasolina)/ 9,7 s (etanol)

Tarcisio Diashttps://www.mecanicaonline.com.br
Gerente de conteúdo do Mecânica Online®, Tarcisio Dias é responsável também pela área de cursos e CDs interativos. Possui formação em engenharia Mecânica com habilitação em Mecatrônica pela Universidade de Pernambuco, formação técnica em mecânica pela Escola Técnica Federal de Pernambuco (CEFET/PE) e profissional em Mecânica Automotiva de Motores Diesel no Centro de Formação Profissional de Jaboatão dos Guararapes – RFFSA acordo SENAI. Também possui formação como Radialista – Locutor/entrevistador.
Mercedes-Benz

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Curso Veículos Elétricos - Cursos Mecânica Online®

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação