Mercedes-Benz

Conheça a diferença entre veículo elétrico e híbrido

Carro elétrico foi o que apresentou maior índice de crescimento no mundo em 2021, motivado por políticas voltadas à redução de emissões e maior interesse do consumidor pela tecnologia

Os carros estão passando pela maior evolução da história. Estão trocando o combustível fóssil pela eletricidade para se tornarem mais sustentáveis e eficientes.

Todas as virtudes desta nova tecnologia têm despertado muita curiosidade — e questionamentos também.

Para responder as principais dúvidas das pessoas em relação aos EVs (sigla em inglês para veículos elétricos), a GM está lançando uma websérie educativa que irá abordar o assunto no contexto da América do Sul, considerando as características dos mercados locais, incluindo a matriz energética.

Pensada para a veiculação em mídias sociais, a websérie estreia com o episódio que explica a diferença básica entre o carro elétrico e o híbrido.

“É importante esclarecer para o consumidor que existem diferentes níveis de eletrificação, que influenciam desde a emissão do veículo até a sua utilização”, diz Marcos Paiva, diretor de Estratégia de EVs da GM América do Sul.

São as características da bateria e sua capacidade em gerar energia para que o veículo rode no modo zero emissão que geralmente definem sua categoria.

Os puramente elétricos são considerados os mais avançados e eficientes, pois são os únicos que rodam o tempo todo no modo zero emissão — nem escapamento nem tanque de combustível eles têm.

EVs de última geração já possuem conjunto de baterias com longa autonomia, em alguns casos superior à de muitos carros Flex, oferecendo ainda melhor desempenho e bem menor custo de manutenção.

Já os modelos híbridos possuem dois tipos de motores, um tradicional a combustão e um outro elétrico, para ajudar a poupar combustível, incrementar a performance e/ou gerar energia para o veículo. Costumam ser subdivididos em três categorias:

Híbrido leve — A tecnologia usa um motor-gerador ligado ao sistema elétrico do automóvel. É capaz de recuperar energia em frenagens, por exemplo, para armazená-la numa bateria extra.

Este sistema, entretanto, não é capaz de fazer o veículo rodar apenas no modo elétrico, mas alivia o esforço do motor a combustão, melhorando ligeiramente a eficiência energética.

Híbrido pleno — O veículo possui dois tipos de motores, a combustão e a eletricidade, que podem trabalhar em conjunto ou individualmente.

Esse gerenciamento é automático e pode variar bastante, como a disponibilidade de energia recuperada de desacelerações e frenagens armazenada numa pequena bateria, que é utilizada para alimentar temporariamente o motor elétrico. Nesta categoria, a bateria é recarregada através do motor a combustão.

Híbrido Plug-in — Possui uma arquitetura similar ao híbrido pleno, com dois tipos de motores, um movido a combustível e o outro a eletricidade.

A diferença é que, nesta categoria, o veículo conta com mecanismos adicionais para permitir que ele possa ser carregado também numa tomada. Como possui uma bateria de porte intermediário, consegue rodar de pequenas até médias distancias no modo 100% elétrico.

Venda de EVs bate recorde no mundo – De acordo com a mais recente edição do anuário Global Electric Vehicle Outlook da IEA, a venda total de veículos 100% elétricos bateu recorde em 2021, com 4,9 milhões de unidades, mais do que o dobro do montante registrado no ano anterior.

O maior mercado atual é o da China, onde 13% dos carros vendidos já rodam o tempo todo no modo zero emissão.

Outro levantamento, divulgado pela Nikkei Asia, aponta que 2021 foi o primeiro ano em que os carros elétricos ultrapassaram as vendas de híbridos no mundo.

Já estudo do BCG divulgado pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) prevê que dois terços dos veículos vendidos no Brasil serão eletrificados até 2035, caso as empresas sigam por aqui tendências globais.

“Políticas voltadas à redução de emissões, maior conhecimento dos benefícios dos carros zero emissão e o aumento no preço dos combustíveis são fatores que contribuem para o maior interesse global pelos EVs, assim como a maior oferta de modelos e a redução da diferença de preço em relação aos demais tipos de automóveis”, explica Paiva.

A General Motors anunciou recentemente que tem o compromisso de liderar a eletrificação da mobilidade na América do Sul, com uma completa linha de veículos zero emissão.

A empresa revelou os futuros lançamentos da marca Chevrolet na região para o segmento. Entre as novidades estão o Bolt EUV, o Blazer EV e o Equinox EV.

A ofensiva da empresa rumo a eletrificação foi iniciada em 2019, com a comercialização do Bolt EV exclusivamente no Brasil.

Com sua visão de um futuro com “Zero acidente, Zero emissão e Zero congestionamento”, a GM tem o compromisso de se tornar neutra em carbono até 2040. Como parte deste plano global, a empresa está investindo USD 35 bilhões no desenvolvimento de 30 veículos elétricos e autônomos até 2025.

Equipe Mecânica Online®https://www.mecanicaonline.com.br
Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
Mercedes-Benz

Notícias relacionadas

Cursos Mecânica Online

Oportunidade para você entender como o automóvel funciona, seus recursos e tecnologias. Participe de nossos cursos gratuitos!

- Curso Veículos Elétricos - Cursos Mecânica Online®

Mais recentes

- Publicidade - Mercedes-Benz
Cursos Mecânica Online®

Lançamento

Truck

Motocicleta

Avaliação