sábado, 20 abril , 2024
28 C
Recife

Confira os lançamentos e novidades da edição 2022 da FENATRAN

Feira de negócios, de 7 a 11 de novembro, com mais de 500 marcas no São Paulo Expo, recebeu 66 mil visitantes, público maior que da edição de 2019. Para a montagem da exposição em 6 dias foram criados 13.000 empregos diretos.

Maior Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas da América Latina, a 23ª edição da FENATRAN reuniu mais 500 marcas no pavilhão de exposição do São Paulo Expo, de 7 e 11 de novembro, e gerou um volume total de negócios da ordem de R$ 9,5 bilhões.

- Publicidade -

O resultado é superior em R$ 1 bilhão ao da última edição da feira, de 2019. A área de exposição deste ano chegou a ser ampliada em 20%, totalizando 100 mil m2, que foi completamente ocupada pelos estandes dos expositores cinco meses antes da abertura dos portões, sinalizando a grande expectativa e interesse das empresas.

A FENATRAN foi marcada pelo lançamento de várias novidades das montadoras de caminhões e das empresas do setor de logística e implementos. Para conhecê-las, o número de visitantes chegou a 66 mil pessoas, também superior ao público da última edição, de 65 mil. Desse total, a RX, organizadora da feira, aponta que 20% é o índice dos profissionais que retornaram pelo menos uma vez durante a semana para acompanhar melhor as novidades e fechar novos negócios.

- Publicidade -

Outro número que passa a ser anunciado pela RX é a quantidade de reuniões que ela organiza – matchmaking – envolvendo especificamente as associações e compradores nacionais e internacionais, que neste ano totalizou 480 rodadas de negócios. Além da geração de negócios para expositores e consumidores, a FENATRAN também colaborou para a criação de 13.000 empregos diretos para a montagem da exposição em 6 dias.

“Havia grande expectativa para esta edição da retomada. A edição de 2022 foi a Fenatran das Fenatrans, pois superamos o público esperado e também o volume de retorno, gerando mais oportunidades de negócios que o previsto. Isso mostra a força do evento e do modelo de negócios pautado em matchmaking. Por isso, vemos com bons olhos o futuro da Fenatran e dos novos eventos como o Top Frotas, voltado a fomentar negócios no segmento de frotas de veículos”, comentou Luiz Bellini, diretor de Portfolio da RX.

“Os recordes desta edição da FENATRAN refletem exatamente o que vem ocorrendo com o setor de caminhões nos últimos anos, com crescimento consistente de produção, vendas e exportações, além de um salto tecnológico sem precedentes em termos de descarbonização, segurança, conforto, conectividade e redução de custos operacionais para o caminhoneiro e o frotista”, comemorou o Presidente da ANFAVEA, Márcio de Lima Leite.

- Publicidade -

“A FENATRAN foi um sucesso, como já prevíamos. A RX, bem como todas os expositores realizaram um grande evento e com certeza os números mostram isso. Nós da NTC&Logística, ficamos muito satisfeitos de ver esse projeto a cada edição mais forte e relevante para o transporte rodoviário de cargas de todo o Brasil. Esperamos que em 2024 seja ainda maior e de outras grandes conquistas”, avaliou Francisco Pelucio, Presidente da NTC&Logística – Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística

“A Fenatran superou em muito a expectativa que a indústria tinha. Foi a melhor feira de todos os tempos. O interesse do público em conhecer as novidades do setor foi imenso e a isso se somou a demanda dos empresários do TRC por produtos mais modernos e eficientes oferecidos pela nossa indústria”, comentou José Carlos Spricigo, presidente da Anfir – Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários.

Para a gerente da FENATRAN, Ana Paula Pinto, “a feira vem se consolidando cada vez mais com o melhor palco para os lançamentos e novidades da indústria, estreitando conexões e proporcionando oportunidades de negócios para toda a cadeia do setor, e o recorde que tivemos neste ano de marcas, público e volume gerado de negócios reforça o otimismo do mercado de transporte rodoviário de cargas e logística”.

FENATRAN Experience e Arena de Conteúdo – O evento contou com uma pista de 2 km ao lado do pavilhão dedicada à experiência com as novas tecnologias dos caminhões. No FENATRAN Experience, com 18 modelos disponibilizados pelas montadoras, foram realizados ao longo dos 5 dias do evento 2.500 test-drives, que ajudaram os profissionais habilitados a conhecer e a facilitar a sua decisão de compras dos novos produtos.

Além de lançamentos e experiências com novas tecnologias, a FENATRAN ofereceu ainda uma Arena de Conteúdo, onde foram realizadas palestras e apresentações que resultaram em mais de 40 horas de conteúdo relacionados aos principais temas e oportunidades do setor de transporte de carga e logística. Esse conteúdo está disponível on demand no site oficial da feira – www.fenatran.com.br

Resumo das novidades da edição 2022

Entre as novidades apresentadas na FENATRAN está o FM Electric da Volvo. O caminhão pesado 100% elétrico, com zero emissões, é um veículo para distribuição urbana e regional, com autonomia de até 300 quilômetros. O modelo participará de testes com transportadores brasileiros em diferentes operações e representa o próximo passo da marca em direção a um futuro mais sustentável.

Volvo também exibe em seu estande a nova linha de caminhões Euro 6/Proconve P8, com significativa redução na emissão de poluentes. As novas versões do Volvo FH, FM e FMX, além de mais sustentáveis, têm um consumo de combustível até 8% menor.

Já os modelos VM, VMX e VMX Max contam com um novo motor de 8 litros projetado e produzido pela própria Volvo, e com uma nova caixa de câmbio I-Shift de 7ª geração – a mesma do FH. A linha VM apresenta uma redução de até 10% de consumo de diesel.

A Volvo alcançou uma excelente marca na Fenatran 2022, atingindo, até o fechamento deste texto, mais de
R$ 2 bilhões em negócios na feira. O resultado é a soma das vendas de caminhões, planos de serviços, produtos financeiros como seguros e consórcio, além de contratos de locação de veículos e outros itens do portfólio Volvo.

“É um volume excepcional de negócios num período curto de tempo. Isto mostra a importância dos nossos caminhões e dos nossos serviços para os transportadores brasileiros. Eles reconhecem que podemos colaborar para aumentar a produtividade de suas frotas e a rentabilidade de suas operações”, declara Alcides Cavalcanti, diretor executivo de caminhões Volvo no Brasil. O resultado positivo também se traduziu em enorme movimentação no moderno estande da marca na Fenatran. Estima-se que mais de 12 mil pessoas terão passado pelo local, entre clientes e demais visitantes. Boa parte dessas pessoas estava interessada em conhecer as novidades da Volvo.

A Volvo também bateu recordes de vendas de planos de serviço, de seguros e de consórcio. Além disso, fechou contratos para locação de caminhões, um serviço novo que está sendo comercializado pela Locadora Volvo, empresa recentemente criada pela marca.

A Volvo Financial Services, que oferece produtos financeiros para o Grupo, teve uma participação decisiva, trazendo para a feira condições especiais de financiamento, além de promoções para aquisição de seguros e consórcio.

Scania anunciou os lançamentos que farão parte de sua linha 2023 de caminhões. Para atender aos requisitos da nova lei de controle de emissões do Proconve P8, a montadora terá duas novas famílias de motores. Uma chamada de otimizada de propulsores P8, e a gama Super, com novo e exclusivo trem de força, o mais eficiente e econômico já desenvolvido pela fabricante. Ambas vão substituir os atuais motores Euro 5 e serão utilizadas nas cabines P, G, R e S da Nova Geração de caminhões, que foi lançada no Brasil em 2018.

O ‘Super’, como foi batizado o novo trem de força lançado pela montadora na Europa em novembro de 2021, já é reconhecido como o mais eficiente e econômico da categoria. Depois de conquistar o cobiçado Prêmio Green Truck, em maio deste ano, na Alemanha, a nova linha de motores chega ao Brasil para ser comercializado. As entregas vão começar a partir de fevereiro de 2023. A marca também estreia o novo freio de liberação de compressão CRB e novas tecnologias do sistema ADAS 2.0. Com isso, a Scania oferece no Brasil o maior pacote de segurança de sua história.

DAF Caminhões apresenta na Fenatran sua nova linha de caminhões com motorização Euro 6 e seu amplo portfólio de serviços. Entre as novidades, estão os novos motores MX-11 e MX-13 que tornam os novos caminhões DAF CF e XF 2023 mais econômicos e menos poluentes. Já o DAF CF Semipesado Rígido estreia novo motor PACCAR PX-7 Euro 6 no Brasil.

Outra novidade do estande é o DAF LF Electric 100% elétrico, com autonomia de 280 quilômetros. O público da feira também vai conferir todo o portfólio de serviços da DAF, como o DAF Assistance, o DAF Multisuporte e o DAF Oficina Móvel. A montadora terá ainda a exposição das novidades da linha Multimarcas TRP.

Os lançamentos da marca contribuem para a expansão da companhia, que fez, recentemente, diversos investimentos em sua fábrica em Ponta Grossa (PR). A empresa registrou aumento no volume de produção, criou nova linha de eixos, modernizou equipamentos, expandiu a linha de motores e investiu em mão de obra, com contratação e capacitação de funcionários.

A Iveco apresentou na FENATRAN o novo S-Way, que oferece tecnologia e performance de última geração, além de até 15% de economia de combustível. A empresa mostrou ainda a linha Tector com a motorização Euro VI em todos os modelos, de 9 a 31 toneladas.

Outra novidade da marca que atende a uma crescente demanda do setor de transporte urbano de cargas é o Daily Hi-Matic – primeiro veículo do segmento com transmissão automática. Equipado com câmbio de oito velocidades de última geração assegura baixo consumo de combustível e conforto extra ao motorista, já que elimina a necessidade de troca de marchas.

A Iveco destacou no primeiro dia de abertura oficial da FENATRAN que aposta na combinação das várias tecnologias disponíveis como a melhor forma para atingir um transporte sustentável que pode suprir de forma plena as necessidades das operações de cargas. 

O grande destaque da Mercedes-Benz na feira é o lançamento da nova linha de caminhões Accelo, Atego, Actros e Arocs, que chegará ao mercado a partir de 2023 com motores BlueTec 6 compatíveis com a norma Proconve P8, equivalente ao Euro 6. Ela apresentou ainda o primeiro caminhão de Nível 4 (SAE) de automação no Brasil, o Atego 1730 100% Autônomo; o extrapesado eActros elétrico trazido diretamente da Alemanha; o Actros 2651 “Estrelas Delas”, caminhão rosa do Movimento “A Voz Delas”; e muitas novidades de peças e serviços.

A Mercedes-Benz está levando para a área de test-drives do evento, a FENATRAN Experience, os modelos Actros com a nova cabina Space e um Actros Top Space, além do Axor 3131 com sistema de direção autônoma da máquina inteligente Grunner. Além dos produtos, a empresa está destacando no evento a consultoria especializada que ela oferece no ecossistema de veículos autônomos, com entrega de soluções customizadas aos clientes.

A Ford anunciou três novas versões da Transit que chegam para ampliar a linha em 2023: a Automática, a Chassi e a E-Transit elétrica. A Transit Automática traz o estado da arte da tecnologia para extrair a máxima eficiência do motor, com um custo de operação mais baixo e grande durabilidade.

Com 10 velocidades, conversor de torque e programação adaptativa de mudança em tempo real, a Transit Automática tem ainda tração traseira e o sistema auto start-stop, único na categoria. Ela chega ao mercado no primeiro semestre de 2023, nas versões minibus, com 15 e 18 passageiros e vidrada, e na versão furgão longa com capacidade de 12,4 m3.

A Transit Chassi chega no segundo semestre de 2023, atendendo um segmento que representa 40% do mercado de vans. Ela será oferecida em duas versões: de 3.500 kg (que pode ser dirigida com habilitação tipo B) e 4.700 kg de PBT.

Entre outras aplicações, ela pode ser implementada como guincho-plataforma, ambulância, carga seca, baú refrigerado, baú carga seca e transporte volumétrico e de animais, com capacidade de carga de 1.400 kg até 2.600 kg. Para atender a demanda por veículos eletrificados, principalmente na distribuição de grandes centros, a Ford E-Transit começa a ser introduzida no Brasil e na América do Sul a partir deste mês.

A Volkswagen Caminhões e Ônibus destacou no evento o anúncio da venda dos primeiros 20 veículos autônomos da montadora e também a revelação de seu modelo conceito VW Meteor Optimus, que tem potencial para economizar até 8% de combustível. A isso se soma o lançamento oficial dos mais de 30 modelos de caminhões da montadora que vão chegar ao mercado em 2023, com um investimento de mais de R$ 1 bilhão em seu desenvolvimento.

A VWCO também aproveita a maior feira do setor na América Latina para se comprometer com seu Programa Futuro, que terá um espaço dedicado no estande da marca e nasce para acelerar a jornada ESG (responsabilidade ambiental, social e de governança) da empresa. Seu lema é “conectando o hoje com o amanhã” para consolidar as boas práticas já adotadas pela montadora e desenvolver ações de impacto para ampliá-las a médio e longo prazos.

JAC Motors aumentou consideravelmente sua família de veículos comerciais 100% elétricos, em aposta firme a favor da mobilidade livre de emissões. Com PBT de 18 toneladas, ou 26 ton (com 3º eixo), o JAC E-JT 18, exposto na FENATRAN, possui motorização 100% elétrica e terá versões Urbana e Rodoviária, com variação de carga de bateria e autonomia. A nova geração da picape JAC E-JP 8 possui 65 kWh de carga de bateria, motor com 204 cv e 295 Nm de torque, permitindo autonomia de 330 a 400 km. Acelera de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos e estará disponível para test drive.

Já conhecida na versão Furgão, a JAC E-JV 7L proporciona um excepcional conforto aos seus sete ocupantes. A van para passageiros é silenciosa, confortável, tem ótimo porta-malas e ainda rende autonomia de 300 km com seu motor elétrico de 200 cv. A participação da JAC Motors na Fenatran ainda inclui os caminhões 100% elétricos JAC iEV1200T (PBT de 7,5, 8,5 ou 9,5 ton), que estará exposto e disponível para test-drive, e JAC E-JT 12,5 (PBT de 12,5 ton).

FPT Industrial – A abordagem Multi-Energy para a propulsão sustentável do futuro foi apresentada pela FPT Industrial durante a Fenatran 2022. A marca apresentou no Brasil o caminho global que está trilhando para reduzir o impacto ambiental do transporte em todos os segmentos e aplicações.

Desta forma compartilha o papel vital que um fabricante líder de powertrain deve desempenhar para garantir a continuidade dos principais negócios, juntamente com um caminho estratégico e acessível para a transição energética.

Das aplicações leves às pesadas, a FPT Industrial continua desenvolvendo e investindo em novos motores de combustão interna, com a ampliação da linha e tecnologias de ponta como a nova geração eletrônica do Euro VI e soluções que seguem o conceito de lifecycle thinking, como o Original Reman, disponível dentro da realidade brasileira.

Essa linha de ação implica uma abordagem focada e sustentável, onde a liderança e o know-how da FPT Industrial é também disponibilizada em soluções a gás natural ou biometano para aplicações veiculares que impulsionam a transferência de tecnologia para atingir a meta net zero de carbono até 2040.

Com a nova área de ePowertrain, a FPT Industrial deixa clara a sua posição atual e futura como fornecedora de soluções de zero emissão com foco diversificado em eAxles (eixos eletrificados), Central Drive (caixas de distribuição de potência) além de Baterias Modulares e Sistemas de Gerenciamento de Baterias (BMS).

A posição é alcançada por meio de dois fatores distintos, porém conectados: a abertura da nova planta de ePowertrain na Itália, para produção dedicada a soluções ePowertrain, bem como continuar a implementar soluções disruptivas, como o seu DNA revolucionário e a abordagem de Open Innovation, atuando com agilidade e em parceria com startups de mobilidade elétrica.

A solução FPT zero emissões também passa pela integração de sistemas em todos os projetos, para a solução mais adequada conforme cada tipo de missão.

A marca enxerga entre as soluções para o futuro da propulsão, as tecnologias Hybrid, com diferentes soluções de hibridização em todos os requisitos de aplicação, redução de CO2, produtividade aprimorada, eletrificação de auxiliares e operação zero emissão limitada; Battery Electric, com solução zero emissão em diferentes aplicações, principalmente para equipamentos de baixa demanda de energia/baixa mobilidade, com extensão para aplicações pesadas on-road; e Hydrogen, solução de zero emissão para explorar o hidrogênio como vetor de energia, com base em conversão de ICE para H2 (puro ou misturado com GN) ou FCEV ZE, solução de longo prazo para aplicações pesadas e de alta demanda de energia.

“A abordagem multienergia é a base da nossa estratégia de produtos”, explica Marco Rangel, presidente da FPT Industrial para a América Latina. “Com a chegada da planta de ePowertrain, complementamos nossa oferta de soluções sustentáveis para movermos, conectados, a energia do futuro”.

PLANTA FPT ePOWERTRAIN – 100% ELÉTRICA – A primeira fábrica dedicada da FPT Industrial para a produção dos novos produtos eDriveline e soluções de armazenamento de bateria está localizada em Turim, na Itália. A instalação inclui aproximadamente 7.000 m² de área fabril e 7.600 m² de área de armazenamento, com espaço para expansão de acordo com as necessidades do negócio. Sustentabilidade, inovação e uma abordagem centrada nas pessoas são os pilares que nortearam o projeto da nova planta.

Graças à realidade virtual e aumentada, conectividade e tecnologias inovadoras, os processos e fluxos de trabalho e o layout da planta foram otimizados para oferecer altos padrões de qualidade, segurança e confiabilidade, proporcionando redução no processo de lançamento de novos produtos para os clientes.

A fábrica de ePowertrain possui três linhas de produção paralelas dedicadas respectivamente à montagem de pacotes de baterias, módulos de transferência de potência e produção de eixos elétricos para veículos comerciais pesados (HCVs). Funcionando a plena capacidade, ela produzirá mais de 20.000 eixos elétricos e mais de 20.000 pacotes de baterias por ano para veículos comerciais leves (LCVs), micro-ônibus e ônibus.

A nova instalação de alta eficiência de Turim é ainda a primeira fábrica da FPT Industrial e do Iveco Group 100% neutra em carbono, usando energia de fontes renováveis.

CENTRAL DRIVE eCD 140 – INTEGRANDO SISTEMAS DE TRAÇÃO ELÉTRICA – Dentre deste pacote completo de tecnologia, o FPT Central Drive eCD 140 é uma solução compacta e completa para integração de sistemas de acionamento elétrico em veículos comerciais leves e miniônibus (Peso Bruto de até 8 toneladas).

A Engenharia da FPT projetou um módulo de transferência compacto e robusto para garantir uma fácil integração nas plataformas existentes e espaço otimizado durante a instalação, para integração dos packs de baterias.

O eCD 140 oferece potência máxima de até 140kW (190 cv) e torque máximo de 400 Nm; é projetado para aplicações com tração traseira e proporciona excelente eficiência (>92%) e durabilidade (até 350.000 km). Incorpora um sistema de bloqueio de estacionamento para segurança e é facilmente adaptável a soluções híbridas.

BATERIAS PARA LCVs E ÔNIBUS – TRANSPORTE VERDE – A linha ePowertrain de alto desempenho, confiabilidade e alta qualidade é complementada por soluções de armazenamento e gerenciamento de baterias de última geração.

Criadas em parceria com a Microvast, empresa norte-americana líder em sistemas de carregamento ultrarrápido e bateria de longa duração, as baterias da FPT Industrial foram desenvolvidas para LCVs, micro-ônibus e ônibus, com a Microvast cuidando dos módulos e células e a FPT criando a carcaça e a integração completa.

eBS 37 – A bateria FPT de 37 kWh para aplicações LCVs e Minibus é uma bateria modular que incorpora células Microvast com tecnologia exclusiva de íons de lítio para alta densidade de energia e profundidade de descarga (95%), com vantagens em termos de peso reduzido.

Graças também à tecnologia NMC (Lithium Nickel Cobalt Manganese), solução de maior desempenho para aplicações em veículos comerciais, a eBS 37 oferece carregamento rápido. Além disso, este sistema avançado e bem projetado oferece alta densidade de energia e estabilidade.

Para o projeto conjunto da nova IVECO eDAILY, de uma a três baterias podem ser instaladas. Cada pack tem uma capacidade de 37 kWh, resultando numa capacidade máxima da bateria de 111 kWh. As unidades de armazenamento de energia alimentam um motor traseiro com potência máxima de 140 kW (100 kW com apenas uma bateria instalada) e torque de até 400 Nm (300 Nm com uma bateria).

A autonomia varia de acordo com o peso do veículo e a capacidade da bateria, de 110 km a 300 km, conforme o PBT. No trânsito da cidade, pode-se alcançar até 400 km. A velocidade máxima é de 120 km/h.

Em relação ao tempo de carregamento, a IVECO estima que o carregamento AC com 11 kW leva 9h com três baterias, sendo reduzido para 5h com 22 kW. Com o carregamento DC, a bateria fica 80% carregada em menos de 90 minutos; com uma ou duas baterias, 60 minutos.

eBS 69 BUS – A bateria FPT de 69 kWh para aplicações de ônibus é uma bateria modular que incorpora células Microvast com tecnologia exclusiva de íons de lítio para uma alta densidade de energia, oferecendo o melhor desempenho da classe em aplicações de ônibus urbanos. Graças também à tecnologia NMC, a solução mais versátil, poderosa e de alto desempenho até hoje, a eBS 69 tem carregamento rápido. Além disso, este sistema avançado e bem projetado oferece alta densidade de energia e estabilidade.

eAXLE – O FUTURO ESTÁ CHEGANDO – A FPT Industrial está respondendo aos desafios cruciais de sustentabilidade dos transportes, transição energética e redução das emissões de CO2 com uma gama completa de produtos inovadores.

Projetados para integrar totalmente todos os elementos ePowertrain em uma solução compacta para acomodar facilmente a carga comercial e as baterias, os novos eAxles garantirão excelente desempenho, eficiência e confiabilidade de acordo com a aplicação da missão.

“A linha eDriveline inclui versões leves e pesadas, fornecendo soluções de eletrificação para vans, caminhões leves, médios e pesados e ônibus de 3,5 a 44 toneladas”, aponta Edinilson Almeida, especialista de Marketing Produto da FPT Industrial.

eAX 145-R eDriveline – A FPT apresenta um novo protótipo de eixo elétrico projetado para aplicações em veículos comerciais leves. Demonstrando seu compromisso com as soluções de P&D, o protótipo foi projetado para reunir cada componente do driveline elétrico em um design extremamente compacto, garantindo o máximo desempenho e eficiência (>92%), sem comprometer a confiabilidade – todas as características são distintivas da FPT Industrial. Seu layout é adaptável para atender a várias necessidades de powertrain.

eAX 840-R Nikola Tre – Por meio da joint-venture entre IVECO, NIKOLA e FPT Industrial, em apenas dois anos, projetamos e lançamos rapidamente um produto destinado a ser pioneiro no mercado mundial de veículos comerciais pesados elétricos. Instalado pela primeira vez no Nikola Tre BEV, o eAX 840-R é um eixo duplo eMotor para caminhões pesados de até 44 toneladas, que garante alto desempenho e eficiência, confiabilidade e baixo TCO, com longos intervalos de troca de óleo e vida útil de até 1.200.000 km.

Todos os componentes mecânicos e elétricos são integrados em uma estrutura de eixo compacto, a fim de maximizar o espaço residual do veículo após a instalação.

“Como produtores de sistemas de propulsão, aceitamos o desafio da evolução de uma economia baseada em carbono para uma nova economia circular sustentável. Nosso portfólio de inovação e tecnologia sustentável apresentado na Fenatran confirma o compromisso da meta de net zero até 2040, com a FPT Industrial como referência de tecnologias chave para nossos clientes e parceiros”, ressalta Rangel.

NOVO XC13 – Novo motor multicombustível é a evolução da família Cursor. Do diesel ao gás natural – incluindo o biometano – hidrogênio e combustíveis renováveis, foi concebido de forma revolucionária partindo do conceito Cursor X

Como parte da propulsão sustentável do futuro, a FPT Industrial continua desenvolvendo e investindo em novos motores de combustão interna, ampliando tecnologias e soluções competitivas para a realidade brasileira.

Além do protagonismo do diesel, a abordagem focada da marca também leva em consideração seu know-how de mais de 20 anos em aplicações a gás natural e biometano. Dois motores apresentados na Fenatran 2022 sintetizam esse caminho estratégico: o novíssimo XC13, a encarnação do conceito Cursor X, e a nova versão FPT N67 Natural Gas.

De design inconfundível, com o X vermelho brilhante impresso no cabeçote do motor, o XC13 é a evolução do FPT Cursor 13 atual e o primeiro motor de plataforma multicombustível da FPT Industrial. Do diesel ao gás natural – incluindo o biometano – hidrogênio e combustíveis renováveis, foi concebido de forma revolucionária, em várias versões, para oferecer máxima padronização de componentes e fácil integração no veículo final.

XC13 da FPT Industrial – A versão movida a diesel do XC13 oferece o melhor desempenho da classe, com até 600 hp de potência e 2.850 Nm, resultando em +5% de potência e +14% de torque em comparação com o atual FPT Cursor 13 no padrão de emissões Euro VI Step E (Europa).

A versão movida a metano, por sua vez, fornece até 520 hp e 2.500 Nm, resultando em +13% de potência e +25% de torque em comparação com o FPT Cursor 13 Natural Gas. A redução das emissões de CO2 é de 9% para a unidade a diesel e 10% para o modelo a metano, mas este último pode alcançar net zero de CO2.

A potência de frenagem também alcança o melhor desempenho da categoria, com aumento +29% na versão a diesel (até 710 hp @ 2300 rpm) e impressionantes +300% na versão a metano (até 330 hp @ 2300 rpm). Ambas as versões também são significativamente mais leves: -10% (100 kg) no diesel e (80 kg) no modelo movido a metano. Esta redução de peso é alcançada graças a utilização de novas ligas de ferro fundido vermicular para o cabeçote e bloco do cilindro, resultando em maior eficiência e redução de peso.

A sustentabilidade econômica e ambiental é melhorada pelo aumento da eficiência de combustão, graças a um novo sistema de injeção de combustível e maior pressão de injeção no cilindro, atrito reduzido, e novo turbo de duplo fluxo – um conceito único para a versão a diesel –, gerenciamento inteligente de periféricos e sistemas auxiliares do motor, e também pelo software da FPT Industrial, comando para combustão integrada e controle ATS.

Em síntese, este motor revolucionário e ultra versátil tem tudo o que é preciso para ser uma referência nas aplicações do transporte sustentável.

“O XC13 se posiciona como um dos principais protagonistas para atingir as metas rigorosas de emissões de CO2 das frotas, a curto e médio prazo. A nova geração do motor garante emissões mais baixas e menor consumo de combustível, juntamente com desempenho superior”, afirma Edinilson Almeida, especialista de Marketing Produto da FPT Industrial.

MOTOR DO TRATOR DO ANO, TAMBÉM PARA VEÍCULOS COMERCIAIS – O FPT N67 NG para veículos comerciais complementa a gama de motores de combustão interna a gás e biometano da FPT Industrial na Fenatran 2022. Consagrado em todo o mundo, o motor da Série NEF já equipa no Brasil o New Holland T6 Methane Power – o primeiro trator do mundo movido a biometano –, e também está disponível para aplicações no segmento on-road, de transportes, seja em caminhões como também em ônibus.

O motor do “Tractor of the Year” de 2022 na categoria Sustentável na Europa entrega o mesmo desempenho de um equivalente diesel, além de ser compatível com GNL, GNV e biometano. A performance “Diesel Like” alcança até 280 hp de potência e 1.000 Nm de torque.

O FPT N67 NG utiliza a tecnologia de combustão estequiométrica para garantir o melhor consumo de combustível da classe e níveis de ruído mais baixos do que o diesel, com redução de custos em comparação com os equivalentes tradicionais. Seu sistema de pós-tratamento com catalisador passivo de três vias é altamente eficiente e compacto, reduzindo as emissões de CO2 em -28%.

“O FPT N67 NG oferece todas as vantagens dos motores diesel, inclusive a confiabilidade comprovada; tem custo total de propriedade competitivo com o diesel, com menor custo; e o biometano pode ser gerado como um combustível renovável para resíduos orgânicos, reduzindo as emissões de CO2 a praticamente zero”, explica Almeida.

GÁS: POTENCIAL DE APLICAÇÃO NO BRASIL – O GNV e o biometano são uma realidade no setor agrícola e em veículos comerciais em todo o mundo. A tecnologia da FPT Industrial é comprovada em mais de 70.000 aplicações.

No agronegócio sustentável, o biometano pode ser produzido a partir de uma usina de biogás de resíduos ou biomassa. Dentro do ciclo virtuoso, produtos residuais como esterco de gado são valiosas fontes de combustível. Além de ser mais limpo de manusear ao reabastecer e durante a combustão no motor, o biometano é um combustível prontamente disponível, o que permite que os produtores rurais comecem a reduzir sua pegada de CO2 imediatamente.

“Apesar de o GNV ter boa disponibilidade no Brasil e na Argentina, com grande potencial com bacias do pré-sal e “Vaca Muerta”, na Patagônia, entendemos que o biometano pode e deve ser explorado devido ao maior potencial de redução de emissões e preço competitivo, ajudando nossos países a atingirem as metas de emissões estabelecidas na COP26″, afirma Marco Rangel, presidente da FPT Industrial para a América Latina.

ZF participa da Fenatran 2022 com as mais avançadas tecnologias do mundo para o setor de transportes

“A ZF, a maior desenvolvedora e fornecedora de tecnologias para a indústria de veículos comerciais do mundo estará na Fenatran 2022, o mais importante encontro do setor de transportes da América Latina. A empresa apresentará seus avanços tecnológicos para caminhões, ônibus e implementos rodoviários”, diz Silvio Furtado, Diretor de Soluções para Veículos Comerciais e Tecnologia Industrial na ZF América do Sul.

“Será a primeira vez que a ZF estará presente na Fenatran com a nova divisão CVS (Commercial Vehicles Solutions) formada após a aquisição da WABCO, em 2020. Graças às tecnologias e presença global, podemos oferecer aos nossos clientes as principais soluções que o mercado precisa para transformar seu portfólio de produtos a partir de uma única fonte e vamos aproveitar a Fenatran para demonstrar isso”, enfatiza.

Tecnologias para carretas – Um dos destaques que a ZF apresenta na feira é a solução iEBS, uma plataforma inteligente que atua no sistema de freios das carretas. O iEBS assegura total estabilidade ao implemento e pode promover correções de frenagem instantânea em cada roda, além de identificar e registrar eventuais irregularidades no trajeto. A nova solução é a evolução do EBS (Electronic Braking System – Sistema de Frenagem Eletrônico).

O componente opera em conjunto com o cavalo-mecânico e integra uma nova geração do produto. A novidade é a incorporação de um módulo inteligente com menor número de válvulas, tubulações e conexões na montagem, o que simplifica o sistema e reduz os custos com manutenção. A solução atua com a mesma eficiência, tanto em implementos com freio a tambor como a disco, bem como em suspensão com feixes de molas ou pneumáticas.

As soluções de conectividade estão presentes nos desenvolvimentos voltados aos fabricantes de implementos. O Trailer Pulse é um exemplo disso e, em conjunto com o iEBS, oferece serviços completos de telemetria da carreta, valendo-se, também, das informações geradas pelo sistema de controle de estabilidade. Trata-se de um sistema aberto, pronto para ser utilizado em todo o Brasil e região América do Sul. Considerando a dinâmica do transporte rodoviário de carga no Brasil, monitorar unitariamente cada implemento (geralmente rebocado por diferentes veículos) é fundamental para frotistas que buscam maior rentabilidade nas operações logísticas.   

Soluções em eletromobilidade para veículos comerciais – Soluções em eletrificação também estão no radar da ZF para o mercado brasileiro. O CeTrax 2ª geração foi apresentado pela ZF durante o último IAA Transportation realizado em Hannover, Alemanha, onde foi anunciado o início de sua produção em série, a partir de 2023.  O CeTrax 2ª. geração será exposto também na Fenatran.

O sistema possui um ou dois motores elétricos de alto desempenho, além de inversores de carboneto de silício e transmissão de três velocidades totalmente integrados ao motor. O motor central garante maior flexibilidade as montadoras em vista do cenário atual de transição (combustão/eletrificação) contribuindo com uma redução de investimentos necessários neste cenário.

Com a opção de um único motor elétrico, o CeTrax apresenta torque de entrada de 864Nm (máx.) e contínua de 400Nm (potência de trabalho de 180KW e picos de 300KW). Já a versão com 2 motores apresenta torque de entrada de 1235Nm (máx.) e contínua de 680Nm (potência de trabalho de 360KW e picos de 600KW). O CeTrax 2ª geração pode ser facilmente instalado em plataformas de veículos existentes e novas.

Outra importante solução em exposição durante a feira é o eWorX, sistema desenvolvido para promover a interface entre os futuros veículos comerciais elétricos e seus implementos que necessitam de energia para operar. O eWorX utiliza a energia da bateria do caminhão elétrico e a disponibiliza ao implemento da forma que ele precisa para ser acionado, seja através de um motor elétrico ou de uma bomba hidráulica (opcional), ou mesmo de uma tomada de força elétrica.

Tecnologia inteligente para a segurança nas estradas do Brasil – A ZF disponibiliza para o mercado da América do Sul um portfólio de produtos que aumenta exponencialmente a segurança de caminhões e ônibus nas estradas do País. Algumas das tecnologias de dinâmica veicular serão apresentadas na Fenatran e trabalham com o que há de mais avançado em tecnologias de freios ABS (Antilock Braking System), EBS (Electronic Braking System), Controle de Estabilidade, e ADAS (Advanced Driver Assistance Systems) ou Sistemas Avançados de Assistência ao Motorista para veículos comerciais.

Segundo Silvio Furtado, os produtos chamam a atenção, principalmente devido à inteligência que está embutida em seus sistemas, comandados pelas ECUs (Electronics Control Units) ou Módulos Eletrônicos de Controle. “São diversos sensores que captam dados do comportamento do veículo e do motorista. Estas informações são analisadas pelo módulo eletrônico, e identificam, por exemplo, se a velocidade que o veículo está entrando em uma curva é segura para aquele trecho específico da pista. Caso necessário, o módulo envia comandos para os componentes do sistema, que atuam ajudando a controlar a velocidade e o movimento do caminhão ou ônibus”, explica.

OnGuardMAX é um sofisticado sistema de ADAS da ZF que funciona por meio de radarescâmeras, sensores e softwares que conseguem detectar a presença de pessoas, animais ou objetos perigosos no meio da estrada.  Se o motorista não tomar nenhuma atitude para evitar o acidente iminente, o OnGuardMAX™ inicia, de maneira autônoma, a frenagem de emergência, podendo parar o veículo por completo para ajudar a prevenir um acidente.

Serão apresentados também sistemas de direção. O ReAX Steering é um sistema de direção hidráulica assistida eletricamente pelo acoplamento de um motor elétrico que ajuda a evitar que o veículo saia da faixa de maneira indesejada, proporcionando mais comodidade e segurança ao motorista.

Componentes para melhorar o desempenho dos chassis de caminhões e ônibus – A ZF também fornece extensa linha de produtos que tem como função compor e melhorar o desempenho dos chassis de caminhões e ônibus e por isso está levando para a Fenatran alguns dos componentes como CDC – Continuous Damping Control, ECU – Eletronic Control Unit – computador que recebe dados do veículo por sensores, entre outros sistemas.  “Os componentes de chassi são fundamentais para que a operação dos caminhões e ônibus nas estradas e nas cidades seja o mais eficiente possível, confortável e segura”, diz Silvio.

Novidades em transmissões – Em transmissões, a ZF demonstrará na Fenatran a PowerLine, que estará homologada ainda em 2022. Trata-se de uma versão automática de oito velocidades, para veículos até 24 toneladas de peso bruto total combinado (PBTC). Equipada com conversor de torque, que exerce o papel da embreagem durante a partida do veículo, a ZF PowerLine é especialmente indicada para aplicações essencialmente urbanas, onde o “anda e para” é uma constante.

Outra novidade será a transmissão TraXon que passará a ser produzida no País, agora com ZF Intarder 3 integrado, que deve equipar muitos novos modelos de veículos Euro 6, incluindo a primeira aplicação global em ônibus rodoviários, que será feita no Brasil.

O ZF Intarder 3 é um dos mais avançados retardadores de velocidade do mundo, capaz reduzir em até 90% a utilização dos freios, garantindo, assim, economia de combustível, maior segurança e significativa redução de custos com manutenção. Segundo Silvio Furtado, “o ZF Intarder 3 é o retardador mais leve do mercado, além de ser o mais robusto e estar entre os mais potentes, gerando força de até 600KW para atuar como redutor de velocidade até a completa parada do veículo”.

Também será apresentado na Fenatran o ConAct, um atuador pneumático de embreagem que trabalha concentricamente ao eixo de entrada da transmissão. Ele substitui diversos componentes dos sistemas tradicionais de acionamento reunindo todas as funções num só produto, o que proporciona redução de peso e maior durabilidade ao sistema.

Por trabalhar com embreagens de acionamento tipo “push” e não utilizar fluido hidráulico ele facilita e simplifica a instalação/remoção da transmissão no veículo proporcionando aos frotistas mais produtividade nas manutenções do veículo. Motoristas e passageiros disfrutam de muito mais conforto na condução do veículo durante as partidas e trocas de marcha graças ao ConAct, que funciona de forma integrada às transmissões automatizadas e permite um controle eficiente e preciso da embreagem.

Com as suas soluções em driveline e transmissão que contemplam tecnologias em embreagens, ConAct, TraXon com Intarder e a tomada de força, a ZF é a única fornecedora do mercado capaz de oferecer a solução completa para as necessidades das montadoras para atendimento ao Euro 6.

Além da TraXon, a transmissão automatizada 9AS EcoTronic, oriunda da versão mecânica de nove velocidades, estará em exposição na Fenatran 2022. Um dos diferenciais de desempenho essencial para o conforto do sistema 9AS EcoTronic e que possibilita diferentes modos de condução – de Eco até Power – é a sua arquitetura de software, que se baseia na mesma plataforma da TraXon.

Personagens fundamentais no segmento de transporte por oferecerem produtos customizados para cada tipo de carga, os implementadores sempre são uma atração à parte na FENATRAN, maior feira de transporte e logística da América Latina, que está sendo realizada desde 07 até 11 de novembro, no São Paulo Expo, com a participação de mais de 500 marcas do setor. Nesta 23ª edição da FENATRAN, não tem sido diferente.

Em 2022, por volta de 50 empresas associadas à ANFIR – Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários marcaram presença na feira, em uma das participações mais expressivas dos últimos tempos. “Nunca tivemos tantos participantes”, comentou o presidente da associação, José Carlos Spricigo. “Isso é um indicativo claro das expectativas que o evento vinha gerando entre os empresários, que aguardavam ansiosos os lançamentos e as oportunidades de negócio que acontecem nos cinco dias de evento”.

Segundo Spricigo, em outubro foram emplacados 11.906 produtos e no acumulado do ano 128.940 unidades, um pouco abaixo do ano anterior, quando registrou o emplacamento de 134.241. “A expectativa é que os negócios realizados na FENATRAN refletirão no desempenho do segmento, revertendo essa pequena queda que se apresenta no momento. O momento de compra na feira é muito propício, porque as vendas de implementos estão associadas às de caminhões. Vale lembrar que cada caminhão comercializado implica em 1,4 implemento vendido”.

“A modernização da frota terá um impacto positivo também no segmento de implementos rodoviários”, acrescentou o vice-presidente da Anfir, Wilson Ferri. Segundo ele, a expectativa de volumes de negócios nesse segmento para a Fenatran 2022 gira em torno de R$2,5 a R$ 3 bilhões.

Lançamentos e inovação – O segmento de implementos rodoviários vem para a Fenatran repleto de inovação tecnológica e lançamentos. O foco das empresas é a atualização de materiais para permitir a otimização do transporte de cargas, via conectividade.

Os implementos deixaram de ser apenas um anexo, para transformarem-se em geradores de dados estratégicos para a gestão da composição e garantir a segurança do implemento e da carga, sem descuidar obviamente dos impactos ao meio ambiente. Recursos de telemetria, associados à Inteligência das Coisas (IoT) foram apresentados na Fenatran este ano.

Marcas como Rodofort e Guerra exibem na feira um portfólio completo de produtos, com soluções inovadoras. Enquanto a Rodofort apresenta soluções para Furgão, Sider, Porta Contêiner, Carrega Tudo e Florestal, a Guerra está focada em Graneleiro, Basculante e Tanque. Essas marcas compartilham know-how em tecnologia de produto e processos.

Na FENATRAN, as novidades serão o Semirreboque Graneleiro 4º eixo, o Rodotrem Basculante e o mock-up do Porta Contêiner de 53 pés. “Desde que as marcas retornaram ao mercado verificamos uma grande aceitação por parte dos clientes”, comemora Alves Pereira, diretor da Rodofort e da Guerra.

Librelato está na Fenatran 2022 com novidades da série Evolut e o lançamento do Librelato Financial, um serviço de financiamento de implementos rodoviários destinado exclusivamente aos nossos clientes. Um dos destaques no estande é o Furgão Lonado Multiuso, que permite transportar até 38.5 mil quilos de carga líquida, o que representa 4.5 mil quilos a mais em relação à versão de três eixos distanciados.

O implemento conta com placas fotovoltaicas para geração e armazenamento de energia elétrica. Outro destaque é o Rodotrem Basculante, que ficou ainda mais leve – com até 400 quilos a menos do que o modelo anterior -, resistente e durável. Ele também traz redução de consumo de combustível de até 2% comparado ao modelo tradicional.

Já a Facchini estreia novo design nas traseiras de seus semirreboques. Seu Rodotrem Basculante é fabricado em aço inox de alta resistência, com espessura de 1,8 mm, o que garante maior leveza e resistência a ambientes úmidos e corrosivos, bem como maior durabilidade da caixa de carga.

O portfólio vem completo: Semirreboque Furgão Lonado 4 Eixos, Semirreboque Furgão Frigorifico 3 Eixos, Semirreboque Furgão Carga Seca 3 Eixos, Semirreboque Graneleiro 4 Eixos, Semirreboque Tanque 3 Eixos e Rodotrem Basculante 35+35 m³, além da sua consolidada linha leve com as carrocerias Furgão Carga Seca, Furgão Frigorífico, Carga Seca e Transporte para Bebidas.

Com cinco novidades, a Frigo King, empresa que fabrica equipamentos de alta tecnologia em refrigeração para baú. Serão a linha SA1 atualizada, a ampliação da linha Flex, a segunda fase de funcionalidades do aplicativo Meu Frigo King, o início oficial das vendas do gerador Power Mobil e o conceito EPS de desenvolvimento tecnológico focado no transporte de cargas refrigeradas.

No retorno presencial da Feira, a Random apresenta mais de 50 soluções para o transporte em sintonia com as tendências em mobilidade. Randon Solar, implementos inteligentes, autopeças com nanotecnologia e soluções em eletromobilidade são destaques do showroom. Em dois estandes, as verticais “Montadora, Autopeças, Controle de Movimentos” e “Serviços Financeiros e Digitais” vão exibir ao mercado família atualizada com lançamentos e novas configurações de produtos.

O público poderá conhecer e interagir com produtos reservados para a FENATRAN, como o Randon Solar, com tecnologia inédita desenvolvida pela Randon Implementos, Instituto Hercílio Randon (IHR) e Centro Tecnológico Randon (CTR), e única na América Latina.

Rhodoss tem em seu estande lançamentos de veículos tanques na linha 4 eixos: Semirreboque tanque em inox para transporte de combustíveis com capacidade de 52.000 litros, com suspensão pneumática, rodado de alumínio, ABS/EBS. Essa solução oferece 7.000 litros a mais de capacidade que o mercado atualmente disponibiliza num veículo de 3 eixos distanciados e 2.000 litros a mais em relação aos similares 4 eixos; e Semirreboque tanque em inox isotérmico, também 4 eixos, para transporte de gordura/óleos com capacidade de 45.000 litros, com suspensão mista e rodado de aço: 6.000 litros a mais de capacidade que o mercado atualmente disponibiliza num veículo 3 eixos distanciados.

Dunlop leva tecnologia e segurança para a Fenatran 2022 – A Dunlop levará os modelos de seu portfólio para veículos pesados como o SP320 e SP835, que são produzidos com a Advanced Footprint Control, tecnologia que otimiza a área de contato com o solo, aumentando a qualidade e durabilidade do pneu. Testado para ter uma vida útil mais longa e maior número de recapagens, o SP320 foi desenvolvido para caminhões em aplicação regional e rodoviária trazendo o melhor custo x benefício para a categoria.

Também com a mesma aplicação, o SP835 com seu novo desenho da banda de rodagem, proporciona quilometragem 20% superior a seu antecessor com sentido único de rotação e novo composto.

A empresa também apresentará o SP176, desenvolvido para ônibus e caminhões em aplicação urbana. O desenho de sua banda de rodagem oferece ótimo desempenho em piso molhado e seus sulcos em formato cônico auxiliam na expulsão de pedras, protegendo a carcaça e aumentando sua recapabilidade.

Já para trajetos mistos como estradas de terra, lama, pedras e asfalto, a Dunlop mostra os modelos SP571, desenvolvido com protetores de sulcos e composto especial que reduzem cortes da banda de rodagem garantindo maior vida útil da carcaça nas situações mais severas, e o SP925 com alto poder de tração, com um composto exclusivo em conjunto com o seu talão robusto com reforço extra de nylon, oferecendo maior índice de recapabilidade.

Importante lembrar que os pneus de carga, assim como as outras linhas de pneus produzidos pela marca no Brasil, são fabricados com a tecnologia japonesa exclusiva TAIYO (Sun) System, Sistema de Fabricação de Pneus Sem Emendas nas partes de borracha, garantindo maior precisão e segurança.

Além destas opções, ainda haverá outras opções para que o público possa conhecer ainda mais as tecnologias desenvolvidas pela Dunlop e sua gama de produtos. Focada em segurança e o mais moderno em tecnologia, a empresa preza para que seus produtos também ofereçam conforto aos condutores.

A Dunlop também levará uma novidade para o setor: agora a garantia contra defeitos de fabricação de pneus de carga dos modelos SP320 e SP835, passou de cinco para sete anos. O benefício será válido para pneus produzidos ou adquiridos a partir de 01/01/2022 em todo o território nacional. Os interessados podem adquirir mais informações sobre as regras no stand da Dunlop.

A localização do stand da empresa na Fenatran é a A148, e lá os participantes contarão com condições especiais de compra e a equipe da Dunlop também estará a postos para esclarecer dúvidas, além de apresentar os benefícios e vantagens dos pneus da marca.

“Estamos muito felizes em poder participar da Fenatran 2022. A Dunlop segue em busca de estreitar ainda mais seu relacionamento com o setor de veículos pesados e por isso estamos com grandes expectativas para a feira. Acreditamos que será um evento de grande sucesso para todos nós”, comenta Rodrigo Alonso, diretor de Vendas e Marketing da Dunlop Pneus.

Fras-le apresenta soluções exclusivas com o uso de materiais compósitos – A tecnologia, lançada em 2021, permite a substituição do aço usado nas autopeças por ligas inteligentes, de diferentes propriedades químicas e físicas, que modificam a estrutura do produto. Entre os ganhos em competitividade e sustentabilidade, está a diminuição de peso, que pode chegar a 60%.

A tecnologia desenvolvida pela Fras-le Smart Composites integra diversos lançamentos e novas configurações de produtos em exibição na maior feira de transporte rodoviários de cargas e logística da América Latina. No estande, a companhia investe em interatividade para demonstrar ao público os benefícios da solução. Peças convencionais, produzidas em aço, serão expostas junto a componentes produzidos com materiais compósitos, para comparação de peso, design e resistência.

Como destaques do portfólio, estão o suporte de lanterna traseira e o suporte de para-lamas para linhas de veículos pesados, caminhões, ônibus e utilitários leves. A companhia apresenta, ainda, as Pastilhas de Freio Copper Free (livres de cobre), em adequação a legislações do mercado internacional. Lonas de freio, pastilhas de freio e amortecedores da Nakata complementam as linhas de produtos.

Foto: Eduarda Miranda

A apresentação de soluções em inovação e sustentabilidade para o transporte está em sintonia com os compromissos públicos de sustentabilidade firmados pelas Empresas Randon e Fras-le em 2021, com metas que passam por reduzir em 40% a emissão de gases de efeito estufa até 2030 e zerar a disposição de resíduos em aterro industrial, além de reutilizar 100% do efluente tratado até 2025.

Investimentos em energia renovável fazem parte da agenda. Um exemplo é a usina fotovoltaica instalada junto à Fras-le China, já em operação, responsável pela geração de 20% da energia consumida na unidade.

Portfolio de tecnologias Cummins impulsiona economia de escala do hidrogênio verde – Solução promissora para um mundo carbono neutro, o hidrogênio verde está nos centros de pesquisa e desenvolvimento da Cummins que já conta com iniciativas bastante avançadas que privilegiam o uso desta tecnologia de zero impacto ambiental para veículos e aplicações industriais e químicas.

Desde motores à combustão passando por células de combustível e eletrolisadores para produção de hidrogênio capazes de usar energia de fonte elétrica renovável como hidrelétrica, eólica e solar, as soluções da líder global em energia são estratégicas no processo e compromisso com a descarbonização.

As ações da Cummins integram o plano de sustentabilidade Destino ao Zero para atingir zero emissão até 2050, reduzindo os impactos na qualidade do ar de seus produtos e os gases de efeito estufa (GEE), por meio dos avanços em soluções baseadas em motores e investimentos em tecnologias certas no momento certo, com uma profunda compreensão dos clientes.

Uma das soluções de energia renovável e limpa para reduzir as emissões de poluentes é a plataforma de motor agnóstico de combustível de baixo carbono. “Trata-se de uma linha de motores à combustão interna que pode operar com combustíveis como diesel, gás natural e hidrogênio, separadamente, por meio de uma arquitetura de motor comum com muita semelhança entre as peças”, explica Adriano Rishi, presidente da Cummins Brasil.

A inovação da Cummins vai protagonizar de forma inteligente, trazendo mais flexibilidade e redução de custo e tempo de desenvolvimento, pois foi projetada para substituir um motor Diesel, mantendo o mesmo powertrain, utilizando tecnologias com as quais OEMs, gerentes de frota e operadores estão familiarizados.

Pioneiro neste processo, o motor Cummins X15H oferece o potencial de levar energia de hidrogênio de carbono zero para caminhões de longa distância de até 44t, com potência máxima de 530 hp (395 kW) e um impressionante pico de torque de 2.600 Nm. O conceito do motor Cummins X15H será exibido durante a Fenatran 2022 que começa hoje, dia 07, no São Paulo Expo (SP).

A Cummins estima que um caminhão pesado, com um sistema de armazenamento de combustível de hidrogênio de alta capacidade e alimentado pelo X15H, ofereça um alcance operacional potencial de mais de 1 mil km. De acordo com as previsões da empresa, o motor a combustão interna a hidrogênio deve chegar no mercado global em 2026.

Células de combustível e eletrolisadores – O engajamento da Cummins rumo à descarbonização inclui tecnologias de células de hidrogênio, proposta da líder global em energia para atingir zero emissão. Neste processo, as células de combustível gera energia elétrica usando o hidrogênio combustível, carregando as baterias do veículo que, por sua vez, alimentam o motor de tração elétrico.

A aquisição estratégica da Hydrogenics Corporation e a formação da joint-venture NPROXX impulsionaram a base da Cummins para o fornecimento de produtos de armazenamento de hidrogênio nos veículos e sistemas de produção desta tecnologia carbono neutro por meio de eletrolisadores já disponíveis e implementadas no Brasil.

A Cummins está presente na maior Usina Hidrelétrica do sistema Furnas, em Itumbiara, responsável por produzir energia para cerca de 4 milhões de pessoas. Por meio de energia fotovoltaica, proveniente de placas flutuantes e em solo, os eletrolisadores Cummins produzem hidrogênio a partir da eletrólise da água.

Em casos de necessidade de geração de energia elétrica como backup, o hidrogênio armazenado pode ser usado na célula de combustível, também instalado no local, para geração de eletricidade.

O hidrogênio verde como fonte de energia é uma solução que se mostra não só viável como também estratégica para a nossa região. Segundo estudo da consultoria McKinsey & Company, a América Latina tem potencial para fornecer 35% do hidrogênio verde do mundo.

Por fim, a Cummins tem um longo histórico de tecnologia avançada e recursos de engenharia e inova mais uma vez em um amplo portfólio de tecnologias de hidrogênio renovável líderes de mercado.

Matérias relacionadas

Monte seu Fiat Pulse

Mais recentes

Menos combustível, mais Volvo!

Destaques Mecânica Online

SIMPÓSIO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA, EMISSÕES E COMBUSTÍVEIS

Avaliação MecOn

TRW - Qualidade de topo para máxima segurança