terça-feira, 27 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Mercedes-Benz certifica sistema de condução autônoma SAE Nível 3 para uso nos Estados Unidos

A Mercedes-Benz é a primeira empresa automotiva do mundo a oferecer a condução autônoma de acordo com o SAE Nível 3 para os EUA. O estado de Nevada é o primeiro a atestar à conformidade do sistema com os regulamentos locais.

Este marco significativo coloca o inovador sistema DRIVE PILOT como o primeiro e único sistema SAE Nível 3 disponível em um veículo de produção regular autorizado para uso nas rodovias públicas dos EUA.

Em conformidade com os requisitos do capítulo 482A do regulamento do estado de Nevada para veículos autônomos, o DRIVE PILOT permitirá que o condutor entregue a tarefa de condução autônoma ao veículo sob certas condições.

A Mercedes-Benz tem a intenção de expandir a disponibilidade desse sistema para a Califórnia ainda em 2023. O DRIVE PILOT estará disponível no mercado dos EUA como uma opção para os modelos Mercedes-Benz Classe S e EQS Sedan, sendo que os primeiros automóveis equipados com o sistema serão entregues até o final de 2023.

Em trechos de rodovia adequados e onde há alta densidade de tráfego, o DRIVE PILOT pode assumir a tarefa de condução, até a velocidade de 40 mph. As teclas de controle estão localizadas no próprio volante, à esquerda e à direita acima dos espaços para os polegares. Uma vez que as condições sejam adequadas, o sistema indica a disponibilidade nos botões de controle.

Quando o condutor ativa o DRIVE PILOT, o sistema controla a velocidade e a distância, guiando o automóvel dentro de sua faixa. O perfil da rota, os eventos que ocorrem nela e os sinais de trânsito são levados em consideração. O sistema também reage a situações de tráfego inesperadas e as trata de forma independente, por exemplo, por meio de manobras evasivas dentro da faixa ou por manobras de frenagem.

O DRIVE PILOT baseia-se nos sensores surround do Pacote de Assistência à Condução e inclui sensores adicionais, incluindo o sistema “LiDAR” (detecção de luz e alcance), bem como uma câmera na janela traseira e microfones para detectar veículos de emergência, bem como um sensor de umidade na roda.

O sistema também possui atuadores redundantes de direção e frenagem e um sistema elétrico integrado redundante, de modo que permanece manobrável mesmo se um desses sistemas falhar. Se o condutor não conseguir retomar o controle mesmo após solicitações cada vez mais urgentes e expiração do tempo de controle (por exemplo, devido a um problema de saúde grave), o sistema freia o automóvel até a parada de maneira controlada enquanto aciona as luzes de emergência.

Assim que parar, o sistema de chamada de emergência é ativado e as portas são destravadas para tornar o interior acessível aos socorristas.

A localização exata de um Mercedes-Benz equipado com DRIVE PILOT é determinada por meio de um sistema de posicionamento de alta precisão, muito mais potente do que os sistemas GPS convencionais. Além dos dados coletados pelos sensores LiDAR, câmeras, radares e ultrassónicos, um mapa HD digital fornece uma imagem tridimensional da estrada e arredores com informações sobre a geometria da estrada, características da rota, sinais de trânsito e eventos especiais de trânsito (por exemplo, acidentes ou obras rodoviárias).

Este mapa de alta precisão difere dos mapas para dispositivos de navegação, entre outras coisas, por sua maior precisão em nível de “centímetros” e sua junção detalhada e modelo de rota. Os dados do mapa são armazenados em centros de dados e atualizados constantemente.

Cada automóvel também armazena uma imagem dessas informações de mapa a bordo, compara-as constantemente com os centros de dados e atualiza o conjunto de dados local conforme necessário.

Tudo isso permite um posicionamento estável e preciso por meio de uma representação do ambiente independente de fatores como sombras ou sensores sujos.

Liberado inicialmente na Alemanha em maio de 2022, o sofisticado sistema Mercedes-Benz DRIVE PILOT foi o primeiro sistema SAE Nível 3 do mundo a atender aos exigentes requisitos legais da Autoridade Federal de Transporte Motorizado da Alemanha (KBA), que concedeu pela primeira vez a aprovação do sistema com base no regulamento UN-R157, abrindo caminho para a oferta do DRIVE PILOT internacionalmente, sempre de acordo com as legislações locais de permissão.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn