domingo, 25 fevereiro , 2024
28 C
Recife

XRE 300 Sahara 2024 chega em três versões

Durante os anos 1990 o nome Sahara foi sinônimo de motocicleta robusta, versátil, adequada a diferentes tipos de utilização e usuários. Inspirada nos modelos da Honda vitoriosos em competições nos desertos africanos, tais como o Rally Paris-Dakar, a NX 350 Sahara inspirava estas “engolidoras de desertos” não apenas na aparência, pelas clássicas cores da HRC – Honda Racing Corporation, mas também por oferecer excelente performance e, sobretudo, muita resistência e robustez.

Tais qualidades tornaram a Sahara um ícone entre motociclistas que queriam uma motocicleta capaz de cumprir trajetos em estradas de qualquer tipo, com boa performance, suspensões e freios eficientes e com conforto, proporcionado pela proteção aerodinâmica. Se o uso fosse urbano, a agilidade do modelo não deixaria a desejar. Ou seja, era uma motocicleta completa, adequada à uma utilização plural no mais amplo sentido.

A escolha do nome Sahara para batizar um novo modelo teve por objetivo o resgate de valores de moto multiuso plena, capaz de atender à diferentes demandas de usuários, que tanto podem querer cruzar o Brasil de norte a sul como apenas cumprir trajetos urbanos corriqueiros, ou ambos. Enfim, a Sahara 300 nasce sob o pilar da total versatilidade, com três versões habilmente diferenciadas entre si (Standard, Rally e Adventure), mas que preservam integralmente o espírito “Sahara”, inspirado em uma utilização a 360º.

A receita técnica da novidade parte de elementos de reconhecida eficiência: o chassi da CRF 250F, off-road de projeto moderno, e o motor que descende da CB 300F Twister, moderna streetfighter lançada cerca de um ano atrás. Tais escolhas apontam para uma filosofia construtiva que valoriza uma característica comum à todas as Honda, a mais alta confiabilidade.

O principal foco na criação da Sahara 300 foi unir as características de versatilidade do lendário modelo do passado à tecnologia mais atual, desenvolvendo uma nova motocicleta enaltecendo as reconhecidas qualidades da família XRE. Foram somados elementos positivos oriundos da vasta experiência da Honda no segmento on-off para atingir um novo patamar de eficiência e durabilidade.

Usar como base o chassi da CRF 250F foi a opção ideal para conseguir resistência superior. A especificação de tal estrutura atende ao padrão exigido de uma motocicleta que venceu por quatro vezes consecutivas, a mais dura prova do off-road da América do Sul, o Rally dos Sertões. Neste contexto, é devido mencionar que o motor da Sahara 300 deriva do que equipa a nova CB 300F Twister.

Ao escolher chassi e motor já consagrados e aliá-los à natural vocação “fun” das XRE, os projetistas alcançaram a premissa do desenvolvimento da Sahara 300: aliar o vínculo entre conforto e facilidade de uso a uma elevada especificação técnica. O resultado é um modelo que equilibra de maneira ideal performance, resistência e praticidade.

A força desta configuração vem acompanhada do esmero em detalhes importantes, como por exemplo o novo painel digital LCD Blackout, que dispõe indicador de marcha e todas as informações que permitem controlar efetivamente parâmetros essenciais, como velocidade instantânea, média, rotação do motor, nível do combustível, quilometragem total e parcial (A e B), consumo de combustível e médio, e tensão da bateria. O alto contraste da tela e padrão do grafismo facilita a visualização em diferentes condições de iluminação. Relógio e indicador de manutenção periódica – além das tradicionais luzes-alerta – definem um standard superior da Sahara 300 neste item.

Fundamental para o conforto, a densidade da espuma e revestimento do assento é outro aspecto de destaque na Sahara 300. Idem o incremento na maciez da embreagem assistida que proporciona mais conforto no acionamento importante especialmente nos trajetos urbanos e em conjunto com a tecnologia deslizante que proporciona maior segurança nas reduções de marchas mais severas. Já nos deslocamentos rodoviários, a introdução da sexta marcha contribuiu para redução de consumo e emissão de ruído. Detalhes voltados à praticidade e aumento da segurança também estão presentes no novo modelo, como a porta USB-C ao lado painel e do sistema ESS – Emergency Stop Signal, que aciona automaticamente as luzes dos piscas em frenagens bruscas, a iluminação full-LED e o pisca-alerta no punho direito.

Do ponto de vista estético, a Sahara 300 inova com linhas imponentes inspiradas nas aventureiras de referência do lineup Honda, trazendo um “family feeling” que exalta a resistência do modelo. A roda dianteira de 21 polegadas e suspensões de longo curso a caracterizam como genuína on-off. A versão Adventure se diferencia das demais versões pelo para-brisa de maior dimensão, estrutura perimetral tubular de aço que protege laterais e frontal da carenagem e também pelo protetor de cárter. Nas versões Standard e Rally (com cor e grafismo que remete as motos campeãs no Team Honda Racing no off-road), tais componentes são opcionais. Uma linha completa de acessórios dedicados para a Sahara 300 e da grife Honda Store estará disponível nas Concessionárias Honda.

Enfim, a Sahara 300 chega para atender um amplo segmento de mercado com competência renovada, preservando o legado de sua antepassada cujo nome, ora recuperado, persevera no imaginário dos motociclistas como exemplo de eficiência, economia, resistência e versatilidade.

Características principais – A identidade Visual da Sahara 300, desenvolvida pelo time de design da Honda Brasil, apresenta forte personalidade, marcada pelas linhas angulosas da carenagem, cuja função é aerodinâmica, de proteção ao piloto e a componentes vitais como tanque de combustível e painel.

O conjunto formado pelo reservatório de combustível, banco e laterais forma uma superfície fluida, que transmite ao usuário uma agradável sensação visual de conforto, confirmada ao assumir a posição de pilotagem com ergonomia irretocável. O mesmo refinamento é oferecido ao garupa, que encontrará grande conforto no assento, alças laterais, e pedaleiras a distância apropriada do assento, o que permitirá viajar com pernas distendidas.

O tanque tem capacidade de 13,8 litros, em um formato que privilegia o conforto, possibilitando manter as pernas protegidas pelas carenagens laterais, proporcionado facilidade na movimentação do piloto, típica na pilotagem off-road.

O botão de pisca-alerta no punho direito e o sistema ESS – Emergency Stop Signal, que nas frenagens bruscas acima de 50 Km/h liga automaticamente os indicadores de direção, são exclusividades inauguradas pela Sahara 300 em seu segmento, dispositivos de segurança antes restritos a modelos de maior cilindrada. A praticidade da porta USB-C na lateral do painel de instrumentos é um passo adiante em termos de praticidade, facilitando o uso e recarga de smartphones.

O prático e resistente bagageiro traseiro é comum a todas as versões da Sahara 300. A estrutura de proteção perimetral de tubos de aço, assim como o para-brisa mais longo e proteção de cárter do motor, são equipamentos de série na versão Adventure e opcionais para as demais versões.

Mecânica Online – O motor da Sahara 300 é um moderno monocilíndrico arrefecido a ar, de características técnicas diferentes em relação ao motor que equipava a XRE 300 apesar da pequena diferença de capacidade cúbica – de 291,6 cm³ para 293,5 cm³. De fato, o novo motor apresenta uma relação entre diâmetro e curso do pistão que privilegia o torque em baixas e médias rotações pela redução do diâmetro do pistão (de 79 para 77 mm) e aumento do curso (de 59,5 para 63 mm).

Privilegiando uma curva de torque mais robusta desde baixas rotações o motor ficou mais elástico, com entrega de torque constantemente superior, alcançando um ganho de cerca 8% a 3.000 rpm. Enfim, o novo motor da Sahara 300 proporciona uma “pegada” mais robusta justamente na faixa de rotações utilizada com maior frequência.

A resposta mais consistente ao comando do acelerador determina menor abertura do acelerador, mudanças de marchas menos frequentes e maior economia. Outro dado distintivo do motor da Sahara 300 está no cabeçote, antes DOHC – Double Overhead Camshaft e agora OHC – Single Overhead Camshaft. A opção pelo comando simples com balancins roletados em substituição ao duplo comando para o acionamento das quatro válvulas permitiu conter dimensões, peso e complexidade mecânica sem prejuízo da potência máxima.

No que tange à alimentação, o sistema de injeção eletrônica PGM-FI com tecnologia FlexOne permite ao motor da Sahara 300 ser abastecido com gasolina ou etanol. O uso de um ou outro combustível – ou a mistura de ambos em qualquer proporção. Importante lembrar que o novo motor da Sahara 300 esta em conformidade da legislação PROMOT 5.

Novidade muito esperada, a inclusão da 6ª marcha, veio acompanhada de um novo sistema de assistência da embreagem, que é do tipo assistida e deslizante. O resultado destes aperfeiçoamentos se verifica através do reduzido grau de esforço para atuar no acionamento da alavanca.

Quanto à embreagem deslizante, ela proporciona segurança nas reduções de marchas mais extremas por conter a perda de aderência da roda traseira. Outro equipamento da Sahara 300 é o radiador de óleo, posicionado de maneira a não sofrer avarias em eventuais tombos e assegurar a estabilidade térmica, fator determinante para durabilidade do motor, reduzindo as chances de superaquecimentos em uso intensivo assim como prolongando a eficiência do lubrificante.

O chassi da nova Sahara 300 é similar ao que equipa a CRF 250F, motocicleta especificamente projetada para a prática do off-road. A arquitetura tipo berço semiduplo, padrão nas CRF, é garantia de resistência a solicitações extremas, e sua realização em tubos de aço de elevada especificação estabelece um novo standard no segmento.

A suspensão dianteira telescópica, com tubos de 41 mmØ, permite 245 mm de curso à roda, que tem aro de alumínio de 21 polegadas e é calçada com pneu medida 90/90. Na traseira, o destaque vai para a nova balança de suspensão de alumínio, também derivada da CRF 250F. O curso é de 225 mm e o conjunto mola-amortecedor permite regulagem na carga da mola em sete níveis. O pneu traseiro tem medida 120/80 – 18. Importante mencionar que os pneus Metzeler Karoo Street que equipam a Sahara 300 foram especificamente desenvolvidos para o modelo, resultando em maior aderência tanto em vias pavimentadas quanto na terra, assim como maior economia e menor rumorosidade.

Dado importante que influencia de maneira positiva aspectos relacionados a maneabilidade, frenagem e performance da Honda Sahara 300 é a redução do peso a seco nas versões Standard e Rally, que passou de 148 kg para 147 kg. Na versão Adventure o peso a seco é de 149 kg. A frenagem traz sistema ABS (Antilock Brake System) de dois canais. O disco dianteiro tem 256 mm de diâmetro, no qual atua um cáliper de pistão duplo de comando hidráulico. O disco traseiro tem 220 mm de diâmetro e cáliper é de pistão simples, também com comando hidráulico.

Acessórios – Uma série de acessórios originais, exclusiva para a Sahara 300, será disponibilizada nas concessionárias Honda. A linha de acessórios criada no Brasil oferece a possibilidade de personalizar a Sahara 300 e elevar o grau de proteção e versatilidade do modelo. Diferentes opções de para-brisa, top box, protetor de carenagem e protetor de cárter se unem aos produtos Honda Store, formada por uma série de capacetes, roupas específicas para pilotagem e coleção casual. Tudo com a marca Honda, uma garantia de durabilidade com alto padrão de qualidade.

Preço, cores, garantia – Oferecida nas versões, Standard, Rally e Adventure, a XRE 300 Sahara estará disponível na rede de concessionários Honda a partir de dezembro. A garantia é de 3 anos, sem limite de quilometragem, mais óleo Pro Honda grátis em sete revisões (o fornecimento gratuito do óleo é válido a partir da 3ª revisão). O intervalo de manutenção é de 6.000 quilômetros ou 6 meses após a primeira revisão, que deve ocorrer com 1.000 quilômetros ou 6 meses.

As opções de cores disponíveis e o preço público sugerido base São Paulo/SP, que não inclui despesas com frete ou seguro, são os seguintes:

Honda XRE 300 Sahara Standard (Cinza Metálico): R$ 27.090,00.
Honda XRE 300 Sahara Rally (Vermelho): R$ 27.690,00.
Honda XRE 300 Sahara Adventure (Bege Metálico): R$ 28.650,00.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn