quarta-feira, 24 julho , 2024
28 C
Recife

Governo de Goiás assina protocolo para retorno da MotoGP a Goiânia

Evento internacional promete trazer etapas da MotoGP para o Autódromo Internacional Ayrton Senna em 2026, 2027 e 2028.

O Governo de Goiás assinou nesta segunda-feira (01/07) um protocolo de intenções com a Dorna Sports, empresa responsável pela organização das etapas da MotoGP, visando trazer a etapa sul-americana da categoria para Goiânia. O acordo prevê a realização das provas no Autódromo Internacional Ayrton Senna nos anos de 2026, 2027 e 2028, com possibilidade de renovação para 2029 e 2030. A primeira etapa está prevista para março de 2026.

Detalhes da Parceria – Uma comissão do Governo de Goiás, liderada pelo secretário-geral de Governo, Adriano da Rocha Lima, e pelo secretário de Esportes e Lazer, Rudson Guerra, se reuniu com o presidente da Dorna Sports, Carmelo Ezpeleta, em Madri, onde o protocolo foi assinado. Também esteve presente o procurador da SGG, Daniel Garcia. Agora, o governo estadual trabalha na elaboração das minutas jurídicas do contrato, com expectativa de assinatura até o final de agosto.

- Publicidade -

Adriano da Rocha Lima destacou a importância estratégica da visita à Europa para consolidar Goiás como um destino internacional de motovelocidade. “Assinamos o protocolo de intenções e já começamos a discutir o contrato”, afirmou. Rudson Guerra ressaltou os investimentos em infraestrutura esportiva realizados desde 2019, que qualificam o Autódromo Internacional Ayrton Senna a sediar eventos de grande porte como a MotoGP. “Fizemos importantes melhorias estruturais e de segurança no autódromo. Conforme determinação do governador Ronaldo Caiado, Goiás será referência para o motociclismo mundial”, afirmou Guerra.

A comitiva goiana está em missão na Europa desde o último sábado (29/06), começando pela Holanda, onde acompanharam o GP de Assen. Em seguida, dirigiram-se a Madri para a reunião com a Dorna Sports. Ainda está prevista uma visita à embaixada do Brasil na Espanha.

Goiânia já sediou etapas da MotoGP no final da década de 1980 e espera voltar ao calendário internacional de motovelocidade. A última edição da MotoGP no Brasil foi em 2004, no circuito de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Com uma infraestrutura moderna e um histórico de eventos esportivos bem-sucedidos, a capital goiana se apresenta como um candidato ideal para sediar os GPs, prometendo benefícios econômicos e sociais para a região.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão