No âmbito da implementação do Plano “Push to Pass” e para viabilizar a intenção de vender 1 milhão de veículos em 2018 na região China e Sudeste Asiático, a DPCA inaugurou a sua 4ª fábrica terminal em Chengdu, na China.

A cerimônia aconteceu na presença de Carlos Tavares, Presidente Mundial do Grupo PSA, de Zhu Yanfeng, Presidente do Conselho de Administração da Dongfeng Motor Corporation, de Denis Martin, Diretor para a China e Sudeste Asiático do Grupo PSA, de Liu Weidong, Diretor Geral Adjunto da Dongfeng Motor Corporation, de Su Weibin, Diretor Geral da DPCA, de Jean-Christophe Marchal, Diretor Geral Adjunto Executivo da DPCA e dos representantes da província de Sichuan e da municipalidade de Chengdu.

Esta 4ª fábrica da DPCA fabricará na plataforma EMP2 do Grupo PSA veículos das marcas Dongfeng Peugeot, Dongfeng Citroën e Dongfeng Fengshen, principalmente no segmento SUV.

A produção terá início com o novo SUV Peugeot 4008, cujo lançamento comercial está previsto para novembro de 2016 na China. Após uma elevação de 53% em 2015, o segmento dos SUV continuou em forte crescimento no 1º semestre de 2016, com +44%. Ele hoje representa 38,8% do mercado chinês.

De modo mais amplo, o mercado automotivo chinês oferece um potencial inédito, com uma taxa de 75 veículos por 1.000 habitantes. Tendo recentemente superado os Estados Unidos, a classe média chinesa é agora a primeira do mundo, com 110 milhões de pessoas, e pode dobrar daqui a menos de 10 anos, quando passará a representar 220 milhões de pessoas.

A DPCA se baseou nas melhores práticas conhecidas dos dois grupos – PSA e DFM – para construir em dois anos uma fábrica em conformidade com os melhores critérios, dotando-se assim de um dispositivo industrial no melhor nível mundial: uma fábrica flexível, situada mais perto dos seus fornecedores e capaz de implementar as melhores práticas ambientais.

Complementando a fábrica da CAPSA em Shenzen, que produz modelos da linha DS, o dispositivo industrial da DPCA agora é constituído por 4 fábricas: 3 baseadas em Wuhan, na província de Hubei, e uma em Chengdu, na província de Sichuan.

Com esta nova fábrica e o novo plano de médio prazo da DPCA, o “5A+”, apresentado no último dia 11 de maio, o Grupo PSA e a Dongfeng Motor (DFM) assumem um compromisso e reforçam sua parceria estratégica para atender às exigências do mercado chinês, ao mesmo tempo em que melhoram o desempenho dessa joint venture com objetivos claros:

· Um forte crescimento da satisfação dos clientes em relação aos produtos e serviços, para posicionar-se no TOP 3 do setor até 2018, visando o primeiro lugar em 2020.
· Obter um faturamento que ultrapasse os 100 bilhões de RMB até 2020.
· Um crescimento rentável e duradouro, baseado em ganhos de produtividade de 30% até 2020.
Por ocasião dessa cerimônia, Carlos Tavares declarou: “Com esta nova fábrica vamos enriquecer nossa oferta de veículos no mercado promissor dos SUVs e corresponder às expectativas de nossos clientes chineses. É uma etapa importante na implementação do nosso Plano “Push to Pass” e na realização de nossos objetivos: lançar 20 novos veículos na China até 2021 e ultrapassar um milhão de veículos vendidos na região a partir de 2018”.