A Nova Geração de Caminhões é a grande prova ao mercado da jornada que a marca iniciou em se tornar a parceira líder dos clientes na transição para um sistema de transporte mais sustentável.

No Brasil, os novos caminhões chegam a partir de fevereiro de 2019. Na Europa, houve três fases de apresentação da linha, a partir de 2016. Na América Latina, toda a gama será lançada ao mesmo tempo.

As cabines são totalmente novas por dentro e por fora. Somando todas as vantagens, a economia total de diesel poderá ser de até 12%. Só os novos motores, equipados com nova tecnologia de alta pressão, garantem até 8% de redução de consumo em comparação com os motores da linha atual, que já são reconhecidos pela economia. A Nova Geração Scania para a América Latina é a mesma da versão global.

“A Nova Geração de Caminhões é o maior investimento na história da empresa na região. Serão R$ 2,6 bilhões aportados até 2020. A Scania avança um passo à frente da indústria no que se refere à rentabilidade dos negócios de nossos clientes e da sustentabilidade”, afirma Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil.

“Teremos praticamente uma nova fábrica em São Bernardo do Campo (SP), para receber a verdadeira ‘Máquina dos Sonhos’. É uma nova Scania.”

“Vamos revolucionar o setor de Transportes na América Latina. Nossos clientes serão convidados a entrar na jornada mais eficiente de personalização de suas soluções, como nunca viram. Já iniciamos os preparativos para o novo mundo dos transportes. Queremos que nossos clientes embarquem nesta próxima etapa com a certeza de estarem investindo no que, de fato, precisam para sua rentabilidade. Vamos surpreender o mercado”, conta Barral.

Investimentos – Um produto premium precisa ser fabricado em uma planta premium. A fábrica de São Bernardo do Campo é a mais moderna da América Latina – espelho do que a marca tem hoje na Europa. A tecnologia utilizada é a mais recente com o mais alto grau de automação, para obter a melhor qualidade.

Dentro do seu parque industrial em São Bernardo do Campo, a Scania tem uma nova fábrica de solda de cabinas – que apresenta o estado da arte em Indústria 4.0 e impressiona pela tecnologia de ponta e 75 robôs, além de novas linhas de produção para montagem do novo caminhão.

Criada na Europa, a Nova Geração Scania é resultado de 10 anos de desenvolvimento e investimentos ao redor de 2 bilhões de Euros. No Brasil, estão sendo feitos os ajustes finais na nova linha de produção e em todas as estruturas necessárias para produzir o “melhor caminhão que rodará pelo Brasil”, explica Barral.

Em dezembro, serão produzidas as históricas últimas unidades da atual gama. Durante o mês de janeiro, a fábrica será preparada para apenas produzir a Nova Geração. As entregas para os clientes da região e de outros países começam a partir de fevereiro.

Novo jeito de vender – “Não é só um veículo que chega para revolucionar o mercado, mas a forma de comercializar a Nova Geração será muito diferente a partir de agora pela rede Scania”, conta Barral.

Outros concorrentes analisam elementos, mas a profundidade no uso inteligente de tornar um dado um fator de mudança de gestão para o cliente é um diferencial da Scania. A fabricante concentrou sua experiência em caminhões, soluções de transporte otimizados, condições da indústria e necessidades reais dos clientes para criar um novo sistema de suporte de vendas.

Esta ferramenta é resultado de anos de trabalho compilando, analisando e consolidando conhecimentos e percepções dos clientes na multifacetada indústria global de transporte. Por mais de dez anos, foram coletadas informações de milhares de veículos trabalhando pelo planeta.

Para que a aplicabilidade e a inteligência artificial da ferramenta fossem completas, foram acrescentados estudos da indústria, entrevistas com usuários e relatórios de oficinas de marketing com compradores.

“Portanto, os vendedores terão um sistema singular, independente do segmento e perfil de cliente, que escolhe a melhor solução de transporte, perfeita e ainda mais personalizada, conforme o tipo de aplicação”, completa Barral.

Aliado à experiência do vendedor, que se tornará um consultor, a ferramenta vai definir o que é preciso para obter a máxima rentabilidade. Por exemplo, qual a melhor cabine, potência, eixos, trações, programa de manutenção, solução financeira e implemento.

“A especificação proporcionará um nível de detalhamento, em parceria com o cliente, nunca antes visto. Ou seja, o veículo passará a ser apenas mais um item. Serão possíveis, no mínimo, montar 500 alternativas de tipos de caminhões”.

O desafio é criar um mix de cabines que pode oferecer as soluções e funcionalidades corretas para todas as aplicações e demandas.

“Sabemos que as necessidades podem variar radicalmente em diversas situações de topografia e de países, mas o objetivo é que os motoristas se sintam tão confiantes que nenhuma outra marca possa proporcionar uma solução melhor para ele e seu negócio”, reforça.

A Scania encontrou o segredo para esse desafio “dentro de casa”, ou seja em seu sistema modular, que permite dispor sempre de soluções customizadas, independentemente do tipo de aplicação para uma tarefa específica. O sistema modular simplifica também o fornecimento de peças de reposição, permitindo que os caminhões voltem ao trabalho mais rapidamente após um reparo.

Conectividade, ainda mais eficiente – Com a Nova Geração de Caminhões Scania, o cliente poderá usufruir de maior amplitude da conectividade dos sistemas já consagrados da marca com a avançada tecnologia das cabines lançadas.

Os serviços Scania baseados no caminhão conectado terão evoluções constantes para garantir a rentabilidade. Os Programas de Manutenção (com planos para cada necessidade), o Driver Services (treinamento para o aprimoramento dos motoristas) e o Plano Flexível (cobrança por km rodado e que reduz em 16% os custos da manutenção) vão continuar a fazer a diferença no dia a dia do cliente.

“Para o novo setor de Transportes que está chegando e será a tendência nos próximos anos, a produtividade e a disponibilidade estarão cada vez mais ligadas ao uso inteligente dos dados gerados nas viagens”, diz Barral. Com a Nova Geração a Scania está lançando o Fleet Care, um novo serviço de gestor de frotas.

A Scania vem investindo forte nos últimos anos para ser a empresa que oferece o maior diferencial na transformação dos dados dos veículos na operação em dinheiro para o cliente, mostrando desta forma como reduzir gastos cruciais como combustível, pneus, freios e etc, e diminuindo a emissão de poluentes.

O aperfeiçoamento da conectividade nas soluções Scania é prioridade, e tem como base a análise contínua de informações geradas pelos veículos conectados globalmente. Até o momento, este banco de dados tem 350 mil veículos, entre caminhões e ônibus.

ESPECIAL | Nova Geração de Caminhões Scania